Conexão Paris: as melhores dicas de Paris e da França

Uma chef brasileira em Lyon

Após alguns dias de férias no eixo Córsega/Suiça, estou de volta com um artigo sobre um excelente restaurante em Lyon. Ao invés de pegar um voo Genebra/Ajaccio, peguei o trem TGV Genebra/Lyon para rever esta cidade maravilhosa e testar novo restaurante da constelação Bocuse dirigido por uma chef brasileira.

Restaurante Marguerite

Restaurante Marguerite

A casa do restaurante pertenceu à um dos irmãos Lumières, personagens importantes na história do cinema e da fotografia. Esta mansão, parte do patrimônio histórico de Lyon, foi comprada em 2013 pelo chef Paul Bocuse para aí instalar o Restaurante Marguerite, inaugurado no final de 2013.

Sala do Marguerite

Sala do Marguerite

As obras respeitaram a decoração original Art Nouveau e Marguerite é um espaço agradável, acolhedor com duas salas elegantes e um jardim agradável nos dias ensolarados.

Ta

Tabata Bonardi

Bocuse, pela primeira vez na vida, colocou uma mulher na direção de um dos seus restaurantes, a chef brasileira Tabata Bonardi.

O serviço é impecável, descontraído e sorridente.

No cardápio temos um menu do dia por 44 euros com entrada+prato+sobremesa. Desta vez não testei o menu. Já que tinha feito a viagem para degustar a cozinha de Tabata, escolhi os pratos que me atraíram no cardápio.

Amuse bouche

Amuse bouche

Como amuse bouche, sopa fria de melão com pedacinhos de presunto cru.

Oeufs pochés

Oeufs pochés

A entrada (14.50 euros), sublime, eram ovos pochés dentro de uma emulsão de avelãs acompanhados por cogumelos giroles.

Pigeon rôti et purée de patate douce

Pigeon rôti et purée de patate douce

O prato principal (36 euros), coxas de pombo assadas acompanhadas por uma torta feita com carne de pombo cozida, cebolas e temperos variados. Acompanhava este prato, pirê de batatas doce e cebolas caramelizadas no suco de verveine.

Chocolat noir et glace moka

Chocolat noir et glace moka

A sobremesa (7.50 euros), tortinha de chocolate amargo e sorvete de café.

Petit gâteau

Petit gâteau

Na realidade, um petit gâteau muito bem preparado sobre uma massa de torta crocante. Delicioso.

Retornarei, sem dúvida alguma. Pela cidade e por esta cozinha tradicional e saborosa.

E sugiro à você incluir Lyon nas suas viagens pela França. Você pode passar por Lyon no seu roteiro da Borgonha (leia aqui) ou então a caminho da Provence e da Côte d’Azur.

Marguerite: 57 avenue des Frères Lumière, 69008, Lyon


O conteúdo deste post foi decidido pela equipe editorial do Conexão Paris, tendo como critério a relevância do assunto para nossos leitores, não havendo nenhum vínculo comercial com qualquer empresa ou serviço citado no texto. Não recebemos qualquer tipo de remuneração pela escrita e publicação deste texto. Conheça a política de remuneração do Conexão Paris.

Veja Também

Lyon: dicas de hotéis e restaurantes

Últimos pitacos (3/4), ver todos os comentários
  • "Quero conhecer. Endereço anotado."

    Marcia Lube
  • "Fernanda, Muito obrigada. Correção feita."

    Lina
  • "Lina, deu água na boca! Apenas uma correção: ..."

    Fernanda H.
Deixe seu pitaco

Paris, Ratatouille e ratos

Antes, eu entrava em pânico. Agora, trinta anos mais tarde, fico indiferente. O problema não tem solução.

Quando eles aparecem de novo, chamo mais uma vez o serviço de desratização sabendo que o resultado é precário. Na esfera doméstica, não são ratos e sim camundongos. Mesmo assim o resultado é de curta duração.

E a situação fica muito pior quando temos obras no bairro, sobretudo obras no sub-solo de Paris. Aí a coisa fica difícil. Os ratos e camundongos, perturbados nos seus hábitos, sobem ou procuram novos lugares e se esparramam para todos os lados.

Normalmente eles não circulam nos quartos e ficam restritos aos espaços onde encontram migalhas como cozinha e sala de jantar. Uma solução higiênica é guardar todos os alimentos em caixas herméticas.

Outra solução, além das ações das empresas especializadas, é usar e abusar das tradicionais ratoeiras. Os ratinhos que aparecem em casa, mostram uma preferência pelo queijo de cabra maduro. Atraídos por este cheiro, caem na armadilha. Se o marido não estiver em Paris, jogo tudo fora e compro outra ratoeira idêntica. Marido não consegue entender porque não posso pegar o bichinho desmaiado e fechá-lo em um saco plástico. Coisas de francês.

Ao longo dos anos li muitos comentários dos leitores sobre ratos nos restaurantes e nas lojas de Paris. Melhor vocês se habituarem e observarem este bichinho através da imagem simpática veiculada pelo filme Ratatouille.

Ratos no jardim do Louvre

Ratos no jardim do Louvre

Recentemente, a revista lepoint.fr publicou fotos do fotógrafo francês FRANCOLON XAVIER de ratos no jardim entre o Louvre e o Tuileries. Atraídos pelas migalhas dos piqueniques, eles “sobem” durante o dia, tranquilos, e circulam entre as pessoas. Parece que as crianças ficam encantadas com estes bichichos mais verdadeiros que o desenho animado.

E a revista LeFigaro.fr mencionou o problema em outro artigo ilustrando com vídeos de turistas publicados no You Tube. Se quiserem ver é só clicar aqui.

Ainda bem que estes grandes não entram nos apartamentos. Porque aí não saberia qual rumo tomar.

O conteúdo deste post foi decidido pela equipe editorial do Conexão Paris, tendo como critério a relevância do assunto para nossos leitores, não havendo nenhum vínculo comercial com qualquer empresa ou serviço citado no texto. Não recebemos qualquer tipo de remuneração pela escrita e publicação deste texto. Conheça a política de remuneração do Conexão Paris.

Veja Também

Os apaixonados da Ponte Alexandre III

Camembert assado com tomilho e mel

Tour de France e monumentos franceses

Últimos pitacos (3/17), ver todos os comentários
  • "Já cruzaram meu caminho... O susto se mistura ..."

    Kariny
  • "Já estive 3 vezes em Paris e permanecendo 20 ..."

    Nilza
  • "Estive em Paris em maio com meus dois filhos ..."

    Clara miranda
Deixe seu pitaco

Os endereços do chef Akrame

Atelier Vivanda é uma steakhouse, dica para os apreciadores de boas carnes. Atelier Vivanda são dois endereços em Paris, um rive droite e outro rive gauche, em Saint Germain. Eles pertencem ao grande chef Akrame Banallal, figura discreta do mundo gastronômico francês. Por 35 euros temos entrada + prato de carne + acompanhamento + sobremesa. […]

Leia mais →

Exposição Niki de Saint Phalle

Do dia 17 de setembro até 2 de fevereiro 2015, o Grand Palais apresenta a artista francesa Niki de Saint Phalle. Se estiver em Paris nesta época não perca esta exposição. 7 Septembre 2014 – 02 Février 2015 7 Septembre 2014 – 02 Février 2015 Niki de Saint Phalle é uma das artistas mais populares […]

Leia mais →

Passeios a pé em Paris: Île de la Cité e Quartier Latin

Vir para Paris é pisar na história da humanidade. E passear a pé por Paris é a melhor maneira de conhecer a cidade e toda sua história. Cada esquina tem um segredo a ser descoberto; cada praça e monumento, um detalhe oculto. A catedral Notre Dame, por exemplo, tem toda a sua fachada codificada através de imagens de santos, demônios, […]

Leia mais →
3865 posts