Como montar uma tábua de queijos para o apéro

O programa Apéro encerra sua 1ª temporada com o clássico dos clássicos dos apéros franceses: a tábua de queijos.

Seja em casa ou no bar, a tábua de queijos é a rainha da hora do aperitivo. Prática e deliciosa ela agrada a quase todo mundo. Mas, diante da infinidade de quejios que existem na França (assunto que já discutimos aqui), sempre surgem dúvidas e receios sobre o assunto. Quais queijos escolher? Qual a ordem certa de degustação? Vinho tinto para acompanhar, né?

Regrinhas para a montagem de uma tábua de queijos

Existem algumas regras de ouro a serem seguidas na hora de compor ou degustar um plateau de queijos:

•  Se for compor uma tábua de queijos em casa escolha uma feita dos seguintes materiais: madeira, vidro, cerâmica ou ardósia (minha favorita, como esta aí da foto abaixo). Evite pratos em metal, que podem interferir no sabor do queijo.

•  Deixe os queijos fora da geladeira 1 hora antes de servir.

•  Separe bem um queijo do outro, não deixe que eles se toquem. Coloque uma faca para cada queijo, para os sabores não se misturarem.

•  Para a degustação ficar mais interessante diversifique os formatos, sabores e texturas.

•  Uma tábua de queijos clássica deve ter pelo menos um queijo fresco (de cabra, de ovelha, de vaca), um mole (Brie, Camembert), um mais duro (Cantal, Comté, Parmesão) e um queijo azul (Roquefort, Gorgonzola).

tábua de queijos

Tábua de queijos montada em uma placa de ardósia (o material mais recomendado)

•  Há uma ordem a ser respeitada na hora de degustar: do sabor mais suave ao sabor mais forte, no caso acima, o fresco, o mole, o duro e o azul. Por exemplo, partindo de um queijo de cabra fresco até um queijo azul, tipo o roquefort. Assim você prepara seu paladar e não corre o risco de ofuscar o sabor de um queijo com outro.

•  Também é uma opção montar um prato inspirado em uma região específica de um país. Ou então todo de uma mesma família: só de queijos moles, só de queijos azuis.

•  No mesmo prato você pode colocar, se quiser: manteiga sem sal de boa qualidade, uma geleia não muito doce (evite a de morango), frutas secas.

•  E o vinho? Por incrível que possa parecer, o vinho ideal para acompanhar uma tábua de queijos é o branco. A gordura do queijo harmoniza perfeitamente com a acidez dos vinhos brancos, gerando um casamento perfeito que deixa uma agradável sensação de frescor cremoso na boca. A combinação vinho tinto e queijos é desaconselhada, pois os taninos presentes no vinho tinto “matam” o sabor do queijo.


Leia também:


Clique aqui e veja as demais receitas do programa Apéro, receitas franceses com alegria.

Assine o canal do Apéro no You Tube e acompanhe as receitas semanais.

 

O conteúdo deste post foi decidido pela equipe editorial do Conexão Paris, tendo como critério a relevância do assunto para nossos leitores, não havendo nenhum vínculo comercial com qualquer empresa ou serviço citado no texto. Não recebemos qualquer tipo de remuneração pela escrita e publicação deste texto. Conheça a política de remuneração do Conexão Paris.
Seja o primeiro a dar um pitaco
Deixe seu pitaco

Graduação e pós-graduação na França

Interessados em fazer graduação e pós-graduação na França durante o ano letivo 2017-2018 podem enviar dossiê por meio do site Campus France Brasil.

Para fazer graduação e pós-graduação na França no ano letivo 2017- 2018, vocês  já podem enviar suas candidaturas por meio do site Campus France Brasil, a agência francesa para promoção do ensino superior.

Os dossiês eletrônicos devem conter informações sobre os percursos acadêmico e profissional dos candidatos, além de motivação e outros anexos.

A data limite para envio dos dossiês varia de acordo com o nível e a área de estudo. O prazo máximo é março de 2017. As aulas no sistema de ensino superior na França têm início, normalmente, em setembro.

Os interessados encontram todas as informações sobre o calendário e o processo de candidaturas no site do Campus France Brasil (clique aqui).

graduação e pós-graduação na França

Estudar na França (foto Ekaterina Pokrovsky no shutterstock)

A França e os estudantes

A França é o terceiro país mais procurado por estudantes em mobilidade universitária. Todos os anos, cerca de 300 mil estudantes estrangeiros são acolhidos pelas universidades e outras instituições de ensino superior francesas.

Cerca de 4 mil brasileiros viajam para a França a cada ano para estudar. Em 2016, a agência Campus France Brasil registrou alta de quase 60% nas candidaturas individuais (sem vínculo com universidades brasileiras) para graduação e pós-graduação, mesmo em um contexto de redução da mobilidade universitária internacional.

O custo relativamente baixo dos estudos na França é um dos principais fatores de escolha dos alunos estrangeiros. Todas as universidades são públicas e têm o mesmo nível de qualidade. O governo francês se encarrega de 90% do custo do ensino e não há distinção entre estudantes franceses e estrangeiros. Os brasileiros pagam a mesma taxa de matrícula que os franceses.

A anuidades estimada para universidades é de 200 a 400 euros; para escolas de engenharia, 600 euros; escolas de arquitetura, 400 a 900 euros e escolas privadas, 5.000 a 12.000 euros.

Com o visto de estudante de longa duração, é possível trabalhar meio período. Os alunos das instituições francesas ainda têm acesso a restaurantes universitários, auxílio-moradia e planos especiais para transporte. Além disso, os brasileiros que vão para a França podem se candidatar a mais de 200 programas de bolsa.

Sobre o Campus France

Presente em mais de 110 países, Campus France é a agência governamental francesa responsável pela promoção do ensino superior, o acolhimento e a mobilidade internacional. A

agência é ligada aos ministérios franceses da Educação e das Relações Exteriores. No Brasil, está vinculada ao Serviço de Cooperação e de Ação Cultural da Embaixada da França.

A agência Campus France Brasil oferece orientação personalizada e gratuita aos interessados em estudar na França e também centraliza o procedimento de candidatura para grande parte das universidades do país europeu.


Leia todos os nossos artigo sobre como estudar e trabalhar na França.


MinhaViagemParis1Acesse nosso novo site Minha Viagem a Paris para descobrir e reservar passeios incríveis em Paris e no interior da França.

 

 


Vai para Paris? Reserve sua passagem no site oficial da Air France - o melhor preço para mais de 900 destinos em todo o mundo.
O conteúdo deste post foi decidido pela equipe editorial do Conexão Paris, tendo como critério a relevância do assunto para nossos leitores, não havendo nenhum vínculo comercial com qualquer empresa ou serviço citado no texto. Não recebemos qualquer tipo de remuneração pela escrita e publicação deste texto. Conheça a política de remuneração do Conexão Paris.
Seja o primeiro a dar um pitaco
Deixe seu pitaco

Seguros Promo: compare e compre seguro de viagem

O seguro de saúde e de repatriamento, conhecido como “seguro de viagem”, é um dos documentos necessários para entrar na França – e na Europa. A partir de hoje, os leitores do Conexão Paris podem comprá-lo com desconto. Ao desembarcar na Europa, você deverá apresentar na imigração o chamado seguro de viagem. O seguro contratado deve ter valor mínimo de 30 mil euros […]

Leia mais →

5% de desconto no jantar-cruzeiro de reveillon em Paris

Ganhe 5% de desconto no jantar-cruzeiro de reveillon em Paris da empresa ParisCityVision A ParisCityVision, principal empresa de ônibus turísticos em Paris, oferece reduções exclusivas aos leitores do Conexão Paris: 10% de desconto nas visitas ao Mont Saint-Michel e aos castelos do Vale do Loire. Além disso, a cada início de mês, oferece 5% de desconto em determinados passeios. O desconto da vez é para o jantar-cruzeiro de […]

Leia mais →

Leilão de pedaços da escada da torre Eiffel

Pedaços da escada da torre Eiffel são, de tempos em tempos, leiloados em Paris e mundo afora. Há dias atrás, o pedaço número 13 da antiga escada da torre Eiffel foi vendida, em Paris, pela módica soma de 528.800€, dez vezes o preço estimado. Nossa primeira questão foi: qual o maluco que preferiu comprar um […]

Leia mais →
5174 posts