Conexão Paris: as melhores dicas de Paris e da França

Como pedir nos restaurantes em Paris? Saiba ler um cardápio francês

Por Karen Goldman, chef encarregada dos roteiros gastronômicos do Conexão Paris.

Muitos já conhecem o esquema, mas não custa explicar. E entender o cardápio de restaurante francês pode ser um pouco complicado, sim senhor.

Existe uma diferença importante entre o cardápio na França e no Brasil e estou me referindo à forma como a refeição é oferecida e como a sequência de pratos é apresentada. Aqui estão alguns termos e dicas para ajudá-los a encontrar o “norte” com um cardápio francês nas mãos.

Menu do dia

Menu do dia

.Menu ou formule: trata-se de um menu a preço fixo que inclui dois ou mais pratos com opções únicas ou limitadas para cada um. Esta é geralmente a refeição mais barata do dia e, em alguns restaurantes, a única. As opções muitas vezes veem escritas em um quadro/lousa ou em uma página especial separada do menu tradicional. Estes pratos, na maioria dos restaurantes, mudam diariamente e muitas vezes são elaboradas com ingredientes da estação, um dos motivos que os fazem tem um preço mais em conta.  Por isso não figuram no menu tradicional.

.Plat du jour é o especial (literalmente, “prato do dia” ) e normalmente faz parte do menu/formule.

. À la carte é o cardápio tradicional do restaurante. Se não gostar do menu/formule você pode pedir à la carte.

Um pichet

Um pichet

. Carte des vins é a carta de vinhos e nela as opções podem ser: pedir uma garrafa, pedir uma taça, pedir meia garrafa ou pedir um pichet (pronuncia-se pichê). O pichet é uma meia garrafa de vinho da casa servido em um jarro.

. Menu degustacion é um menu com pequenas porções de vários pratos escolhidos pelo chef. Geralmente este menu apresenta suas especialidades e seu repertório.

A refeição francesa pode seguir um longo ritual que se organiza da seguinte forma:

. apéritif – coquetel , bebida antes da refeição (pago a parte);

Amuse bouche

Amuse bouche

. amuse-bouche ou amuse-gueule – um entradinha de apenas uma ou duas mordidas (às vezes oferecido pelo restaurante);

. entrée  – entrada que pode ser fria ou quente. Dependendo do menu, temos mais de uma entrada geralmente uma fria e uma quente.

. le plat – o prato principal. Algumas vezes temos dois pratos principais com peixe e carne;

. fromage – queijo, às vezes servido com uma geleia, frutas frescas ou mel;

. desert – sobremesa;

. café (com gourmandises et/ou petit fours) – nos restaurantes mais chiques o café vem acompanhado de doces e biscoitos;

. digestif – bebida depois do jantar, paga à parte;

Café gourmand

Café gourmand

. café gourmand: é uma opção de sobremesa “a la Carte” que oferece um café com 3 mini sobremesas. Não se  trata de gourmandises ou petit four e sim de porções miniaturas de sobremesas que existem no menu. Excelente pedida para os indecisos.

. une carafe d’eau (se pronuncia: une carafe dô): uma garrafa de água. Em todos os restaurantes, dos mais simples aos mais chiques, você pode pedir uma garrafa de água grátis. É torneira, mas é perfeitamente potável.

. boteille d’eau (une botei dô): aí sim, uma garrafa de água mineral, plate (pláte) sem  gás ou avec gaz, com gás;

O valor de 10% do serviço já esta sempre embutido na conta, não é  necessário acrescentar. É claro que se você quiser deixar uma caixinha maior fica a sua critério, mas não precisa ser 10% do valor e não é obrigatório.

Conheça o roteiro gastronômico em Paris da Karen. Clique aqui.A Karen possui um excelente blog que se chama Eu Como Sim.

Veja Também

Quanto um turista gasta por dia em Paris?

Domingo dia 30 de março passamos para horário de verão

Margens do Sena: patrimônio mundial da Unesco

Últimos pitacos (3/16), ver todos os comentários
  • "Karen: Merci, madame!!! Sou fã dos seus artig ..."

    Maurício Christovão
  • "Dicas maravilhosas. É uma dificuldade lidar c ..."

    Kariny
  • "Adriana você esta certíssima é Dessert e não ..."

    Karen Goldman
Deixe seu pitaco

Quanto um turista gasta por dia em Paris?

Por Rodrigo Lavalle, concierge dos leitores do Conexão Paris.

Muitos leitores do Conexão Paris nos perguntam quanto eles gastarão por dia com o básico de transporte, alimentação e museus. Essa pergunta não possui uma resposta precisa pois depende do estilo de vida e do que cada um prioriza em uma viagem. Conheço turistas que conseguem fruir a cidade com 50€ por dia e outros que precisam de muito, muito mais. Especialmente em Paris, onde a alta gastronomia está tão vinculada a experiência de viver a cidade e onde quase não existem museus gratuitos, os gastos diários podem ser bem elevados.

Restaurante na Passagem Panorama

Restaurante na Passagem Panorama

Fizemos uma média dos preços dos itens mais importantes:

. Café da manhã: 9€

. Cafezinho em pé no balcão: 1,00€

. Cafezinho sentado na terrace: 2,40€ – (Desabafo: já paguei 5€ por um cafezinho no Café de Flore, até hoje não consegui superar esse fato!)

. Taça de vinho: 3,50€

. Chope: 250ml (chamado de demi), 3,50€; 500ml (chamado de pinte), 6,50€

. Coquetel: 10€

. Baguette comum: 1,00€ - (onde comprar as melhores baguettes de Paris: Onde e como comprar ótimas baguettes em Paris)

. Baguette tradition (mais rústica e saborosa que a comum): 1,15€

. Sanduíche de baguette nas boulangeries: 4,50€ – (os melhores e mais simples sanduíches de Paris: Paris, almoço simples, barato e sublime)

. Menu do McDonalds: 7,00€

. Croissant: 1,00€ – (onde encontrar os melhores croissants de Paris: Os melhores croissants de Paris)

. Macaron: ”de marca” (Ladurée, Pierre Hermé, etc), 2,50€, nas boulangeries, 1,00€

. Almoço rápido (uma quiche com uma saladinha): 9€

. Almoço formule (‘entrada e prato’ ou ‘prato e sobremesa’): 15€ - (dica de almoço baratíssimo: Refeição por 6 euros em Paris, com entrada, prato principal e sobremesa)

. Jantar (‘entrada, prato e sobremesa’): 35€ - (dica de um bom restaurante para o jantar: Restaurante Regalade Conservatoire)

. Ingressos para museus e monumentos: 10€

. Ticket metrô/ônibus: 1,70€

. Ônibus Roissybus do aeroporto Charles de Gaulle até Paris: 10,50€

. Ônibus Orlybus do aeroporto de Orly até Paris: 7,50€

. Corrida de táxi dentro de Paris: 15€

Importante salientar que esses preços variam de acordo com a região ou o arrondissement.

Leia a proposta de conciergerie do Rodrigo clicando aqui. Ele realiza todos os seus sonhos (e resolve todos seus problemas) em Paris.

Veja Também

Como pedir nos restaurantes em Paris? Saiba ler um cardápio francês

Domingo dia 30 de março passamos para horário de verão

Margens do Sena: patrimônio mundial da Unesco

Últimos pitacos (3/37), ver todos os comentários
  • "Comprar a a água mineral nos mercados é uma d ..."

    Maurício Christovão
  • "Excelente post. E realmente estranhei muito o ..."

    Kariny
  • "Oi Rodrigo, excelente blog. Nós ajuda muito ..."

    Suzana
Deixe seu pitaco

Classificação das boates parisienses

Sigo um excelente blog francês que se chama Merci Alfred. Seus artigos são sempre interessantes e muitas vezes divertidos. Eles acabaram de publicar um retrato das discotecas de Paris. A análise detalhada da noite parisiense foi feita através do banco de dados de um aplicativo chamado chauffeur-privé.com que oferece carros com chofer. Com estes dados […]

Leia mais →

Os caminhos de Montmartre

Vários caminhos levam a Montmartre. Uns conhecidos de todos e outros confidenciais e percorridos pelos parisienses. Anote este circuito que te leva até a basílica do Sacre Coeur passando por uma Montmartre desconhecida dos turistas, preservada e romântica. Pegue o metro e desça na estação Larmarck Caulaincourt. Saindo do metrô, suba as escadas até Caulaincourt, […]

Leia mais →

Café Kitsuné no Palais Royal

Kitsuné é uma estrutura reunindo música, moda e design e surgiu do encontro de Gildas Loaëc – ex manager do grupo Daft Punk – e de Masaya Kuroki, arquiteto estilista. No campo da moda eles propõe um luxo cool e moderno com modelos clássicos revistos. Kitsuné é também um café, aliás dois cafés. Um em […]

Leia mais →
3681 posts