Antes de mais nada, informo que os puristas são contra. Vinho quente? Nunca. Os snobs também.

Mas nas estações de esqui ou quando está fazendo muito frio em Paris já vi os mais recalcitrantes se esquentarem com um bom e popular vinho quente.

Percebi neste fim de semana, subindo a avenida Champs Elysées, que os quiosques de sanduíches e bebidas já oferecem vin chaud. Se não fosse 9 horas da manhã, teria parado para tomar um vinho bem quente perfumado com canela.

Se estiverem com frio, provem e verão o efeito. Delicioso e faz parte do folclore, das tradições populares deste país. Para os que não conhecem esta bebida, a receita tradicional aconselha  misturar vinho tinto e conhaque, colocar em uma panela, esquentar e  flambar. Tirar do fogo e acrescentar açúcar, cascas de laranja, canela e cravo.

Conheça mais pratos tradicionais da culinária francesa: