O infográfico dessa semana, feito em parceria com a Air France, é em homenagem à Saint Germain, uma das regiões parisienses mais emblemáticas e conhecidas pelos turistas. Saiba um pouco da história da região e conheça suas principais atrações.

A região de Saint Germain, além de super charmosa, encarna o típico way of life intelectual da rive gauche parisiense que faz muito sucesso entre os turistas brasileiros, estadunidenses e japoneses. Não por acaso nossos artigos sobre ela estão entre os mais acessados nesses 10 anos de vida do blog.

Saint Germain, em Paris. Clique aqui para ver o infográfico ampliado.

A região de Saint Germain

Saint Germain fica do lado esquerdo do rio Sena (a rive gauche) e engloba o 6° distrito de Paris e parte do 7°. A região se desenvolveu ao redor da adabia de Saint Germain de Prés, consagrada em 558, e se estende das margens do Sena até o Jardim Luxemburgo.

Saint Germain é tida como a região dos intelectuais, da literatura, da filosofia e da cultura em geral.

Essa fama vem, sobretudo, das várias editoras de livros que se instalaram na região desde o século XIX: Hachette, Éditions du Seuil, Flammarion, Presses de la Cité, Robert Laffont etc. Apesar de muitas delas já terem se mudado para bairros menos caros da capital francesa, a aura intelectual de Saint Germain ainda resiste – nem que seja no imaginário mundial.

A região possui ótimas livrarias como L’Écume des Pages, Chantelivre, Assouline etc. Clique aqui e leia o artigo As nove melhores livrarias de Saint Germain.

A marca do Carré Rive Gauche

Outra importante característica de Saint Germain – e que contribui para aumentar o seu charme – é o grande número de galerias de arte e antiquários que existem na região. Cerca de 110 desses comércios se concentram em uma área (e associação) chamada Carré Rive Gauche. A grosso modo essa área é delimitada pelas ruas des Saints-Péres, de l’Université, du Bac e o quai Voltaire. Lá você vai encontrar móveis antigos e contemporâneos, pintura, escultura, arte do Extremo Oriente, tapete e tapeçaria, prataria, cerâmica, arte africana, livros raros, jóias, cristais, objetos de design e de decoração. Clique aqui e acesse o mapa interativo com o nome e endereço de cada galeria e antiquário.

Onde se hospedar

Apesar de ser uma região turística cara e sofisticada, em Saint Germain não encontramos os grandes e ostentatórios hotéis-palácio que pipocam em outras áreas de Paris como o 1° arrondissement (Le Meurice, Ritz, Crillon) e a região ao redor da avenida Champs Élysées (Plaza Athénée, George V, Peninsula). Aqui os hotéis são discretos e charmosos, mas não menos luxuosos – total reflexo do bairro.

Caso do L’Hotel, o menor 5 estrelas da cidade que nem nome tem, é chamado simplesmente de “O Hotel”.

Clique aqui e veja nossas dicas de hotéis em Saint Germain.


Clique aqui e veja todos os nossos infográficos – eles te ajudarão a planejar sua viagem!


saint germain
Este infográfico foi produzido pelo Conexão Paris em parceria com a Air France. Visite o site da Air France para reservar sua passagem para Paris.