Conexão Paris: as melhores dicas de Paris e da França

13 hotéis Ibis em Paris bem localizados

Há muitos hotéis da rede Ibis em Paris mas nem todos são bem localizados. Veja a nossa lista com 13 Ibis em Paris com boa localização.

Muitos leitores do Conexão Paris e turistas em geral escolhem se hospedar em hotéis da rede Ibis em Paris por se tratar de uma marca conhecida e padronizada mundialmente: prédios novos ou reformados, quartos limpos, serviços profissionais e bons preços. De fato, ao optarmos por um Ibis, sabemos exatamente o que iremos encontrar. Geralmente, não tem erro.

Ibis em Paris

Ibis Paris Place d’Italie 13ème

Mas é no “geralmente” que mora o perigo…

Há muitos Ibis em Paris que não são bem localizados por não serem tão centrais ou por estarem em áreas não muito simpáticas da cidade. Não se trata de nada perigoso ou que vai te deixar isolado, sem ter como chegar ao “centro turístico” da cidade, mas a estadia vai ser menos charmosa, além da chatice do ir e vir e os gastos com metrô.

Por esse motivo fizemos uma lista com 13 hotéis Ibis em Paris com boa localização. Esses hotéis não são mega centrais, eles estão em áreas que chamamos “intermediárias” (leia nosso artigo sobre esse assunto clicando aqui) que, além de simpáticas, possuem uma mistura de vida turística e vida local. Se você for um pouquinho animado poderá ir a pé até a maior parte dos pontos turísticos, caso contrário é só pegar o metrô.

  • No 15° arrondissement Paris, próximo à Torre Eiffel
Ibis Paris Tour Eiffel Cambronne 15ème  (clique aqui para fazer sua reserva)
Ibis Style Paris Eiffel Cambronne (clique aqui para fazer sua reserva)
Ibis em Paris

Feira de rua no boulevard de Grenelle, no 15° arrondissement de Paris (foto: John Greenfield no Flcikr)

Apesar dessa região ser mais residencial e tranquila, no boulevard Garibaldi e no boulevard de Grenelle (um é continuação do outro) há lojas, restaurantes, cafés, supermercados, farmácias. Você vai estar a cerca de 20 minutos de caminhada da Torre Eiffel, do rio Sena, da estação Champ de Mars – Tour Eiffel (onde passa o RER C para Versailles) e do shopping-center Beaugrenelle (leia sobre ele aqui).

  • Montparnasse
Ibis Paris Tour Montparnasse 15ème (clique aqui para fazer sua reserva)
Ibis Paris Gare Montparnasse 15ème (clique aqui para fazer sua reserva)
Ibis em Paris

Le Dôme, um dos bons restaurantes na região de Montparnasse

Montparnasse não é um bairro famoso como Saint Germain ou o Marais e não possui nenhum monumento ícone (OK, há a Torre Montparnasse). Essa área também é tradicional e bem residencial. De lá você pode ir a pé à Saint Germain, bairro ícone, e ao Jardin du Luxembourg, um dos mais bonitos da cidade. Vocè pode esticar até a praça Denfer Rochereau, a pé também. Nesta praça você tem a estação do trem RER B que liga Paris aos aeroportos Gharles de Gaulle e Orly. Clique aqui e leia todos os nossos artigos sobre Montparnasse.

  • Place d’Italie
Ibis Paris Place d’Italie 13ème (clique aqui para fazer sua reserva)
Ibis Paris Avenue d’Italie 13ème (clique aqui para fazer sua reserva)
Ibis em Paris

A prefeitura do 13° Arrondissement, na Place d’Italie

Região também residencial e tranquila no 13° arrondissement de Paris (clique aqui e veja nosso vídeo sobre ele). Na praça d’Italie há o shopping-center Italie Deux e na avenida des Gobelins há a Fundação Pathé além de inúmeros cafés, restaurantes, supermercados e cinemas. Caminhando cerca de 15 minutos por essa avenida você chega à rue de Mouffetard e ao Quartier Latin.

  • Bastille / Gare de Lyon
Ibis Paris Gare de Lyon Ledru Rollin 12ème (clique aqui para fazer sua reserva)
Ibis Paris Bastille Opera 11ème (clique aqui para fazer sua reserva)
Ibis em Paris

Vista da Bastille. Porto Fluvial de Paris

A Bastilha é sem dúvida um bairro símbolo de Paris. É uma região jovem, boêmia e comercial (nas rue du Faubourg Saint Antoine e de Charonne há uma infinidade de lojas) com atrações-chave como a Opéra Bastille, a Promenade Plantée e o inicio do Canal Saint Martin (onde é possível pegar um barco-excursão até o norte da cidade). Além disso ela fica “colada” no charmoso bairro do Marais. Clique aqui e leia todos os nossos artigos sobre a Bastille.

  • République
Ibis Paris Avenue de la République (clique aqui para fazer sua reserva)
Ibis Styles Paris Voltaire République (clique aqui para fazer sua reserva)
Ibis Styles Paris République (clique aqui para fazer sua reserva)
Ibis em Paris

Praça da República. Tales of a Wanderer no Flickr

A Place de la République sempre foi um local símbolo da República Francesa e ponto de partida ou chegada de manifestações, desfiles políticos e até mesmo de festas de rua em Paris. Sua posição privilegiada no limite de duas das áreas mais interessantes da cidade – o Marais e o Canal Saint Martin – faz dela uma boa opção de hospedagem.

  • Grands Boulevards
Ibis Styles Paris Lafayette Opéra (clique aqui para fazer sua reserva)
Ibis Paris Grands Boulevards Opéra 9ème (clique aqui para fazer sua reserva)
Ibis em Paris

O interior da Galerie Vivienne. Foto: ShutterStock.

Região estratégica na confluência de vários bairros, de vários estilos de vida. Ao norte, indo em direção à Montmartre, você percorrerá as ruas de SoPi, bairro interessante e jovem com cafés, restaurantes e lojas. Ao sul, indo em direção ao Sena, você passará pelas belas passagens cobertas parisienses (como a Galerie Vivienne) e chegará à áreas mais turísticas, ao Palais Royal e ao Louvre. Indo na direção do boulevard Haussmann chegará ao epicentro do consumo onde ficam as lojas de departamentos Galeries Lafayette e Printemps e à região da Opéra.

 

Ibis em ParisAcesse nosso novo site Minha Viagem Paris para descobrir e reservar passeios incríveis em Paris e no interior da França.

 

 

O conteúdo deste post foi decidido pela equipe editorial do Conexão Paris, tendo como critério a relevância do assunto para nossos leitores, não havendo nenhum vínculo comercial com qualquer empresa ou serviço citado no texto. Não recebemos qualquer tipo de remuneração pela escrita e publicação deste texto. Conheça a política de remuneração do Conexão Paris.
Últimos pitacos (3/3), ver todos os comentários
  • "Boa tarde , Alguma informação sobre o Ibis bu ..."

    Lara Iorio
  • "Já fiquei em 5 Ibis em Paris (Cambronne, Gran ..."

    Neftalí
  • "Excelente post. Super útil."

    Lisa
Deixe seu pitaco

Jornalista de moda Loïc Prigent

O jornalista de moda Loïc Prigent é francês, especialista na fashion esfera e ficou hiper conhecido com seus tweets inspirados em frases soltas escutadas durante desfiles, encontros, coquetéis e eventos do mundo da moda. Ele acabou de publicar um livro reunindo seus tweets chamado “J’adore la mode mais c’est tout ce que je déteste”.

Catherine Deneuve lendo os tweets de Loïc Prigent

Catherine Deneuve lendo os tweets de Loïc Prigent

Através do seu humor bem temperado ele faz uma descrição engraçadíssima do lado “ultra absurdo” deste grupo. Esta aventura começou em 2013 e hoje ele tem 200.000 seguidores que se divertem e o adoram. Seu estilo conquistou a grande atriz Catherine Deneuve que, durante a Fashion Week, lê os twetts de Loïc Prigent, todos os dias, no canal Arte.

Jornalista Loïc Prigent

Jornalista de moda Loïc Prigent

Nos divertimos muito traduzindo alguns dos seus famosos tweets:

. – Não diga que algo fede, diga que é um perfume imersivo.

. – Estou com tanta fome, poderia até comer.

. – Você está com ele desde quando? – Dois anos. Sensação de cinco.

. – De onde ela é? – Não sei, mas suas roupas são da China.

. – Você quer participar de uma visita privada do museu Picasso? 20 minutos no máximo, em seguida um coquetel.

. – Tudo bem? Passou boas férias? Sol ou wifi?

. – Ela está de mal humor porque ela não sabe que o bom humor existe.

. – Ela vive sozinha no meio de uma floresta de likes.

. – Apple está morta. As pessoas não tem mais vergonha de dizer que possuem um Samsung.

. – Você deveria mudar de vida, talvez de país, em todo caso de penteado.

. – Ela é simpática, mas tem um físico mass market.

. – Semana infernal, semana de 7 segundas.

. – Nós trabalhamos sem lata de lixo no studio. Nenhuma é bonita. Nós não vamos trabalhar com uma lata de lixo feia, seria o princípio do fim.

. – A gente não fala “relógio de ouro”, é muito “conotado”. A gente prefere falar “relógio sol”.

. – É um casaco 100 salários mínimos.

. – Ele é tão poderoso que ninguém ousa falar que ele tem pêlos saindo do nariz.

. – Eu fiz um casting bunda para a publicidade. A bunda covinhas/durinha não existe mais. Agora, elas todas tem bunda Kardashian.

. – Foi bom o seu jantar? – Eu disse coisas que já havia dito e escutei conversas que já tinha escutado.

. – Tudo bem com o carinha que você encontrou em Berlim há 15 dias? – Separamos, a rotina nos matou.

. – Não diga ridículo, diga único. Não diga horroroso, diga surpreendente. Não diga velho, diga clássico. Não diga burro, diga jovem.

. – Ela mora em Paris ou em New York? – Poltrona 1A.

. – Toda a primeira fila tinha o rosto de Jennifer Lawrence. Acho que um cirurgião plástico vendeu a fôrma.

. – Qual é a sua profissão? – Eu esquento um pouco as jóias antes que as clientes as experimentem.

. – Eu adoro ir ao cinema. É diferente das séries, temos o fim em duas horas.

. – Não diga blogueira, diga encarregada de contéudo.

. – Com a regra de cortesia que me impede de dormir com as suas ex mulheres, não tem mais ninguém disponível para mim nesta cidade.

Loïc Prigent (@LoicPrigent) Twitter.

Loïc Prigent

Capa do livro de Loïc Prigent

“J’adore la mode mais c’est tout ce que je déteste”. Loïc Prigent, editora Grasset.

 

Loïc PrigentAcesse nosso novo site Minha Viagem Paris para descobrir e reservar passeios incríveis em Paris e no interior da França.

 

 

O conteúdo deste post foi decidido pela equipe editorial do Conexão Paris, tendo como critério a relevância do assunto para nossos leitores, não havendo nenhum vínculo comercial com qualquer empresa ou serviço citado no texto. Não recebemos qualquer tipo de remuneração pela escrita e publicação deste texto. Conheça a política de remuneração do Conexão Paris.
Seja o primeiro a dar um pitaco
Deixe seu pitaco

Os melhores champanhes franceses

Existem cerca de 300 maisons produtoras de champanhe na França. Geralmente, os turistas se limitam às mais conhecidas: Moët Chandon, Veuve Clicquot e Dom Pérignon. Mas existem dezenas de outros rótulos, menos conhecidos, que estão entre os melhores champanhes franceses. Champagne – a palavra – é a segunda mais conhecida da língua francesa no mundo. Ela só perde para bonjour – o famoso bom […]

Leia mais →

Hotel barato na Champanhe

Um tour pela Champagne é um ótimo programa para quem quer conhecer o interior da França e uma das principais regiões vinícolas do país. É possível fazer um bate-volta de Paris no mesmo dia. Para quem tem tempo e deseja passar mais do que um dia, indicamos aqui um hotel barato na Champanhe. Em dois dias, você […]

Leia mais →

Praça Vendôme: exposição Manolo Valdés

A cada rentrée a praça Vendôme se transforma em galeria de arte. Participando da efervescência do início do outono, quando eventos diversos ocupam monumentos e espaços públicos, a praça acolhe um artista convidado. Este ano, entre o Ritz inteiramente restaurado (clique aqui para ler nosso artigo) e os joalheiros renomados, as esculturas de Manolo Valdés desviam a […]

Leia mais →
5073 posts