A França é o país com maior concentração de castelos inesquecíveis. E vários deles se encontram nas proximidades de Paris! Nesse post, apresentamos os 14 mais bonitos castelos na França que merecem ser incluídos no seu roteiro de viagem. E ainda: 7 hotéis-castelos para você se hospedar em grande estilo.

Aproveite sua viagem para conhecer alguns dos mais bonitos castelos na França.

Aproveite sua viagem para conhecer alguns dos mais bonitos castelos na França. Foto de Dorine Frequin do Pixabay

Quantos castelos têm na França?

Onze mil castelos – esse é o número catalogado pelo Ministério da Cultura Francês. Mas, se formos contabilizar todos os castelos da França, incluindo as propriedade privadas, estima-se que o país tenha cerca de 45 mil castelos. Isso significa mais do que um castelo para cada um dos 35 mil municípios franceses.

Ou seja, ao visitar a França, é muito provável que você encontre algum castelo no seu caminho. Nesse posts, listamos os mais bonitos castelos da França para que você possa incluir alguns deles no seu roteiro.

Rota dos castelos na França

Não existe propriamente dito um roteiro dos castelos na França. Mas existem duas regiões que concentram grandes e suntuosos castelos, muito bem preservados. São elas:

  • Paris (arredores), a cidade dos castelos na França.
  • O Vale do Loire, a região que mais concentra castelos no país.

Um roteiro pelos castelos franceses pode variar de acordo com o tempo disponível, o interesse, o orçamento etc. Para ajudar você a criar seu próprio roteiro, listamos os mais bonitos e importantes castelos próximos a Paris e no Vale do Loire, assim como castelos igualmente imperdíveis em outras regiões.

Castelos na França perto de Paris

Pouca gente sabe, mas não precisa ir longe para visitar alguns dos castelos franceses mais bonitos e suntuosos. Como o poder real esteve quase sempre sediado em Paris, alguns dos mais emblemáticos castelos da França estão localizados a menos de uma hora da capital. Portanto, se essa é a sua primeira viagem a França, recomendamos que você comece por visitar os castelos próximos de Paris.

Como ir até os castelos? Você pode visitar todos eles de trem. Mas, se você quer ganhar tempo, visitar dois castelos no mesmo dia ou combinar a visita do castelo com outra atração, recomendamos contratar a equipe da França Entre Amigos, que oferece serviço passeio privativo para todos os castelos abaixo, com motorista brasileiro.

  • O Palácio de Versalhes, o mais famoso castelo da França

Versalhes é o castelo da França mais famoso, e não é à toa. Última residência dos reis franceses, Versalhes marca o apogeu do poder real, e também o seu fim. Se essa é sua primeira vez em Paris, você precisa incluir a visita ao castelo no seu roteiro.

Castelos na França: os jardins e o Palácio de Versalhes, no arredores de Paris

Castelos na França: os jardins e o Palácio de Versalhes, no arredores de Paris. Foto de Andreas Hundt do Pixabay

Símbolo máximo da riqueza da corte francesa, o palácio impressiona pelos seus excessos: do tamanho do edifício e da área que ocupa à riqueza de detalhes de sua decoração. Da precisão simétrica dos seus jardins à louca história dos reis e rainhas que moraram ali.

No video abaixo, apresentamos o seu suntuoso interior e contamos um  pouco da sua história.

Os jardins de Versalhes são uma atração à parte. Considerados por Louis 14 tão importantes quanto o próprio palácio, o rei convidou André le Nôtre para projetar os jardins. Assim, se tornaram um ícone dos jardins à francesa, com suas formas geométricas e simetria perfeita. Nosso vídeo dedicado aos jardins de Versalhes vai ajudar você a planejar sua visita:

    • Distância de Paris: 22 km
    • Duração da visita: 2,5 horas para visita ao interior do castelo + 1,5 horas para visita aos jardins
    • Quando visitar: para evitar a multidão, chegue cedo, às 8h, e comece visitando os jardins. Às 9h, quando o castelo de abre, visite o seu interior. Ou prefira visitar após às 15h, que é quando os grupos já estão de saída. Evite também a alta temporada, sobretudo os meses de julho e agosto.
    • Dias e horários de abertura: aberto diariamente, exceto às segundas, das 9h às 17h. Os jardins estão abertos, das 8h às 18h.
    • Ingressos: compre aqui seu ingresso para o Castelo de Versalhes, use o código 5CONEXAO e ganhe 5% de desconto
    • Outros passeios que podem ser combinados com o Castelo de Versalhes: uma boa dica é deixar para visitar Versalhes no último dia de viagem. Ao contratar um carro, você pode fazer a visita pela manhã, almoçar no castelo e já seguir direto para o aeroporto. Para cotação, entre em contato com a turma da Franca Entre Amigos.

Para mais informações, leia nosso post Quando e como visitar Versalhes.

  • Fontainebleau, o castelo francês mais longamente habitado pelos reis

Poucos castelos franceses são tão ricos em história quanto Fontainebleau. Construído cinco séculos antes de Versalhes, o palácio serviu como a residência dos reis e imperadores da França por mais de 7 séculos ininterruptos. Segundo maior castelo da França (o primeiro é Versalhes, claro!), o edifício conta com 46.500 metros quadrados (sendo 6 mil abertos ao público).

Castelo-frança_fontainebleau

Castelos na França: Fontainebleau, no arredores de Paris. Foto de Jacky Delville do Pixabay

Como era de se esperar, cada um dos monarcas fez questão de deixar sua marca para a posteridade. Assim, o castelo foi, ano a ano, ganhando em opulência. Como resultado, hoje o visitante tem a chance única de ver, num único local, o maior conjunto preservado e original de mobiliário e decoração interior francesa.

Além dos salões e aposentos ricamente mobiliados, esse lindo castelo francês ainda conta com uma capela e uma biblioteca, que são pura jóias.

Nosso vídeo abaixo mostra um pouco da riqueza e opulência dos interiores desse importante castelo da França.

Além o interior do castelo, os jardins do castelo também merecem ser visitados. E, tão bonito e rico em história quanto Versalhes, o castelo de Fontainebleau tem a grande vantagem de não atrair multidões!

    • Distância de Paris: 70 km
    • Duração da visita: cerca de 3,5 horas
    • Quando visitar: no outono, quando a floresta e os jardins se tornam uma atração à parte.
    • Dias e horários de abertura: aberto diariamente, exceto às terças, das 9h30 às 18h (de abril a setembro) e das 9h30 às 17h (de outubro a março)
    • Ingressos: compre aqui seu ingresso para o Castelo de Fontainebleau, use o código 5CONEXAO e ganhe 5% de desconto
    • Outros passeios que podem ser combinados com o Castelo de Fontainebleau: você pode visitar os castelos de Fontainebleau e Vaux-le-Vicomte no mesmo dia. Outra opção é aproveitar para almoçar em Barbizon. O lindo vilarejo,  que inspirou tanto pintores, fica a apenas 10km do castelo. Para cotação, entre em contato com a empresa Franca Entre Amigos.

Para saber mais e te ajudar a planejar a sua visita, leia nosso post O maravilhoso Castelo de Fontainebleau.

  • Chantilly, um lindo castelo-museu

Com ares de contos de fada, Chantilly parece flutuar sobre as águas. Um dos mais bonitos castelos da França, é  também um dos menos conhecidos pelos turistas – mesmo estando tão perto de Paris!

Castelo_França_Chantilly

Castelos na França: Chantilly, no arredores de Paris. Foto de SofieLayla Thal do Pixabay

O castelo de Chantilly pertenceu a Henry D’Orléans, filho do último rei da França. O príncipe, amante das artes e o maior colecionador do seu tempo, transformou os salões do castelo em uma inigualável galeria de artes – que se manteve intacta até os dias de hoje. O acervo de pinturas antigas do castelo só perde para o Louvre, incluindo obras assinadas por Raphaël, Fra Angelico, Watteau, Ingres, Delacroix, entre outros.

Assim como Versalhes e Fontainebleau, Chantilly é também um grande parque. Com 115 hectares, conta com jardins semelhantes aos de Versalhes, jardins ingleses e ilhas com templos dedicados à Vênus.

    • Distância de Paris: 45 km
    • Duração da visita: cerca de 3,5 horas
    • Quando visitar: como Chantilly não é tão disputado quando Versalhes, recomendamos visitá-lo no meses de alta temporada, entre maio e setembro. Assim, você evita as filas de Versalhes e aproveita as boas temperaturas para passear pelos jardins.
    • Dias e horários de abertura: aberto diariamente, exceto às terças, das 10h às 18h (de abril a setembro) e das 10h30 às 17h (de outubro a março)
    • Ingressos: compre aqui seu ingresso para o Castelo de Chantilly, use o código 5CONEXAO e ganhe 5% de desconto
    • Outros passeios que podem ser combinados com o Castelo de Chantilly: se estiver com crianças, aproveite para levá-las ao Parque Asterix, que fica a cerca de 20 minutos do castelo. Para cotação, entre em contato com a empresa Franca Entre Amigos.
    • Site: www.domainedechantilly.com

Leia nosso post Castelo de Chantilly para saber sobre esse lindo castelo na França.

  • Vaux-le-Vicomte, o castelo que inspirou Versalhes

Se o castelo Vaux-le-Vicomte não existisse, Versalhes não seria o que é.

O castelo, que pertencia ao ministro das finanças do rei Louis 14, foi concebido pela imbatível equipe que, posteriormente, veio a projetar Versalhes:  o arquiteto Louis le Vau, o pintor Charles le Brun e o paisagista André le Nôtre. E foi, justamente em uma festa em Vaux-le-Viconte que o rei Sol, bastante enciumado, decidiu convidar o talentoso grupo para transformar Versalhes no superlativo dos castelos reais.

Castelos da França: Vaux-le-Vicomte.

Castelos da França: Vaux-le-Vicomte. Foto: Pixabay

Vaux-le-Vicomte não tem a opulência de Versalhes – e nem a multidão. Mas é considerado uma das joias entre os castelos da França.

Descubra no nosso vídeo abaixo toda a beleza deste lindo castelo.

    • Distância de Paris: 60 km
    • Duração da visita: cerca de 3,5 horas
    • Quando visitar:  entre maio e outubro, quando o castelo oferece o famoso jantar a velas (são mais de 2 mil!) que acontece aos sábados. Ou em dezembro, quando o castelo está lindamente decorado e iluminado para o Natal.
    • Dias e horários de abertura: aberto diariamente das 10h às 19h (nas noites dos jantares à vela, aberto até meia-noite). Fechado em novembro, e entre janeiro e meados de março.
    • Ingressos: compre aqui seu ingresso para o Castelo de Vaux-le-Vicomte, use o código 5CONEXAO e ganhe 5% de desconto
    • Outros passeios que podem ser combinados com o Castelo Vaux-le-Vicomte: você pode visitar os castelos de Fontainebleau e Vaux-le-Vicomte no mesmo dia. Para cotação, entre em contato com a empresa Franca Entre Amigos.
    • Site: www.vaux-le-vicomte.com

Castelos na França: o Vale do Loire

O Vale do Loire, também conhecido como o Vale dos castelos na França, tem a maior concentração de castelos no mundo! Se você já visitou os castelos dos arredores de Paris e está disposto a ir (um pouco) mais longe, insira o Vale do Loire no seu roteiro. A região como um todo, é considerada Patrimônio da Humanidade pela Unesco em função, sobretudo, da riqueza de seu patrimônio arquitetural. Ou seja, dos seus castelos!

Quantos castelos têm no Vale do Loire?

Ao todo, são nada menos do que 300 castelos! Dentre esses, 11 castelos reais e 21 castelos construídos pela nobreza são considerados de grande importância histórica e arquitetural.

Abaixo, listamos os seis castelos mais bonitos do Vale do Loire.

  • Chenonceau, o mais romântico castelo da França

Muitos castelos são rodeados por lagos ou foram construídos próximos aos rios. Mas Chenonceau é o único castelo construído literalmente sobre as águas do rio Cher.

Castelos na França Chenonceau

Castelos na França: vista aérea do castelo de Chenonceau. Foto de Marc Jauneaud no Site Oficial Chenonceau

Além da beleza arquitetural do castelo, o domínio (que não é grande) conta ainda com um lindo pequeno jardim à francesa.

E não é apenas o cenário que faz de Chenonceau o castelo mais romântico da França. O castelo foi o epicentro da louca história de amor entre o rei Henrique II e Diane de Poitiers, sua amante. Antes de visitar Chenonceau, não deixe de saber mais sobre essa incrível história de amor.

  • Chambord, o castelo símbolo do Vale do Loire

Chambord é o maior e o mais famoso castelo do Vale do Loire, e o terceiro maior da França. Símbolo da Renascença Francesa, começou a ser construído em 1519, por determinação do Rei François I. O término da construção ocorreu um século depois, durante o reinado de Louis XIV.

Chambord não foi idealizado para servir como residência real, mas mas sim como um castelo para a prática da caça. E, pasmem!  François I se hospedou apenas 50 dias no castelo!

Castelos da França: Chambord, no Vale do Loire.

Castelos da França: Chambord, no Vale do Loire. Foto de Edmond La Foto do Pixabay

Não se sabe ao certo quem foi o arquiteto que concebeu o projeto. Sabe-se apenas que Leonardo da Vinci desenhou a escada em dupla hélice, obra prima e ponto central do castelo.

Alguns número permitem se ter uma dimensão do castelo:

    • 426 peças (60 abertas ao público)
    • 282 chaminés
    • 83 escadas
    • 4.500 objetos de arte
    • Mais de 300 salamandras, emblema do reinado de François I, esculpidas nos tetos e nas paredes do castelos.
    • O terreno da propriedade, com 5.440 hectares, é protegido por um muro de 32 km. Do tamanho da cidade de Paris, é o maior parque intra-muros da Europa.

A floresta, onde os reis da França caçavam, hoje está aberta ao público e, no outono, é um espetáculo à parte.

  • Azay-le-Rideau, o castelo-ilha

Construído sobre uma ilha no rio Indres, Azay-le-Rideau é dos um dos símbolos da arquitetura da Renascença Francesa. Originalmente um forte medieval, o castelo foi inteiramente reformado no século 16, ganhando o estilo da época.

dica-castelo frança azay le rideau

Castelos da França: Azay-le-Rideau, no Vale do Loire. Foto de Anne Wipf do Pixabay

Ao contrário de Chambord, o castelo e seu domínio são pequenos, podendo ser facilmente visitado em conjunto com outro castelo da região.

  • Cheverny, o castelo do Tintim

Para quem já leu as Aventuras do Tintim, Cheverny vai lhe parecer familiar. O castelo foi a inspiração de Hergé, o autor do gibi, para o château de Moulinsart, a casa de campo do personagem Capitão Haddock.

Castelos na França: Cheverny, no Vale do Loire.

Castelos da França: Cheverny, no Vale do Loire. Foto de Sébastien Autreux do Pixabay

Projetado pelo arquiteto Jacques Bougier entre 1620 e 1640, o atual castelo foi precursor do estilo francês que ganhou força no reino de Louis XIV. Nessa época, sobriedade e simetria passaram a ser as palavras de ordem. Hoje, é o maior castelo privado ainda habitado do Vale do Loire. A família, que é proprietária do castelo há mais de seis séculos, reside no local até os dias atuais, em uma ala fechado ao público.

O grande destaque é a decoração interior com mobiliário preservado do século 17, que testemunha da art-de-vivre à la française.

  • Villandry, o castelo-jardim

Villandry é um dos castelos imperdíveis do Vale do Loire. Mas são os jardins a estrela do castelo, e não o edifício em si.

Castelos da França: Villandry, no Vale do Loire.

Castelos da França: Villandry, no Vale do Loire. Foto de Rene Rauschenberger do Pixabay

Os jardins estão abertos ao público durante todo o ano. Mas, claro, prefira visitar entre maio e meados de setembro, ou seja, de meados da primavera até o início  do outono.

  • Ussé, o castelo da Bela Adormecida

Ussé não apenas parece um castelo de conto de fadas, ele de fato o é – afinal foi o castelo que inspirou Charles Perrault a escrever o conto da Bela Adormecida.

castelos-na-franca-turismo: Ussé

Castelos da França: Ussé, no Vale do Loire. Foto de Wolfgang Zenz do Pixabay 

Assim como muitos outros castelos do Vale do Loire, Ussé foi construído na Idade Média como um fortaleza. No século 16, passou por uma grande reforma, ganhando o estilo arquitetônico típico da Renascença Francesa. Nos séculos 17 e 18, se transformou em uma luxuosa residência privada. A visita ao interior do castelo permite apreciar o lindo mobiliário da época.

Quanto tempo passar no Vale do loire?

  • 1 dia no Vale do Loire

A região fica a cerca de 200 km de Paris, sendo possível até fazer um bate-volta no mesmo dia. Muitos turistas optam por essa opção. Neste caso, é possível visitar três castelo, entre eles Chenonceau.  Para isso, recomendamos a França Entre Amigos.  Você ainda vai conhecer a cidade histórica de Amboise e visitar o Clo Lucé, a residência onde Leonardo da Vinci morou nos últimos anos de sua vida. E, se você tiver interesse, uma degustação dos ótimos vinhos da região pode ser agendada (sem custos extras).

  • 3 dias no Vale do Loire

Se dois castelos não são suficientes para você, recomendamos passar três dias inteiros. Assim, você poderá visitar todos os castelos listados acima, assim como as cidades  históricas de Blois e Tours. E, para evitar a exaustão, não visite mais do que dois castelos por dia. Nesse caso, você precisará alugar carro. Ou, se quiser mais conforto e a liberdade para beber vinhos, a França Entre Amigos também poderá prestar esse serviço (para quantos dias você quiser. Outra dica da França Entre Amigos é combinar a visita do Vale do Loire com Bordeaux e região ou com o Mont Saint-Michel.  Entre em contato com eles.

  • 5 dias no Vale do Loire

Se você tem ainda mais tempo, uma opção inesquecível é conhecer o Vale do Loire de bike. Durante uma cicloviagem de cinco dias, você visita 3 dos castelos citados acima (Chambord, Chenonceau e Cheverny). Veja o programa completo aqui.

Grupo de brasileiros chegando de bicicleta no castelo de Chambord

Grupo de brasileiros chegando de bicicleta no castelo de Chambord. Foto: Felipe Xavier

Saiba mais sobre o Vale do Loire lendo nosso post sobre a região:

Castelos medievais França

Nas demais regiões da França, os castelos se diferenciam muito dos listados acima. Por não terem tido a presença da corte, que ao longo dos tempos transformou os fortes medievais em suntuosos palácios, a maior parte dos castelos dessas regiões guarda o aspecto medieval. Como, por exemplo, os muros e torres para defesa do território. Não menos bonitos, merecem também ser visitados. São eles:

  • Haut-Koenigsbourg, o castelo da Alsácia

O castelo de Haut-Koenigsbourg é uma das principais atrações da linda região da Alsácia, que fica próxima às fronteiras das Alemanha e da Suíça.

Castelos na França: Haut-Koenigsbourg, na Alsácia.

Castelos na França: Haut-Koenigsbourg, na Alsácia. Foto de Celidest do Pixabay 

Construído no século 12, o castelo foi testemunhas das guerras e conflitos entre reis e imperadores europeus ao longo dos séculos. Ponte levadiça, grandes muros de proteção e torres: o castelo reúne todos os elementos que você imagina da arquitetura medieval. No interior, é possível conhecer um pouco do mobiliário da Idade-Média. E imaginar como era a vida então.

Situado no topo de uma montanha, a vista externa do castelo é espetacular. E, de dentro, é possível avistar algumas das cidades e vilarejos alsacianos.

Saiba mais sobre a Alsácia lendo nossos posts sobre a região:

  • Carcassonne, a cidade-castelo

Carcassonne é uma cidade murada que data do período Galo-Romano, e que foi inteiramente restaurada no século 19. Localizada na região da Occitânia, próxima da fronteira com a Espanha, é um dos principais pontos turísticos do sul da França.

O muro da cidadela, que tem 3km de extensão e abriga 52 torres de defesa, protegeu a cidade de ataques durantes vários séculos. Dentro dos muros, se encontra o castelo da cidade, chamado de Comtal. A visita ao interior do castelo permite entender um pouco da rica história da cidade.

Castelos na França: a citadela de Carcassone, no sul da França.

Castelos na França: a citadela de Carcassonne, no sul da França. Foto de Wolfgang Zenz do Pixabay 

Além do castelo, vale a pena passar o dia passeando pelas ruelas da cidade, descobrindo seus becos, igrejas e lojinhas.

  • Castelo de If, um forte sobre o Mar Mediterrâneo

O Castelo de If é um forte construído em uma ilha rodeada pelo azul do Mar Mediterrâneo, na Provence. A construção do forte começou em 1524, e tinha como função a proteção da cidade de Marselha, assim como de toda a costa em volta. Posteriormente, entre 1580 e 1871, o local foi transformado em uma infame prisão, para onde eram enviados os inimigos do Estado, especialmente protestantes e republicanos.

Castelo de If, no sul da França.

Castelo de If, no sul da França. Foto de Darius Huntly no Flickr 

No século 19, castelo-forte ganhou fama graças ao romance de Alexandre Dumas, O Conde de Monte Cristo, cujo herói foge da prisão após ficar 14 anos encarcerado.

Se você está pensando planejando uma viagem a Provence, a região onde fica o castelo de If, não deixe de ler nosso post O que visitar na Provence, no sul da França e O que visitar na Côte d’azur, quando e como

  • Castelo de Pierrefonds, o forte medieval de Napoleão

A história do castelo de Pierrefonds suscita polêmica. Originalmente construído no século 12, o castelo foi inteiramente destruído no século 17, restando apenas as ruínas. Em 1810, o local foi comprado pelo Imperador Napoleão I, que declarou o sítio como monumento histórico francês. Em 1860, seu sobrinho, o então Imperador Napoleão III decidiu reformar o castelo. Aliás, decidiu reconstruí-lo inteiramente, transformando-o em um palácio imperial com ares medievais.

O arquiteto, Viollet-le-Duc, não se preocupou em respeitar o traçado do antigo castelo. Pelo contrário, aproveitou a oportunidade para criar um perfeito castelo medieval, em pleno século 19. Por esse motivo, o castelo também é conhecido como a “loucura romântica do Imperador”.

O castelo de Pierrefonds na França.

O castelo de Pierrefonds na França. Foto de Rémi Certhoux do Pixabay 

Vale a pena conhecer um castelo “fake”?

Apesar de ser um castelo medieval “moderno”, o local é cheio de história. E, não à toa, é gerido pelo Centro dos Monumentos Nacionais da França. Do castelo original à desmesura do Imperador, tudo isso faz parte da história francesa. Além disso, mesmo sabendo que não é um castelo original, em Pierrefonds você terá a chance ver como era a arquitetura da Idade Média, pois o edifício guarda todos os aspectos de um verdadeiro castelo medieval.  E não está longe de Paris, dando até pra fazer um bate-volta – nesse caso, entre em contato com a França Entre Amigos.

Hotéis castelo na França

Nada mais romântico e inesquecível do que se hospedar em castelos da França. E existem muitas opções. Abaixo, listamos uma seleção de hotéis castelo.

Hospedagem em castelos nas proximidades de Paris

  • Trianon Palace

Localizado a alguns metros do Castelo de Versalhes, além de ser um hotel de luxo, o Trianon Palace é também um hotel histórico. Afinal, este foi o local onde o Tratado de Versalhes foi preparado. Ao se hospedar no hotel, você poderá ficar em uma das suítes ocupadas no passado por  personalidades como Marcel Proust, Marlene Dietrich, a rainha Elisabeth II e Sarah Bernhardt. Mais informações e reserva, aqui.

  • Tiara Chateau Mont Royal Chantilly

Construído no século 19, esse hotel-castelo tem 5 estrelas e se encontra a menos de 10 km do castelo de Chantilly, rodeado pela  floresta de mesmo nome. Mais informações e reserva, aqui.

Hospedagem em castelos no Vale da Loire

  • Hôtel Château de Verrières & Spa Saumur

Hotel 5 estrelas, localizado na cidade de Saumur, no Vale do Loire. Situado num parque com 2 hectares, o hotel conta também com um pequeno spa. Mais informações e reserva, aqui.

  • Château de Rochecotte

Hotel 4 estrelas, localizado na cidade de Saint Patrice, no Vale do Loire. A propriedade está situada em um parque de 20 hectares e conta com um terraço italiano e piscina ao ar livre aquecida. Mais informações e reserva, aqui.

  • Château D’artigny

Hotel-castelo 5 estrelas, localizado a 15 km de Tours, no coração do Vale do Loire.  Rodeado por um parque com 25 hectares, os quartos ficam situados no castelo, no Pavilhão Ariane ou na Casa Frangrance. Ao fazer a reserva, precise bem onde gostaria de ficar. Mais informações e reservas, no Booking.

Hospedagem em castelos em outras regiões

  • Chateau La Cheneviere

Com 5 estrelas, o Chateau La Chenevière foi construído no século 18, e é uma excelente opção para quem quer conhecer a Normandia.   Está situado em Port-en-Bessin, entre as praias do desembarque do Dia D e a cidade de Bayeux. Mais informações e reservas, no Booking.

  • Les Crayeres

Esse maravilhoso hotel-castelo, que faz parte da rede Relais&Chateau,  se encontra em Reims, a capital da Champagne. Você irá passar os dias fazendo degustações de vinho antes de se hospedar em um cenário de luxo. Mais informações reservas pelo site do hotel.

Leia também sobre os castelos na França


A Travelwifi aluga dispositivos portáteis que fornecem conexão wifi e também vende chips para celular que funcionam na França e Europa.

No site Booking você reserva hotéis com segurança e tranquilidade e tem a possibilidade de cancelamento sem cobrança de taxas.

Pesquise horários de trens e preços de passagens e compre a sua com antecedência para garantir os melhores preços.

No site Seguros Promo você compara os preços de várias empresas seguradoras e contrata online o seu seguro de viagem.

Obtenha o orçamento das principais locadoras de carro na França e faça sua reserva para garantir seu carro na Rentcars.

Veja as melhores ofertas de passagens aéreas da Air France.