Este texto é de autoria da leitora Cibelly.

Sou apaixonadíssima por culinária e também pela cultura francesa, então, unindo o agradável ao agradável, fui fazer um curso de uma semana durante as minhas férias no Le Cordon Bleu, em Paris.

Na escola há diversas opções (informações na página oficial http://www.cordonbleu.edu), escolhi um curso de boulangerie (sou louca pelos pães franceses). A média de preços gira em torno de 200 euros por dia.

Na minha turma havia alunos de várias nacionalidades e profissões, apenas um trabalhava como padeiro.

Profissionalismo é a ordem do dia por lá. O curso inicia todos os dias pontualmente no horário, são sete horas de aula, com um intervalo para almoço. E que almoço…. Uma linda mesa com saladas, terrines e queijos franceses acompanhados de um delicioso bordeaux. Um pequeno mimo incluído no valor do curso.

O chef é francês e – óbvio – só se comunica na língua-mãe, mas há um tradutor para inglês (também chef da escola), que parecia ser mais simpático e paciente. Para quem fala as duas línguas é perfeito.

Trabalha-se muito, o ritmo é bem intenso, pois a média de receitas desenvolvidas pelos alunos é de 6-8 por dia.

No final do curso ainda sobrou um tempinho e o professor ensinou algumas receitas de patisserie, especialmente com massas folhadas. Uma delícia…

Quando acabam as aulas os alunos devem levar toda a produção para a casa. Eu ia embora com várias sacolas cheias de baguetes, croissants, brioches, pains ao chocolat. Felizes dos vizinhos que recebiam todos os dias pães fresquinhos, direto de uma das melhores escolas de culinária francesa!

Adorei o curso, passar uma semana imersa na gastronomia francesa foi fabuloso, fiquei com gostinho de quero mais…

Agora é pôr a mão na massa (literalmente) e parafraseando uma ilustre aluna…

Bon appétit!

Leia também: