Quando cheguei na França e me deparei com os abacates daqui me dei conta da riqueza e da textura dos nossos, aqueles colhidos nos quintais das casas de nossos avós.

Quando ele se tornou inacessível  para mim percebi que esta fruta maravilhosa não é bem aproveitada na minha região ou talvez no Brasil todo.

Na França conheci a tradicional receita mexicana guacamole, quando bem preparada uma delícia.

Conheci também o abacate batido como base para sopas frias servidas no verão.

Sem contar as inúmeras saladas preparadas com a fruta e associadas à camarões, caranguejos, rúculas e tomates.

De todas, a mais fácil – e a minha preferida – é o abacate recheado com caranguejo temperado com cebobinha, coentro, limão, casca de limão cortada bem fininho, sal e pimenta do reino.

E quando não estou com vontade de preparar nada, corto um abacate pelo meio, retiro o caroço, preencho a cavidade com azeite, limão, sal, pimenta e coentro. Depois basta uma fatia de pão e um bom queijo para termos uma refeição deliciosa.

Conheça mais pratos tradicionais da culinária francesa: