Como visitar os castelos do vale do Loire

Todos os brasileiros sonham em conhecer os castelos do vale do Loire.

Castelo de Chambord no vale do loire

Castelo de Chambord, no Vale do Loire. Foto de La reserve du Val de Loire, no Flickr.

Antes de dar as informações sobre como visitá-los eu gostaria de fazer uma pequena recomendação. Se você estiver na França por três, quatro ou cinco dias, não aconselho a viagem  ao vale do Loire. Se quiser muito conhecer um castelo,  visite Versailles. Por que? Você não tem muito tempo, Paris é uma cidade maravilhosa  e Versailles é um dos castelos mais bonitos da França.

Para conhecer os castelos da Loire, a maneira mais simpática, na minha opinião,  é alugar carro. Nesse caso, você pode alugar em Paris e dirigir até a Loire.

Mas você também pode pegar um trem em Paris até Amboise ou Tours e alugar um carro nessas cidades. A localização de Amboise é melhor para fazer o circuito dos castelos. Para aqueles que temem se perder na saída de Paris,  esta é a melhor solução.

E, se você não quiser dirigir, você pode ainda contratar uma van com motorista brasileiro, altamente qualificado, com uma das empresas que indicamos.

É possível conhecer dois ou três castelos em um dia.  Os principais castelos são Chambord, Chenonceaux, Amboise, Clos Lucé.

Mas se preferirem uma viagem organizada,  eu aconselho a empresa de ônibus e citytours  ParisVision.

A viagem é feita em ônibus confortáveis, com possibilidade de ver  três castelos em um dia só por 172 euros ou 199 euros por pessoa. Ida e volta no mesmo dia com saída às 7h45 e retorno às 20h00. É importante conferir os valores na hora da reserva, pois podem estar mais atualizados do que aqui.

Leia também:

 

Publicidade

Veja Também

Um fim de semana no Vale do Loire

Domaine des Hauts de Loire: hotel castelo no Vale do Loire

Hotel Castelo no Vale do Loire: Château de la Tortinière

400 pitacos, participe desta conversa

  1. Fabiola disse:

    Lina e Rodrigo,

    Vou para o Loire agora na Pascoa. Gostaria de saber se no domingo de Pascoa as coisas funcionam por la. As lojas abrem? E possivel visitar os castelos? Aceito sugestoes. Obrigada!

    • Rodrigo Lavalle disse:

      Fabiola, as lojas devem estar fechadas porque é domingo. Os castelos de Chenonceau e de Chambord, os mais conhecidos, estarão abertos.
      Abraços.

  2. Marcia Lube disse:

    Patricia
    Em termos de vinhos , a região do Vale do Loire é riquíssima.
    Conheça algumas vinícolas. Telefone antes para confirmar o horário de atendimento.
    Indico o Château de Fosse-Sèche, Bernard Daubry, Jasnières ou o Domaine de Beaurepaire (Menetou-Salon).
    Mas se você quiser apenas degustar e comprar algumas garrafas, visite o cavist “Le Voltaire” em Chinon , onde encontrará boas opções em vinhos da região.
    O Mont Saint Michel é programa para um dia inteiro. E se você tiver mais tempo, dê uma chegada a Cancale, um encanto de lugar a beira mar. Saboreie seus frutos do mar. Ou então almoce no “Côte Mer” curtindo a vista do Mont ao fundo da baía.

  3. Patricia disse:

    Olá pessoal do Conexão! Amo o blog, já estive em Paris e as dicas de vocês são as melhores!! Volto à França agora em maio com meu marido e desta vez vamos conhecer o Vale do Loire e o Mont Saint Michel. Alugaremos o carro em Paris e queremos conhecer o que pudermos em 4 dias. Gostaria de saber, neste percurso, quais vinícolas e “fromageries” vocês indicam para conhecermos. Nós passaremos por elas no caminho ou precisamos nos programar e fazer reservas? Outra pergunta, na volta do Mont Saint Michel, o que é imperdível? Teremos o dia todo para voltar a Paris, pois vamos dormir no MSM. Abraços a todos!!

  4. Marcia Lube disse:

    Felipe Severino
    Realmente traga a sua CNH e tente.
    Já alugamos carros na França algumas vezes e, nem sempre exigiram a Carteira Internacional .
    E em outras ocasiões, foi a condiçao “sine qua non”!

  5. Fabiana Valente disse:

    Tem também o Castelo Cheverny, o castelo do Tintin. Além de muito bonito, tem os famosos cães de caça, que são uns amores. Vale a pena.
    http://pt.wikipedia.org/wiki/Castelo_de_Cheverny

  6. Felipe Severino disse:

    Boa noite Lina, boa noite Rodrigo!

    Queria fazer uma pergunta. Eu viajo à Paris amanhã, e só pretendia ficar em Paris e ir em Versailles, mas vi um programa sobre o Vale do Loire na tv hj e me encantei. Pesquisei o dia inteiro sobre isso, e decidi que vou a Tours visitar Chenoncheau, mas fiquei em dúvida se é permitido alugar um carro e dirigir com a CNH brasileira, pois não tenho a internacional.
    É permitido?

    Abraços

    • Rodrigo Lavalle disse:

      Felipe, é preciso ter a carteira internacional que você pede pelo site do DETRAN. Mas traga a sua carteira brasileira e tente…
      Abraços.

  7. Mariana G. disse:

    Obrigada Sophia, gostei muitos das dicas que vc deu e já estou me animando mais com a ideia de alugar carro… só a liberdade de não precisar se preocupar com horários de trens e ônibus já deve compensar :)

  8. Sophia disse:

    Mariana G., pode relaxar. Circular de carro pela França é muito tranquilo mesmo! As estradas estão em ótimas condições e são bem sinalizadas. Mesmo sem GPS e mapa já consegui me virar muito bem. Basicamente, minhas três sugestões para auxiliar na navegação (em ordem decrescente de preferência pessoal): 1) Instale um app de GPS no seu smartphone (p. ex., procure por Tomtom Europe na App Store, se vc tem iPhone). Uma vez instalado, ele não usa mais o sinal 3G, só o do satélite, então você não vai pagar pela conexão; 2) Compre um chip de alguma operadora local na França (eu costumo usar a Orange e “abasteço” com 1 giga) para acesso à internet e use o Google Maps. Não se esqueça de desbloquear seu celular antes de ir, caso ainda não o tenha feito; 3) O bom e velho mapa em papel da Michelin. Eles são vendidos pela França e tem com vários detalhes das estradas por região; 4) Peça um carro com GPS para a locadora. Esta é minha última opção porque nem sempre eles têm disponível na hora que você vai pegar o carro.
    Boa viagem!!

  9. Mariana G. disse:

    Grata pela resposta, Rodrigo!
    Acho que vai ficar mto complicado mesmo, mas ainda sim prefiro ir de Paris até Caen de trem e só alugar o carro lá, aí devolver em Tours, depois de visitar o Mt. St. Michel e os castelos do Loire e antes de retornar a Paris de trem. Na verdade estou bem insegura quanto a dirigir nas rodovias de lá, nunca dirigi no exterior :/ Vcs tem algum post com dicas pra quem vai alugar carro na França?
    Obrigada :)

  10. Lena disse:

    Lina e Rodrigo. Gostaria de compartilhar uma decisão que tomamos (mas ainda não está fechada) e ver se vocês acham que funciona. Vamos pela primeira vez à França e ficaremos muitos dias. Vamos fazer todas essas visitas fora de Paris que quem vai pela primeira vez não pode deixar de fazer…. Vale do Loire, Versailles, Giverny, Reims e Epernay, etc… Pesquisamos e os preços para apenas um casal (já que iremos sozinhos) nesses “bate-volta” que pegam e deixam no hotel e está saindo muito caro, além de alguns oferecerem um horário apertado que achamos não dê para apreciar todas essas maravilhas (é um sonho se realizando) com tranqüilidade. Bem, ir de RER assim que vc chega, tendo que prestar atenção a detalhes, locais, etc ficamos receosos pq nenhum de nós fala francês. Como meu marido adora dirigir e já dirigiu em vários outros países, optamos por alugar um carro (só com esse propósito, não para andar por Paris) por alguns dias seguidos e fazer todos esses passeios, com liberdade de horários e ao nosso gosto, parando onde der vontade. O custo de carro, ingressos, combustível, garagem no hotel ou na rua… sai mais barato do que nessas empresas. Vcs acham que funcionará bem? Ah… mais uma coisinha, como é que funciona estacionar na rua? Como pagamos? (na rua do hotel tem muita vaga, todas escrito PAYANT). É verdade que os postos de combustível são subterrâneos? Desculpe tanta pergunta e agradeço desde já!!! Grande abraço!!! E como sempre, parabéns!!!

    • Rodrigo Lavalle disse:

      Lena, é super fácil ir de trem (seja o trem urbano RER, seja o trem comum) para Versailles, Reims e Epernay. Para o Vale do Loire e para Giverny é melhor mesmo ir de carro. O problema do carro dentro de Paris é realmente onde parar, as vagas escritos PAYANT são pagas, existe uma máquina próxima onde a pessoa compra um ticket (não sei quanto custa). Existem alguns postos na superfície mas a maioria está escondida nos subsolos (nos estacionamentos subterrâneos) ou na periferia da cidade. Leia esse artigo: http://www.conexaoparis.com.br/2009/04/01/postos-de-gasolina-abertos-24-h/.
      Abraços.

  11. Mariana G. disse:

    Oi Lina, será que pode me ajudar?
    Estou pensando em sair de Paris ir até Caen (de trem) lá visitar Omaha Beach, o memorial de Caen e o cemitério, depois no mesmo dia, ir até o Mt. St. Michel e ficar uma noite por lá, no dia seguinte ir para o Vale do Loire (via Rennes de trem) e só então alugar um carro pra conhecer os castelos. Vc acha possível fazer tudo isso de transporte público? Como ir de Caen até o Mt. St. Michel? Em Caen é possível visitar um pouco das praias e monumentos do “Dia D” sem carro?
    Obrigada, mais uma vez! Não sei o que seria do planejamento da minha viagem sem esse blog maravilhoso ;)

    • Rodrigo Lavalle disse:

      Mariana, não é aconselhável fazer este roteiro sem carro. De Rennes para o Mont Saint Michel tem ônibus compatível com uma visita durante o dia. De Caen é mais difícil. E para visitar o circuito do desembarque melhor ter um carro. O ideal para conhecer toda esta região é alugar um carro.
      Abraços.

  12. Christiane disse:

    Obrigada Rodrigo! Montei toda minha viagem , primeira vez em Paris, baseada no blog de vocês! Desde roteiros até restaurantes! Não vejo a hora de final de abril chegar! ;)

  13. Christiane disse:

    Olá! Estou programando de ir de Trem TGV de paris para Amboise e de la alugar o carro para conhecer os castelos. Porém não estou conseguindo achar a associação trem+aluguel de carro de amboise para comprar tudo junto, que sai 30% mais barato….quando entro no site da SNCF só consigo fazer essa associação se for para Tours. É possível essa associação de Amboise?

    • Rodrigo Lavalle disse:

      Christiane, não sei te informar mas se você está conseguindo fazer indo para Tours e não indo para Amboise, provavelmente essa promoção não exista para Amboise.
      Abraços.

  14. Aline disse:

    Olá!
    Gostaria de dicas sobre hospedagem em Amboise!
    Alguma indicação?
    Abraços

  15. Larisa disse:

    Boa tarde. Em abril vou pro vale do loire e paris. Meu voo chega em paris no dia 10 e no mesmo dia já sigo pro vale, lá vou ficar em amboise. Qual estação é melhor pra chegar: amboise ou tour? Chegando lá vou alugar um carro, vc indica alguma locadora? E posso comprar os tickets do trem na hora que eu chegar lá? ou é melhor comprar com antecedência? No aeroporto tem estação de trem? No dia 13 eu retorno a paris, vc indica alguém pra fazer o transfer pro hotel? ou taxi é mais barato? Eu não falo nada de francês, mas falo inglês, vou conseguir me virar bem?
    obrigada
    aguardo retorno

  16. isabella disse:

    Olá, viajarei pra França em julho e gostaria de saber se você pode me responder a cerca de duas coisas: 1)Qual a maior empresa de trem da França?
    2)Tem como as passagens serem compradas pela internet ou ao menos há como ver os horários desses trens?
    Obrigada

  17. marcos disse:

    Sairei de Paris para Tours em janeiro. Passaremos três noites em Tours e depois vamos para Londres. Duas perguntas: a primeira é qual a melhor forma de conhecermos Saint-Michel a partir de Tours (carro, trem, van)? Qual a melhor forma para irmos para Londres? Parabéns pelo site.

    • Rodrigo Lavalle disse:

      Marcos, a melhor e mais confortável solução é ir de carro ou van com motorista do Vale do Loire para o Mount Saint-Michel. Ou então de carro alugado que fica mais caro que carro com motorista pois você entregará o carro em uma cidade diferente da que pegou.
      A melhor solução para ir a Londres é o trem Eurostar à partir de Paris. Vale a pena, voltar para Paris e pegá-lo.
      Abraços

  18. Susana disse:

    Márcia,
    Obrigada mais uma vez, na zona de Montparnasse tem pelo menos duas locadoras, a Avis e a Hertz, por isso vou pegar o carro por lá mesmo.

    Um abraço

  19. Marcia Lube disse:

    Susana
    Eu cheguei facilmente a Montparnasse. Tenho a impressão de que será fácil sair de lá também.
    Onde você vai pegar o carro ?
    Não me lembro de ter visto ou lido nenhuma referência quanto a não poder levar crianças ao Domaine.
    Leia o post :http://www.conexaoparis.com.br/2013/07/21/domaine-des-hauts-de-loire-hotel-castelo-no-vale-do-loire/

  20. Susana disse:

    Marcia,
    Muito obrigada pela ajuda, acho que vou mesmo no dia a seguir de manha, o meu dia de aniversário é o da chegada, e não me apetece passa-lo dentro de um carro….apesar de ser a caminho de local que sei q vou adorar…vou ficar por Paris, e arrancar no dia seguinte de manhã de carro, e se conseguir almoço na sua sugestão….Acha adequada para crianças?? Agora onde me devo hospedar em Paris para a saída ficar fácil…?? Obrigada…

  21. Marcia Lube disse:

    Susana
    Como meu voo chegou em Paris cedo, pegamos o carro na locadora Hertz ali mesmo no CDG e fomos direto para a estrada. Preferi a que tem pedágio, queria chegar logo. E com a ajuda do GPS foi facílimo sair de Paris. Sem grandes mistérios.
    Na volta, devolvemos o carro em Montparnasse.
    Acho que dá perfeitamente para visitar pelo menos 2 castelos por dia.
    Como é aniversário, uma sugestão : reserve e vá jantar ou almoçar no Domaine des Hauts de Loire em Onzain, a 20 minutos de carro do Castelo de Amboise ou de Blois.

  22. Susana disse:

    Eymard, muito obrigada pela ajuda. E já agora vou pedir mais uma ajuda: Sair de Paris de carro é muito complicado? Devo escolher o hotel onde para facilitar a saída, estive a olhar para o mapa e pareceu-me que se ficar em Montparnasse a saída não será muito complicada… Estou errada??Eu chego de um voo curto… De Portugal mas também acho que seria mais interessante fazer a viagem de dia. Além de CHartres que se assim for pararei na ida, há algum sítio onde poderei parar no regresso?
    Se alguém tiver mais dicas para me dar para este passeio , como restaurantes por exemplo, eu agradeço!!
    Um abraço

  23. eymard disse:

    Susana, de Paris a Amboise são aproximadamente 200 kms. A estrada é muito boa. Mas se o seu voo esta programado para chegar as 19, voce não sairá de carro antes das 20 (desembarque, malas, procurar a locadora, etc..). Não sei de onde voce esta chegando (de voo curto ou longo), mas podem estar cansados. Enfim, nesse caso, o mais recomendável é aguardar para sair no dia seguinte pela manhã. Fizemos esse trajeto de carro e foi muito bom (paramos em Chartres na ida; seguimos por estradinhas menores até Amboise). Portanto, tem vantagens e desvantagens ir de carro ou de trem. De trem é mais rápido, mas não terão a diversão do caminho.

  24. Susana disse:

    Olá a todos!
    Preciso de ajuda para tomar uma decisão. Vou a França em Maio para festejar o meu 40ºaniversario, como já tive em PAris 2 vezes, e em Maio já terei estado 3, e Paris ser um destino q espero repetir muitas vezes, optei por ir conhecer o LOire, com meu marido filha e pais, mais um sonho que vou concretizar, a minha dúvida é:
    Chego a Paris, Orly , pelas 19.00, tinha pensado alugar um carro e seguir direto para Tours ou Amboise, mas dada a hora , não sei se a viagem de noite será fácil para quem nunca conduziu em França. Será melhor pernoitar em Paris e seguir de trem para Amboise ou Tours e lá alugar o carro e entregar depois em Orly?
    Alguém me pode ajudar…
    Obrigada,
    P.S. Vou estar 2 dias e meio no loire, é suficiente para visitar os Castelos principais?

    • Rodrigo Lavalle disse:

      Susana, é mais sensato vocês pernoitarem em Paris. Vocês já terão viajado 10 horas de avião, seria até perigoso dirigir à noite em estradas desconhecidas depois disso.
      Abraços.

  25. nathalia disse:

    ola, adorei as dicas, estou indo para França semana que vem, e irei me hospedar em Deauville,3 noites, Normandia e depois por 3 noites no no Vale do Loire. Estou em duvido sobre em que momento visitar o Mont St Michel. Estarei de carro. Vale a pena tirar um dia de Deauville e ir ou no caminho entre Deauville e Vale do Loire då tempo?
    Obrigada
    se puder dar dicas gastronomicas destas regioes

    • Lina disse:

      Nathalia
      Eu te aconselho ficar 3 noites na Normandia, uma noite no Mont Saint Michel e 2 noites no Vale do Loire.
      A região Normandia/Mont é linda e merece a visita.
      No Vale, em duas noites você visita muitos castelos.
      Gastronomia: hoje publico artigo com dicas gastronômicas na Normandia.

  26. sandra disse:

    estivemos la em maio, primavera, clima agradavel e menos turistas, seis dias paris bem programado de metro vimos 90%, depois + 7 dias carro, chantily, versalles, loire dois castelos por dia dormindo em b&b, de orleans ate angers, depois para san michel, um dia de carro ate la, volta para paris com parada em giverny. estradas boas, comida excelente, gps sygic ok, saudades

  27. Marcia Lube disse:

    Virginia
    Visite as vinícolas : Château de Fosse-Sèche (Saumur) e Bernard Baudry (Chinon – Cravant-les-Coteaux) . Experimente também os vinhos de Menetou-Salon nas proximidades de Bourge e Sancerre.

  28. Virgínia disse:

    Olá,
    Qual vinícola vc indica para conhecer no Loire? Obrigada!

  29. Juliana disse:

    Preciso resolver se vou ao Vale do loire de carro locado em Paris ou de trem até Tours e lá alugo um carro… Uma coisa a considerar é que vou com meu marido e com minha filha de um ano.
    1 – Na opção de locação do carro tenho que locar a cadeirinha, não é? E tem algum tipo de pedágio? Quanto devo gastar em combustível para ir até Tours?
    2 – Na opção dois, uma passagem de trêm de 40 euros ida e volta por pessoa está caro?
    Ajuda urgente. Estamos embarcando no dia 19 de setembro! Obrigada!!!

  30. [...] Sugestão de roteiro e hospedagem no Vale do Loire. No blog Conexão Paris, simplesmente o mais completo sobre a capital da França.  O mesmo blog também tem um post para quem desejar conhecer a região do alto de um balão e explica como visitar os castelos do Vale do Loire. [...]

  31. Célia Albrecht disse:

    estaremos,meu marido e eu,pela segunda vez em PARIS e desta vez gostaria de conhecer o interior do GRAND PALAIS,MUSÈE D’ORSAY(em obras qndo lá estive)e ver mais MUITO MAIS do que considero de tudo que de lá conheço :VESAILLES.

  32. Natália disse:

    Como chegar ao Vale do Loire a partir de MAdri ou Barcelona?
    Obrigada!!

    • Lina disse:

      Natália
      Não sei te informar.
      Algumas sugestões: entre no google maps e veja a distância. Considere a possibilidade do carro. Olhe nos sites das empresas aéreas se existem voos diretos para a região. Duvido.

  33. Denise disse:

    Ola , Vou com meu marido em dezembro para França , e estamos pensando em passar o réveillon em Vale do loire , onde nos recomenda ? Onde pode ser inclusa a ceia e não seja tão caro , obrigada .

    • Lina disse:

      Denise
      Nas festas, o interior da França costuma ser triste. As cidades do interior não possuem noite animada, bares e restaurantes abertos até tarde. Nem saberia te indicar um para o reveillon.

  34. Sérgio disse:

    Oi Lina
    Vi no seu blog que algumas pessoas tem dúvidas quanto a aluguel de carro. Vai aí um pouco da minha experiência. Alugo carro na Europa a mais de 10 anos. A única locadora que nunca me deu problemas foi a AVIS. Cuidado com preços baixos de outras locadoras que tem franquias altíssimas. Em caso de acidentes, mesmo pequenos, voce pode se dar mal. Nunca alugue um carro no aeroporto, porque tem taxa extra. Atualmente as locadoras pedem a carteira internacional e a do Brasil. Tem que levar as duas. Nunca devolva o carro em outro país diferente do aluguel. As taxas de retorno são enormes. Peça um carro a diesel (gas oil) são mais econômicos. Quanto ao Vale do Loire, passear de carro pelas estradas do Vale do Loire, é tão interessante quanto visitar os castelos.
    P.S. Gostei do blog

Próximos 50 comentários Aguarde, carregando novos comentários

Participe e deixe seu comentário

Seu comentário pode demorar alguns minutos para aparecer no blog.