A Côte d’Azur, também conhecida como Riviera Francesa, ganhou fama quando artistas como Picasso, Matisse e Chagall se instalaram na região. A luz, o azul profundo do mar Mediterrâneo e as paisagens montanhosas atraíram esses e outros tantos artistas. E continuam até hoje a atrair celebridades e milionários do mundo inteiro, que vêm passar as férias em suas mansões ou nos iates particulares. Mas não se assuste: a Côte d’Azur pode ser visitada por todos. E é absolutamente imperdível! Mas o que visitar o que visitar na Côte d’Azur?

Primeiro, algumas informações básicas:

Quando visitar a Riviera Francesa?

Ao contrário de Paris, o sol sempre brilha no sul da França. Com invernos brandos e verão muito quente, a temperatura média da região é de 16 graus.

A praia de Nice, cidade onde o sol brilha em média 112 dias por ano.

A praia de Nice, cidade onde o sol brilha em média 112 dias por ano. Foto de Giancarlo Liguori no Shutterstock.

Mesmo com o sol brilhando,  não é possível pegar praia entre outubro e maio. Em contrapartida, se você prefere evitar as multidões, considere visitar a Côte d’Azur fora do verão.

Como visitar a Côte d’Azur?

A melhor maneira é de carro. Como as distâncias são curtas, você vai conseguir visitar mais do que uma cidade/vilarejo por dia, se estiver de carro. Também é possível usar o transporte público (trem / ônibus), mas num ritmo bem mais lento. Além disso, as estradas da Riviera Francesa são lindas – você vai se sentir a própria Grace Kelly em um dos filmes de Hitchcock.

No caso do carro, recomendamos contratar um carro com motorista por dois motivos:

  1. Estacionar na Côte d’Azur é um pesadelo.
  2. A gastronomia do sul da França é uma atração à parte. Se você estiver dirigindo, não poderá usufruir dos maravilhoso vinhos, o que será uma pena.

Caso opte por essa opção, a empresa França Entre Amigos, nossos parceiros há anos, tem uma base em Nice. Eles oferecem passeios privativos para todos os locais listados abaixo e outros ainda. E ainda permitem que você estenda a viagem para conhecer também Provence.

Descubra abaixo o que você não pode deixar de visitar na Côte d’Azur.

  • Nice

Nice, a capital da Riviera Francesa, é uma ótima base para se conhecer toda a região.

A cidade é mega charmosa, aliando a badalação da Promenade dos Ingleses (uma das avenidas mais famosas e emblemáticas da França) ao charme do antigo porto e das ruelas do centro histórico.

O que visitar na Côte d'Azur: Nice. Além de linda, a cidade é uma base perfeita para se conhecer toda a região.

O que visitar na Côte d’Azur: Nice. Além de linda, a cidade é uma base perfeita para se conhecer toda a região. Foto: LiliGraphie | Shutterstock.

Com 342 mil habitantes apenas, Nice é uma cidade cosmopolita, com ótimos museus, excelentes hotéis e restaurantes para todos os gostos e bolsos. E não deixe de provar a Socca, uma espécie de crepe de grão de bico. E, claro, a famosa salada Niçoise!

No lado leste de Nice, não deixe de visitar:

  • Cap Ferrat

Distância de Nice: 10 km

A península de Cap Ferrat é conhecida pelas por abrigar mansões cinematográficas de milionários e bilionários do mundo inteiro.

A primeira (e mais famosa) a se instalar nesse pequeno paraíso foi Béatrice Ephrussi de Rothschild. A baronesa construiu ali uma imensa mansão, com um lindo jardim  à la francesa, que passou a abrigar sua extensa coleção de arte. Hoje, aberta ao público, a Villa Ephrussi de Rothschild é uma das atrações imperdíveis da região.

O que visitar na Côte d'Azur: a Villa Ephrussi de Rothschild em Cap Ferrat.

O que visitar na Côte d’Azur: a Villa Ephrussi de Rothschild em Cap Ferrat. Foto: Laborant | Shutterstock.

E, se você tiver um tempinho de sobra, uma boa dica é pegar uma das trilhas para passeio a pé por Cap Ferrat. A volta completa é linda, e tem apenas 4.8 km.

  • Eze

Distância de Nice: 12 km

O vilarejo de Eze fica, a 400 metros de altitude, com linda vista para o mar. O charme desse lugarejo pendurado nas montanhas fez de Eze um dos pontos turísticos mais visitados da Côte d’Azur.

O que visitar na Côte d'Azur: o vilarejo medieval de Eze oferece uma vista imperdível do Mediterrâneo.

O que visitar na Côte d’Azur: o vilarejo medieval de Eze oferece uma vista imperdível do Mediterrâneo. Foto: emperorcosar | Shutterstock.

Para evitar as multidões (sobretudo no verão), chegue de manhã cedinho ou no fim da tarde. E não deixe de visitar o Jardin Exotique d’Èze, de onde se tem a mais bonita vista do mar.

  • Mônaco

Distância de Nice: 21 km

Mônaco tem razão de sobra para a fama que ostenta:

  • Primeiro, é o segundo menor país do mundo (o primeiro é o Vaticano). A minúscula nação se concentra em meros 200 hectares.
  • Segundo, graças aos generosos benefícios fiscais, o país talvez tenha a maior concentração de bilionários do mundo. Boa parte desses residem no icônico bairro de Monte Carlo, onde se encontra o Cassino. Um breve passeio pelo porto, onde ficam parados os iates, dá uma ideia clara do nível do dinheiro que circula por ali.
O que visitar na Côte d'Azur: a cidade-país de Mônaco.

O que visitar na Côte d’Azur: a cidade-país de Mônaco. Foto: S-F | Shutterstock.

  • Terceiro, a cidade (ooops, o país) recebe anualmente o Grande Prêmio de Formula 1. Se você estiver de carro, você poderá mesmo fazer a rota do famoso circuito que Ayrton Senna tantas vezes ao pódio. Porém, cuidado! Não acelere muito pois o principado é o país mais vigiado do mundo com 1 policial para cada 100 habitantes (e câmeras para todos os lados).
  • Quarto, Mônaco tem príncipes e princesas que moram em um castelo no bairro antigo e vivem em todas as revistas de fofoca do mundo. Grace Kelly  foi a mais famosa princesa até os dias de hoje.

Diante disso tudo, Mônaco não pode faltar na sua lista de locais

  • La Turbie

Distância de Nice: 16 km

Assim como Eze, La Turbie é um vilarejo montanhoso, logo acima de Mônaco. A visita é obrigatória para se ver de perto as ruínas do impressionante Troféu de Augusto. O monumento, com 35 metros de altura (!!!), data de mais de 2 mil anos atrás.

O que visitar na Côte d'Azur: La Turbie, o vilarejo que abriga das ruínas do incrível Troféu de Augusto.

O que visitar na Côte d’Azur: La Turbie, o vilarejo que abriga das ruínas do incrível Troféu de Augusto. Foto: Inu | Shutterstock.

O troféu foi construído pelos romanos para celebrar a vitória do imperador Augusto sobre as tribos alpinas.

  • Menton

Distância de Nice: 30 km

Menton, a última cidade antes da fronteira com a Itália, não é dos locais mais famosos e badalados da Côte d’Azur. Mas esse é justamente o seu charme. Menton é uma cidade tranquila, sem os milhares de turistas dos demais locais, sobretudo fora de temporada. Além da calma, vale a visita para ver prédios cor de ocre e em tons avermelhados, o antigo centro histórico e os lindos jardins da cidade.

O que visitar na Côte d'Azur: Menton, a cidade cor de ocre, última para antes da fronteira da França com a Itália.

O que visitar na Côte d’Azur: Menton, a cidade cor de ocre, última para antes da fronteira da França com a Itália. Foto: Garsya | Shutterstock.

Menton também é famosa pela festa do limão, uma espécie de carnaval em que grande a cidade é toda decorada com personagens feitos de com a própria fruta. E por falar em limão, não deixe de experimentar o Licor de Menton. Trata-se de um primo próximo do famoso limoncello italiano (só não faça essa comparação em frente aos Mentones, eles podem ficar bravos).

No lado oeste de Nice, não deixe de visitar:

  • Antibes

Distância de Nice: 23 km

Antibes é um charme. À beira mar, o centro histórico desse famoso vilarejo ainda guarda suas ruelas tranquilas. Vale chegar ainda pela manhã para visitar o mercado de rua, que funciona diariamente.

O que visitar na Côte d'Azur: Antibes, o lindo vilarejo à beira-mar onde morou Picasso.

O que visitar na Côte d’Azur: Antibes, o lindo vilarejo à beira-mar onde morou Picasso. Foto: Rafel | Shutterstock.

Picasso morou por aqui, no Castelo Grimaldi – onde hoje funciona um museu dedicado ao pintor. Não deixe de visitar para ver as obras pintadas pelo autor  durante o período que passou na Côte d’Azur.

Agora, um segredo: se você gosta de caminhar, não deixe absolutamente de fazer a trilha do Tire-Poil (em tradução livre, “Arranca-Pêlos), que tem 3.2km (ida). Longe dos carros, você vai percorrer um lindo caminho à beira-mar, com falésias, pequenas praias e a vegetação local. Talvez conseguirá mesmo sentir o que sentia Picasso diante desse azul tão profundo do Mediterrâneo.

A linda trilha do Tire-Poil, em que boa parte do caminho é sobre as pedras à beira-mar.

A linda trilha do Tire-Poil, em que boa parte do caminho é sobre as pedras à beira-mar. Foto: Solomakha | Shutterstock.

  • Cannes

Distância de Nice: 34 km

Assim como Mônaco, Cannes dispensa apresentações. Sede do segundo mais famoso festival de cinema do mundo, que acontece em maio, a cidade respira o luxo e o glamour. Ao andar pela Croisette, a famosa avenida à beira-mar,  você verá uma sucessão de carros, lojas e hotéis de luxo.

Mas, se quiser dar um mergulho no mar, prepare o bolso: o acesso às concorridas praias da Croisette é pago. Para se ter uma ideia, só para entrar na praia particular do icônico hotel Majestic, é preciso pagar 55 euros na alta temporada. Para doer menos o bolso, tenha em mente que você estará em uma das mais badaladas praias do mundo.

O que visitar na Côte d’Azur: Cannes. Foto: Giancarlo Liguori | Shutterstock.

Mas Cannes não é só para os milionários e as celebridades. Depois de passear pelo lado glomoroso de Cannes, não deixe de andar pelas ruelas do Le Suquet, o bairro antigo da cidade. Você pode até mesmo escolher um dos tradicionais restaurantes familiares do bairro e almoçar por um preço bem razoável.

E se você gosta de mercado, inclua no roteiro o Marché Forville, aberto diariamente, exceto às segundas.

  • Saint Tropez

Distância de Nice: 112 km

Nos anos 50, esse então pequeno vilarejo de pescadores ficou mundialmente famoso quando Brigitte Bardot comprou a La Madrague, a casa onde vive até os dias atuais, cercada de animais.

Hoje, Saint Tropez se tornou um dos principais destinos da Côte d’Azur. Apesar de todo o burburinho, o centro antigo ainda guarda ares de antigamente, com suas ruelas estreitas, cafés e senhores jogando bocha.

O que visitar na Côte d'Azur: Saint Tropez.

O que visitar na Côte d’Azur: Saint Tropez. Foto: PlusONE | Shutterstock.

Assim como em Cannes, as praias de Saint-Tropez são ultra concorridas. Pampelonne é a mais famosa – e nela, vários estabelecimentos privados estão instalados, como Tahiti Beach. Se você quer estar no meio dos ricos e famosos, sua praia é a Nikki Beach.

  • Grasse

Distância de Nice: 40 km

Grasse é conhecida por ser a capital mundial dos perfumes. Além do famoso Museu da Perfumaria, Grasse é a sede de tradicionais marcas de perfume como a Fragonard, a Molinard e a Galimard (entre outras).

O que visitar na Côte d'Azur: Grasse, a capital mundial do perfume.

O que visitar na Côte d’Azur: Grasse, a capital mundial do perfume. Foto: Shutterstock.

Depois de sentir todas as essências (de lavadas, de rosas, de jasmim…), você poderá caminhar pelas ruelas do centro histórico dessa linda cidade. E não deixe de entrar no interior da Notre Dame De Puy, a linda catedral de Grasse.

  • Saint-Paul de Vence

Distância de Nice: 20 km

Saint-Paul de Vence é mais uma das lindas cidadezinhas montanhosas da Riviera Francesa. Tod0 murad0, é ainda um dos mais antigos vilarejos medievais da região.

O que visitar na Côte d'Azur: o vilarejo medieval de Saint-Paul de Vence

O que visitar na Côte d’Azur: o vilarejo medieval de Saint-Paul de Vence. Foto: Giancarlo Liguori | Shutterstock.

Com vocação artística, diversas galerias de arte e museus se sucedem nas ruas da pequena cidadezinha. A Fundação Maeght, maior museu de Saint-Paul de Vence, tem obras dos principais artistas do século 20.

Pronto, essas são as principais atrações da Côte d’Azur.

Quanto tempo você vai precisar? Recomendamos, pelo menos 4 dias inteiros. Mas se você tiver mas tempo, melhor ainda. E, caso queira uma ajuda para planejar a viagem, ao contratar o serviço de motorista da empresa França Entre Amigos, o Luiz e a Priscila irão ajudar você a elaborar o melhor roteiro, de acordo com o número de dias disponíveis.

Leia também:


A Travel Wifi aluga dispositivos portáteis que fornecem conexão wifi e também vende chips para celular que funcionam na França e Europa.

No site Booking você reserva hotéis com segurança e tranquilidade e tem a possibilidade de cancelamento sem cobrança de taxas.

Pesquise horários de trens e preços de passagens e compre a sua com antecedência para garantir os melhores preços.

No site Seguros Promo você compara os preços de várias empresas seguradoras e contrata online o seu seguro de viagem.

Obtenha o orçamento das principais locadoras de carro na França e faça sua reserva para garantir seu carro na Rentcars.

Veja as melhores ofertas de passagens aéreas da Air France.