As brasseries de Paris fazem parte da história da cidade e são tão importantes quanto seus famosos monumentos.

Atualmente o termo brasserie quer dizer um grande café e restaurante, normalmente aberto o dia todo. A qualquer hora o cliente pode tomar café, lanchar, pedir um chope, desgutar vinhos e champanhes. Mas no almoço e jantar, as brasseries se tornam um restaurante com um cardápio típico. Quase todas servem ostras e frutos do mar, chucrutes e as receitas tradicionais francesas como pernil de cordeiro, escargot, tartare, omeletes e saladas como a deliciosa chèvre chaud.

Brasserie Pied de Cochon, no centro de Paris

As brasseries apareceram no final do século 19 e início do século 20 com o desenvolvimento da indústria da cerveja. Elas eram frequentadas por homens vindos da burguesia ou pequena burguesia à procura de novos prazeres. Eles eram servidos por jovens mulheres sorridentes, fumavam cachimbos, charutos e, mais tarde, cigarros. Em Paris, elas surgiram para todos os lados no Quartier Latin, na região chamada Grands Boulevards (situada entre République e Opéra), na Bastille, em Saint Germain, em torno das estações ferroviárias…

A famosa brasserie Lipp de Saint Germain

Muitas desapareceram. Outras estão aí, testemunhas da história da cidade. Algumas são conhecidas e lindíssimas como La Coupole, Le Grand Colbert, Lipp, Le Train Bleu

A cidade possui muitas outras desconhecidas dos turistas. Quase todas lindas. Infelizmente, algumas com atendimento distraído e cozinha medíocre.

Mas quando são bonitas vale entrar e pedir um café ou uma taça de vinho. Ou então, deguste uma sobremesa. Elas são sempre bem feitas.

Brasserie L’Éuropéen

Recentemente conhecemos a brasserie Européen, que se encontra em frente da estação ferroviárias Gare de Lyon. Ela foi construída no início do século 20 e seu decorador foi o mesmo da brasserie Dôme de Montparnasse. Ele assinou também a decoração do restaurante do segundo andar da torre Eiffel. Infelizmente, anos mais tarde, ela foi considerada fora de moda e um novo decorador foi requisitado para o lifting do Jules Verne. Como seu nome era impronunciável (Wiatcheslav Vassiliev) o grande decorador das brasseries de Paris entrou para a história como Slavik.

Para reservar uma mesa:

. La Coupole, clique aqui.

. Le Grand Colbert, clique aqui.

. Le Train Bleu, clique aqui.

Anote o endereço de outras brasseries de bairro que devem ser conhecidas:

. Brasserie Thoumieux, perto da torre Eiffel (leia aqui). Clique aqui para reservar uma mesa.

. Pied de Cochon, no centro de Paris (leia aqui). Clique aqui para reservar uma mesa.

. Le Vaudeville perto da Opéra Garnier (leia aqui). Clique aqui para reservar uma mesa.

. Brasserie Bofinger, no Marais, perto da praça Bastille (leia aqui). Clique aqui para reservar uma mesa.


brasseries de ParisConheça o guia do Conexão Paris Restaurante e Outras Delícias, à venda no site Minha Viagem Paris. O guia traz uma seleção dos melhores restaurantes da cidade, além de queijarias, pâtisseries, caves, bares etc.

 

 


A Travel Wifi aluga dispositivos portáteis que fornecem conexão wifi e também vende chips para celular que funcionam na França e Europa.

No site Booking você reserva hotéis com segurança e tranquilidade e tem a possibilidade de cancelamento sem cobrança de taxas.

Pesquise horários de trens e preços de passagens e compre a sua com antecedência para garantir os melhores preços.

No site Seguros Promo você compara os preços de várias empresas seguradoras e contrata online o seu seguro de viagem.

Obtenha o orçamento das principais locadoras de carro na França e faça sua reserva para garantir seu carro na Rentcars.

Veja as melhores ofertas de passagens aéreas da Air France.