Esse artigo faz parte da série Paris Sem Gastar Muito. Clique aqui para ler todos os posts.

Temos no blog um artigo com a lista dos museus que são gratuitos no 1° domingo de cada mês (veja aqui). Porém existem outros que são gratuitos todos os dias do ano e para todas as pessoas, independente da idade. Esses locais pertencem à cidade de Paris e são administrados pela prefeitura.

Vamos a eles:

  • Musée d’Art Moderne de la Ville de Paris: especializado em arte moderna, fica ao lado do Palais de Tokyo (que não é gratuito). 11 avenue du Président Wilson, 75016 – Métro Iéna, linha 9.
  • Musée Carnavalet: museu lindo dedicado à história de Paris e dos seus habitantes. 23 rue de Sévigné, 75003 – Métro Saint-Paul, linha 1. FECHADO PARA REFORMAS ATÉ 2019.
Jardim interno do Museu Carnavalet (foto: patrick janicek no Flickr)

Jardim interno do Museu Carnavalet (foto: patrick janicek no Flickr)

  • Petit Palaismuseu de Belas Artes de Paris, um dos mais lindos da cidade. Avenue Winston Churchill, 75008 – Métro Champs-Elysées – Clemenceau, linhas 1 ou 13.
a-petit-2

Entrada dourada do Petit Palais

  • Musée Cernuschi: um dos mais antigos museus parisienses, o segundo museu de arte asiática da França e o quinto museu de arte chinesa da Europa. Temos um circuito a pé que passa pela região e inclui o Museu Cernuschi, clique aqui. 7 avenue Velasquez, 75008 – Métro Villiers, linha 2.
  • Maison de Victor Hugo: local onde morou e trabalhou o famoso escritor francês. Hôtel de Rohan-Guéménée – 6 place des Vosges, 75004 – Métro Bastille, linha 1, 5 ou 8.
  • Musée de la Vie Romantique: parcialmente dedicado ao pintor francês de origem holandesa Ary Scheffer e seus contemporâneos. 16 rue Chaptal, 75009 – Métro Pigalle, linhas 2 ou 12.
  • Musée Cognacq Jaÿ: reúne a coleção privada de Ernest Cognacq e Marie Louis Jaÿ, fundadores da loja de departamentos Samaritaine. 8 rue Elzévir, 75003 – Metrô Saint Paul; linha 1.
  • Musée Bourdelle: interamente dedicado à obra do escultor francês Emile-Antoine Bourdelle. 18 rue Antoine Bourdelle, 75015 – Metrô Montparnasse-Bienvenue; linhas 4, 6, 12 e 13.
  • Maison de Balzac: casa onde o escritor francês Honoré de Balzac escreveu algumas de suas obras. 47 rue Raynouard, 75016 – Métro Passy, linha 6.
  • Musée national de la Légion d’honneur et des ordres de chevalerie: dedicado às ordens de cavalaria e de mérito, decorações e medalhas, franceses e estrangeiros. Fica em frente ao Musée d’Orsay. 2, rue de la Légion d’honneur, 75007 – Métro Solférino, linha 12.
  • Atelier Brancusi: o escultor Brancusi deixou como herança a totalidade de seu ateliê parisiense para o estado francês que o reconstituiu na praça do Centro Pompidou. Place Georges Pompidou / Rue Saint Martin, 75004 – Métro Rambuteau, linha 11.
  • Mémorial de la Shoah: mantém viva a memória do genocídio dos judeus na França. 17 rue Geoffroy l’Asnier, 75004 – Métro Saint-Paul, linha 1.

Atenção: somente a coleção permanente dos museus acima são de acesso gratuito. As exposições temporárias que por ventura estejam acontecendo são pagas.


Leia também:


museus gratuitos em parisConheça também nosso guia O Essencial do Museu do Louvre. Escrito pela arte-educadora Patricia Camargo e ideal para quem pretende visitar o Louvre pela primeira vez, este pequeno guia apresenta as principais obras do Louvre e explica a importância de cada uma delas. À venda no site Minha Viagem Paris.