Alcazar oferece benefício aos leitores do Conexão Paris

O restaurante Alcazar é a nossa dica certa para o réveillon em Paris desde 2010. A partir de agora ele oferece um benefício aos leitores do Conexão Paris durante todo o ano.

Como muitos espaços em Paris, o local onde o Alcazar se situa tem muita história e já passou por várias encarnações.

benefício aos leitores do Conexão Paris

A entrada do restaurante Alcazar

No século 17, o prédio do Alcazar era ocupado por uma quadra de jeu de paume, uma espécie de jogo de peteca que mais tarde passou a ser jogado com raquetes e deu origem ao tênis. No século 18 o local se tornou uma casa de impressão de livros e jornais.

Pulamos para o final dos anos 60 quando o local se transforma em um cabaré e ganha o nome “Alcazar Club”. A boate era um lugar mítico na Paris dos anos 70. Ela foi frequentada por Serge Gainsbourg e Jim Morrisson e imortalizada pelo cantor francês Jacques Brel na música “Les Remparts de Varsovie”.

No final de 1998, sir Terence Conran (fundador da loja de móveis e decoração The Conran Shop) compra o local e o transforma no restaurante Alcazar que conhecemos hoje.

O restaurante Alcazar

O Alcazar é considerado uma brasserie moderna, ou seja, serve pratos da tradicional cozinha francesa atualizados para os dias de hoje com toques gastronômicos. Entre as entradas há ostras, foie gras, carpaccio de polvo. Entre os pratos principais, vieiras e filé de canette (um pequeno pato). Clique aqui e veja o cardápio e os preços.

benefício aos leitores do Conexão Paris

O ambeinte “Restaurant” no térreo

O local, que possui dois espaços (térreo e mezanino), passou por uma extensa reforma no fim de 2015. O resultado foi um ambiente sofisticado, porém ainda intimista, cheio de cantinhos aconchegantes e discretos. As grandes estrelas são o teto de vidro e o jardim que circunda o mezanino.

No mezanino, de quarta a sábado, a partir das 22:00, há sempre um DJ tocando e o local vira uma festa. Uma homenagem ao passado dançante do local.

benefício aos leitores do Conexão Paris

O ambiente “Mezanino”

Promoção

Devido a nossa longa parceria com o Alcazar, ele está oferecendo um benefício aos leitores do Conexão Paris. Uma taça de champanhe por pessoa ao se fazer uma reserva para o jantar no ambiente Restaurant (térreo). Para usufruir do benefício é preciso fazer a reserva pelo email contact@alcazar.fr com 48 horas de antecedência e citar que é leitor do blog.

O Alcazar é super central e de fácil acesso. Ele fica em Saint Germain, no número 62 da rue Mazarine, perto das estações de metrô Saint-Germain-des-Près (linha 4), Odéon (linhas 4 e 10) e Mabillon (linha 10) e da estação Saint Michel Notre Dame dos RER B e C.


benefício aos leitores do Conexão ParisAcesse nosso novo site Minha Viagem Paris para descobrir e reservar passeios incríveis em Paris e no interior da França.

 

 

 

Este post é fruto de uma parceria comercial entre o Conexão Paris e a empresa citada. Salientamos que aceitamos parcerias comerciais apenas de empresas que conhecemos e testamos os seus serviços, e publicamos apenas informações que julgamos relevantes para nossos leitores e possam auxiliar no planejamento de suas viagens. Veja todas a empresas indicadas pelo Conexão Paris. E conheça a política de remuneração do Conexão Paris.
Seja o primeiro a dar um pitaco
Deixe seu pitaco

Exposição Chiharu Shiota no Bon Marché

A exposição Chiharu Shiota no Bon Marché é imperdível.

A exposição Chiharu Shiota no Bon Marché é uma oportunidade para conhecermos a obra desta famosa e secreta artista japonesa.

Foi com a obra exposta no Pavilhão do Japão, em Veneza, que Chiharu Shiota conquistou o Bon Marché. Foi na Bienal de Veneza 2015 que a discreta artista entrou no circuito internacional da arte. Para a Bienal, Chiharu Shiota usou fio vermelho. No Bon Marché, fio branco. O fio vermelho, para ela, representa o interior do corpo humano. O branco, a espuma das vagas. À vezes ela utiliza também o fio negro, representando o céu noturno.

Exposição

Exposição Chiharu Shiota no Bon Marché

A artista

Chiharu Shiota nasceu em 1972 no Japão, em Osaka. Estudou em Kyoto, Canberra e Hambourg e, hoje, vive e trabalha em Berlim. Após adquirir o reconhecimento internacional a artista se dá o luxo de viajar pelo mundo, com sua equipe, tecendo obras únicas. Para a exposição do Bon Marché eles trabalharam dias, à noite, após o horário de encerramento da loja de departamentos da rive gauche.

Exposição Chiharu Shiota no Bon Marché

Exposição Chiharu Shiota no Bon Marché

A obra

De acordo com a cor do fio, a obra de Chiharu pode ser melancólica e sombria. Como em Veneza, fios vermelhos afogando um barco vazio.

Exposição Chiha

Exposição Chiharu Shiota no Bon Marché

A obra do Bon Marché, ao contrário, é leve, vaporosa. Não são barcos afundados, mas barcos que flutuam: Where are we Going? Este é o título da exposição. Cento e cinquenta barcos que navegam no ar, abaixo da cúpula de um dos mais famosos endereços da moda parisiense. Uma analogia entre a vida humana e a viagem. Cada indivíduo embarca para um destino desconhecido. Todos nós atravessamos oceanos de experiências, emoções, encontros e lembranças.

Exposição Chiharu Shiota no Bon Marché

Exposição Chiharu Shiota no Bon Marché

Nesta obra, Chiharu Shiota evoca uma nova viagem sem precisar o itinerário. A vida é uma viagem sem destino preciso.

Exposição Chiharu Shiota no Bon Marché

Exposição Chiharu Shiota no Bon Marché

O que ver na exposição do Bon Marché? Os barcos suspensos abaixo da cúpula. O labirinto de fios no térreo. E as vitrines cobertas por fios brancos tecidos, imagem do inverno parisiense.

Bon Marché, 24 rue de Sèvres 75007. Where are we going: até dia 18 de fevereiro 2017. Entrada gratuita.


Novos projetos mudarão Paris
Acesse nosso novo site Minha Viagem Paris para descobrir e reservar passeios incríveis em Paris e no interior da França.

 

 

O conteúdo deste post foi decidido pela equipe editorial do Conexão Paris, tendo como critério a relevância do assunto para nossos leitores, não havendo nenhum vínculo comercial com qualquer empresa ou serviço citado no texto. Não recebemos qualquer tipo de remuneração pela escrita e publicação deste texto. Conheça a política de remuneração do Conexão Paris.
Seja o primeiro a dar um pitaco
Deixe seu pitaco

Algumas questões sobre o seguro saúde

Quando publicamos o artigo sobre o Seguros Promo – site de comparação de preços das principais seguradoras de viagem – e a necessidade de ter o seguro saúde e repatriamento para entrar na França, surgiram entre os leitores várias dúvidas, surpresas e colocações. Nesse artigo abordaremos algumas questões sobre o seguro saúde e repatriamento. 1) “O seguro de saúde e repatriamento […]

Leia mais →

Novos projetos mudarão Paris a partir de 2017

A partir de 2017 novos projetos mudarão Paris. A cidade será mais cosmopolita, menos poluída, mais bela e agradável. Para os estrangeiros Paris pode ser vista atualmente de uma maneira negativa. Recebemos inúmeros emails com questões ligadas à segurança. Respondemos invarialmente que apesar dos atentados passados, a França é um país seguro. E aqui posso […]

Leia mais →

O casamento francês

A fotógrafa Ana Rita Rodrigues, parceira do Conexão Paris, nos conta, a partir da sua experiência fotografando esse tipo de evento, como é o típico casamento francês. Além das sessões fotográficas em Paris, eu sou também fotógrafa de casamentos em toda a França. Muitos de vocês visitam a cidade luz para celebrar o amor: pedidos de […]

Leia mais →
5236 posts