O novo infográfico da nossa série ‘A parisiense e as estações do ano’, feita em parceria com as Galeries Lafayette Paris Haussmann, fala sobre a parisiense no outono. O que ela veste, faz, come e bebe no outono em Paris?

Outono em Paris é sinônimo de recomeço e se inicia, na verdade, um pouco antes da data oficial do calendário científico (23 de setembro).

Grosso modo, a nova estação coincide com a rentrée: a volta das férias, o início do novo ano letivo (que na França vai de setembro a junho) e da nova temporada cultural.

Tudo isso dá ao outono uma mistura de euforia (novos amigos, novos restaurantes, novos espetáculos) com uma certa melancolia pelo fim do verão e a perspectiva de meses de frio cada vez mais intenso.

A PARISIENSE NO OUTONO

parisiense no outono

A PARISIENSE NO OUTONO. Como ela se veste? O que ela faz? O que ela come e bebe? Clique aqui ou na imagem para ampliar.

Como ela se veste?

As temperaturas do começo do outono são, no geral, agradáveis – não faz calor mas o frio intenso ainda não começou. Além disso, elas variam durante o dia: pela manhã, à noite e à sombra faz friozinho mas, se caminhamos ou ficamos no sol, sentimos calor.

Devido a esses fatores, a parisiense aposta no look cebola feito com peças mais leves: sobretudos de meia-estação, casacos de couro, trench coats, suéteres menos espessos, camisas de manga longa, calças, botinhas curtas ou tênis e echarpes leves. O vestido também aparece porém usado com meia-calça.

O look de outono da parisiense é aquele que nós brasileiros temos em mente quando dizemos: “no inverno as pessoas ficam mais elegantes”. As peças são mais elaboradas. Há mistura de texturas, cores e comprimentos. O casaco pode ficar aberto revelando as peças usadas por baixo.

No inverno mesmo, as parisienses estão praticamente embrulhadas em grandes e pesados casacos e doudounes pretas.

O que ela faz?

A marca registada do outono em Paris é a mudança nas cores das folhas das árvores (clique aqui e veja nosso vídeo). Esse espetáculo encanta até mesmo a parisiense mais blasée.

Hora de ir aos parques e jardins da cidade, não para fazer piquenique ou deitar na grama (isso é proibido a partir do dia 15/10), mas para apreciar as árvores em diferentes tons de dourado, amarelo, ocre, ferrugem, vermelho. Sair de Paris e andar pelos bosques e florestas dos arredores da capital (Versailles, Fontainebleau, Sceaux) também é uma opção que as parisienses mais animadas adoram.

O começo do outono é também o começo da nova temporada cultural com a estreia de novos concertos, balés, óperas, peças de teatro, exposições etc. A parisiense faz a agenda com os espetáculos que quer assistir e compra seus ingressos para a temporada toda.

Essa é uma época onde muitos novos bares e restaurantes abrem as portas e, lógico, a parisiense quer ser a primeira da turma a ir. Além das inaugurações, ainda é possível aproveitar os rooftop bares e restaurantes da cidade, como o Créatures, que fica instalado no terraço das Galeries Lafayette até meados de outubro (clique aqui e leia nosso artigo sobre ele).

O que ela come e bebe?

No outono, a parisiense volta a comer ostras e frutos do mar pois, como diz a lenda, só podemos comê-los nos meses do ano que têm a letra R (setembro a abril). No subsolo da Lafayette Gourmet (35 Boulevard Haussmann), há o Fish Point. Além de ser uma peixaria, eles servem pratos com vários tipos frutos do mar e de ostras francesas; tudo acompanhado de um bom vinho branco.

Outra estrela da estação são os muitos tipos de cogumelos. Durante as caminhadas pelos bosques e florestas nos arredores de Paris que mencionamos anteriormente, a parisiense aproveita para catar cogumelos selvagens, sempre na companhia de um amigo expert, que sabe quais são os comestíveis e quais são os venenosos.

Com a gradativa queda da temperatura, a parisiense se permite pratos mais calóricos como o queijo mont d’or assado e as sobremesas feitas com as frutas da estação como a tarte tatin (torta de maça) e a poire belle hélène (pera cozida servida com calda quente de chocolate e sorvete de baunilha).

Finda também está a época do vinho rosé. A parisiense volta para o tinto mas não abandona nem o branco (que acompanha as ostras) e o champanhe (que é sempre um boa ideia). Algumas esperam ansiosamente o dia do lançamento do Beaujolais Nouveau (clique aqui e saiba do que se trata).

Leia também

Benefícios das Galeries Lafayette para os leitores do Conexão Paris

Lembrando que durante todo o ano de 2019 as Galeries Lafayette oferecem mimos aos leitores do Conexão Paris nas compras acima de 175€. Clique aqui para saber mais sobre os mimos e baixar os voucheres.

 

 

 

Galeries Lafayette Paris Haussmann: 40 boulevard Haussmann, 75009 | Metrô linhas 7 e 9, estação Chausée d’Antin – La Fayette ou linhas 3, 7 e 8, estação Opéra | Horários de funcionamento: segunda a sábadode 09:30 as 20:30 e domingos de 11:00 as 19:00.


A Travel Wifi aluga dispositivos portáteis que fornecem conexão wifi e também vende chips para celular que funcionam na França e Europa.

No site Booking você reserva hotéis com segurança e tranquilidade e tem a possibilidade de cancelamento sem cobrança de taxas.

Pesquise horários de trens e preços de passagens e compre a sua com antecedência para garantir os melhores preços.

No site Seguros Promo você compara os preços de várias empresas seguradoras e contrata online o seu seguro de viagem.

Obtenha o orçamento das principais locadoras de carro na França e faça sua reserva para garantir seu carro na Rentcars.

Veja as melhores ofertas de passagens aéreas da Air France.