Paris – Lyon: alguns dias em uma das cidades mais bonitas da França

Paris/Lyon – primeira parte

Quando decidimos  fazer um circuito pela Bourgogne, nossa primeira reação foi  incluir Lyon no roteiro. Por que? Lyon é uma das cidades mais bonitas da França  e se encontra somente a 1h30 de carro de Beaune, a capital do vinho da Borgonha.

Aproveitamos então a nossa estadia na, talvez, mais famosa região vinícola da França para rever a fascinante Lyon, cidade com quatro bairros inscritos no patrimônio mundial da Unesco.

Situada entre a França do norte e a do sul, entre o leste e o oeste europeu, Lyon sempre foi local de passagem obrigatória desde a época romana.

Lyon

Lyon

Lyon possui um extraordinário patrimônio arquitetural composto de vestígios do Império Romano, de edificações que datam da época em que se tornou uma grande cidade medieval, de um belíssimo bairro testemunha da época em que a cidade foi o centro financeiro do renascimento e a Lyon atual, cujo exemplo mais interessante é a região chamada Confluence.

Ficamos três dias em Lyon e no final da estadia já tínhamos em mente o que gostaríamos de ver na próxima vez.

Mapa de Lyon, Google Maps

Mapa de Lyon, Google Maps

Para entender Lyon abra o google e estude o mapa da cidade (clique aqui). Uma pequena área concentra a região turística.

Paris possui o Sena, mas Lyon é cortada por dois rios: Saône e Rhône. Entre os dois existe uma “quase ilha”, Presq’île,  um dos bairros a serem visitados. À esquerda, uma colina denominada Fourvière e, entre o rio e a colina, a região chamada Antigo Lyon – Vieux Lyon.

Vieux Lyon

Vieux Lyon e no fundo, Fourvière

Para uma estadia de três dias, sugerimos que conheça a Presq’île, Fourvière e Vieux Lyon. Se der, visite também o sul da Presq’île, chamada Confluence para ter uma visão da Lyon contemporânea, a cidade que se prepara para o futuro.

Imóvel iluminado na Presq'île

Imóvel iluminado na Presq’île

Na nossa opinião, a Presq’île é o bairro ideal para se hospedar. Elegante, com excelente comércio, bons restaurantes, central e com fácil acesso a pé ou de tramway para as outras áreas a serem visitadas. Do centro da Presq’île fomos a pé para o Vieux Lyon e, em seguida, subimos as escadarias até Fourvière e sua basílica Notre Dame de Fourvière. E no último dia pegamos metro e tramway para conhecermos Confluence.

Na primeira manhã fizemos um citytour com os ônibus de turismo. É um programa para turista sim, sabemos disto. Mas este tour nos permitiu traçar os contornos da cidade e marcar os lugares onde voltamos com calma.

O que ver  na Presq’île

Opera de Lyon

Opera de Lyon

Comece o circuito na maravilhosa Opera de Lyon, realizada pelo arquiteto francês Jean Nouvel. Uma surpreendente associação entre arquitetura clássica e contemporânea. A mistura entre a fachada do século 19 e o topo em estrutura metálica e vidro, típica do final do século 20, confere ao monumento um aspecto peculiar.

Praça Terreaux

Praça Terreaux

Em seguida pegue a rue Joseph Serlin até a praça Terreaux. Ela foi redefinida pelo artista francês Daniel Buren e a escultura localizada no seu centro merece ser admirada. Amigos nos aconselharam a visita da Escola de Belas Artes que aí se encontra. Mas preferimos seguir nossa caminhada. Uma outra vez.

Pintura mural Les Lyonnais

Pintura mural Les Lyonnais

De lá siga até as margens do rio Saône, Quai Saint Vincent esquina com rue de la Martinière, para ver as pinturas murais de Lyon. Hoje elas fazem parte do seu patrimônio cultural. Esta se chama Fresques de Lyonnais e nas paredes encontramos a representação de todos os lyonnais famosos.

Chef Bocuse

Chef Bocuse

Entre eles, Bocuse, o grande chef de cozinha.

Pintura mural: A Biblioteca da Cidade

Pintura mural: A Biblioteca da Cidade

Continue ao longo do rio até a rua Platière esquina com quai de la Pécheriee. Desta vez, estará em frente da  pintura mural chamada Biblioteca da Cidade.

Gostei de conhecer estas fresques murales, como são chamadas. Já tínhamos feito referência à esta prática cultural, clique aqui para ler o artigo.

Volte até a Opera e pegue a rue Republique que se transforma, durante um trecho, em espaço pedestre. Durante o trajeto, bela arquitetura clássica, semelhante a haussmanniana parisiense, e belas lojas de grandes marcas.

Árvore de flores

Árvore de flores

Siga Republica até a praça Antonin Poncet onde se encontra a obra de arte Arbre à fleurs do artista Jeong-Hwa Choi. Meu primeiro olhar foi reprobatório. No segundo, já estava me divertindo com esta obra kitch que detona o ambiente.

Na próxima semana, publicaremos o segundo artigo sobre Lyon.

A Air France oferece aos seus passageiros voos partindo de Sao Paulo, Rio de Janeiro e Brasília direto para Paris e, de lá, 5 voos diários entre Paris – Charles de Gaulle e Lyon, e outros 2 voos dirários entre Paris – Orly e Lyon.
A tarifa da Air France,  do Brasil para Lyon,  está a partir de US$ 1.183 para viagens até 08/12/13 e entre 23/01 e 18/06/14.

Obs.: os posts sobre Lyon são produzidos pelo Conexão Paris e patrocinados pela Air France.

Publicidade

O conteúdo deste post foi decidido pela equipe editorial do Conexão Paris, tendo como critério a relevância do assunto para nossos leitores, não havendo nenhum vínculo comercial com qualquer empresa ou serviço citado no texto. Não recebemos qualquer tipo de remuneração pela escrita e publicação deste texto. Conheça a política de remuneração do Conexão Paris.

39 pitacos, participe desta conversa

  1. Willians disse:

    Olá Rodrigo/Lina. Excelente sua página! Quero ver se consigo uma ajudinha rs. Em fevereiro ficarei 3 noites em Lyon, aí queria saber o seria uma boa fazer nessa época à noite. Obrigado!

  2. Leonardo Abdo disse:

    Olá Rodrigo/Lina, o que vcs sabem sobre a ouigo? Estou fazendo umas pesquisas de trem para uma viagem que farei em janeiro de 2015 pelo interior da França no site raileurope, mas os valores estão bem mais caros do que na Ouigo. Vcs podem me ajudar?
    Abraços

  3. Clauapitz disse:

    Ah,o CP sempre me ajudando quando mais preciso! Desde a nossa primeira vez em Paris até agora …mês que vem o filho mais velho parte para Lyon onde vai ficar por um ano e eu,claro,vou aproveitar para fazer uma visitinha já em setembro.Vou ler todas as dicas

  4. Renata disse:

    E nao podem deixar de visitar o restaurante do Bocuse! É um piuquinho afastado, mas é uma experiência única.

  5. Ina Melo disse:

    Passei duas semanas nessa linda cidade. Um dia ainda espero voltar.

  6. Rejane Canhamello disse:

    Ah…. Vou visitar essa linda cidade em Dezembro, depois conto pra vcs como foi a minha aventura.

  7. Alexsandra Brito disse:

    amei os franceses que fora na minha escola hoje,muitos simpaticos

  8. Alexsandra Brito disse:

    eu queria muito ir pra lyon,mais n tem como porque sou de menor,e não tenho dinheiro,conhece hoje alguns franceses hoje na minha escola,ah moro no Ceará,então só vou poder quando eu tiver de maior e tiver dinheiro!!

  9. Luis disse:

    Estamos a preparar uma viagem a Lyon, pelo que li o seu artigo sobre a cidade, que me ajudou bastante a efectuar um plano de viagem.
    Muito Obrigado
    Luis
    http://documentaromundo.wordpress.com/

  10. Barbara disse:

    Morei em Lyon por um tempo e recomendo um restaurante que fica um pouco fora desse roteiro, apesar de bem perto da place de terreaux e da rue de la republique. O restaurante situa-se nas costas da igreja St. Nizier e chama-se Le musée. Restaurante minúsculo, um verdadeiro buchon que inclui, no final de cada refeição, uma visita guiada , oferecida pelo próprio dono do local, por um dos traboules da cidade. É sem dúvida o melhor restaurante da cidade

  11. Fabricio Araujo disse:

    Ano passado tive o privilegio de conhecer Lyon. Cidade linda! Em vez de trem fui de onibus e foi uma viagem bem agradavel ( e barata hehehe). Da pra ver melhor a paisagem e o onibus faz algumas paradas bem legais. Lyon tem um parque muito bonito e muito grande que, se nao me engano, tem ate um zoologico com girafas e tudoa mais! Recomendo!

  12. Katia Paz disse:

    Fiz esse roteiro em outubro/2013, saímos de Paris para Lyon de TGV. Cidade muito interessante, tudo isso que está no post e muito mais…. Vale ir, conhecer e curtir!

  13. Jacqueline disse:

    O difícil é deixar Paris por dois dias. Depois das pequenas escapadas que dei na última vez que aí estive, sei quanto se lamenta na partida cada hora fora de Paris, por mais que as viagens tenham sido encantadoras.

  14. Aline disse:

    Dica de trem Paris-Lyon: OUIGUO!! Entre no site ( é só fazer a busca no Google) e faça sua compra! Paris (marne la vallee) a lyon: em torno de 20,00 (trecho) por pessoa, no preço de hoje (25 de janeiro)!!! Vale a pena! Mas leia todas as instruções! Existem algumas taxas que são acrescidas ao preço ofertado (tipo de bagagem, animais, etc), por isso leia atentamente as instruções na hora da compra! Vele muito a pena! Eu sempre uso o OUIGUO e adoro!!! Espero ter ajudado!! ;)

  15. Li Carvalho disse:

    Olá, Aqui estou mais uma vêz a pedir sugesto~es:
    Estamos com vontade, Mesmo! de ir à Paris em setembro, qdo comemoramos 50 anos de casados.
    Quero muito ir até a Provence; porém a região da Borgonha, incluindo Lyon, claro, é tudo de sonhado.
    O que vc me aconselha? Trem ou voos “domésticos”?
    Qual o custo benefício? é mt mais cara a passagem aérea entre Paris e Aix, do que de trem?
    Aguardo em meu email mais sugestões!
    Aurevoir
    Merci

  16. Yara Maranhão disse:

    Amei Lyon !
    Paris é Paris!
    Lyon é Lyon!
    Saudades, Monique !

  17. Maria Lucia Petraglia disse:

    Gostaria de obter mais informações sobre o TGV Paris Lyon.

  18. josé pimentel filho disse:

    Lyon, situada na região de Rhone Savoi, fica próxima de Clery, terra dos meus avós paterno, one estivemos ano passado.Agora pretendo voltar lá este ano , vindo de Munique -Alemanha para Lyon. Posso afirmar , com toda segurança, ser uma região, bem perto dos Alpes francês, lugar mais bonito da França.

  19. lourença muller disse:

    Eu e meu marido vamos passar 10 dias na Europa, não sabemos falar ingles, somente espanhol. Voce acha q conseguimos fazer estas viajens fora de Paris tranquilamente.

  20. […] Lyon, um das cidades mais bonitas da França, onde descrevemos nosso primeiro dia em Lyon com passeio de City Tour para visualizar a cidade e visita da Presq’île. […]

  21. Alexandre Chazan disse:

    Lyon é realmente linda. Tenho a sorte de trabalhar numa empresa Francesa e, por tabela, acabo tendo oportunidade de viajar até seus escritórios em Paris e Lyon. A vista de cima na Fourvière é inesquecível. Sugiro ir ao final do dia para ver a vista anoitecendo e depois já com a noite poder ver as luzes da cidade. Lá no alto tem um restaurante, ao lado da Igreja, todo envidraçado e portanto com uma vista imperdível. Mas tem que chegar cedo pois ele lota fácil, especialmente nas mesas perto da janela, além do mais, o funicullare (metro que vai até lá encima) funciona somente até as 22h. Depois terão que descer à pé até a Velha Lyon.

  22. Renata disse:

    Lyon é o destino da minha lua de mel ano que vem. Adorei o post. aguardo mais informações.
    muito obrigada

  23. Adriana Pessoa disse:

    Rssssss……Adorei Odete R.!!!
    Sim, eu assisti “Vale Tudo”!!

  24. Madá disse:

    Já estive algumas vezes em Lyon. A cidade é mesmo linda e a gastronomia imperdível. Passear na beira do Rhone é muito gostoso, cheio de crianças, bicicletas e um visual lindo. Tive uma refeição bem especial no restaurante do chef Nicolas Le Bec. Pena que fechou ano passado.

  25. Maria das Graças disse:

    Ótimo post. Lyon está na minha lista.

  26. Odete R. disse:

    Eu vou pegar o meu carro, mandar levar para Lion, depois pegar o TGV porque Haute Route, 04 horas de Haute Route acho muito monótono. Daí vou jantar a primeira noite no Castelle, que eu acho divino…e daí e zaz! pra Suiça…. Vou passar uns dias em Gstaad no meu chalé, porque haute saison é bem agradável…

  27. Lili Carvalho disse:

    Planejo voltar à Paris em 2014, entre agosto e setembro, quero mt conhecer o Sul, em particular a Provence, essa região da Bourggne, me interessa e muito conhecer tbm
    Como fazer um roteiro em que dê pra conciliar essa cidades?
    Claro que Paris será o pt de partida e de regresso..
    Dá pra fazer de trem? e qto a hospedagens? não somos jóvens, mas temos bom preparo físico, precisamos de um hotel que tenha um bom banheiro e boa cama,kkk
    Merci

  28. Eduarda Capovilla disse:

    Ah Lyon. Amo e sinto saudades de quando morei ai. Não deixem de ir ao Parc De La Tete D’or, lindo para fazer piqueniques e relaxar. E também experimentar as comidas típicas de Lyon – o quenelle e a Salada Lyonnaise. Delícia! Amo amo amo. Abraços e adoro matar a saudade da França com o blog!

  29. Regina Vasconcelos disse:

    Adoramos Lyon nas duas vezes em que passeamos pela Bourgnogne, sem dúvida uma cidade especial, numa das regiãoes que mais gostamos da França!

  30. jorge fortunato disse:

    Visitei Lyon duas vezes, a primeira em 2002 e depois em 2005. Gosto muito e se fosse escolher um lugar para morar na França, seria Lyon. Tudo calmo, tranquilo, população amável e simpática. E a cozinha maravilhosa.

  31. Marcia Lube disse:

    Já está nos meus planos conhecer Lyon e voltar à região dos vinhos da Bourgogne e da Alsace.
    Este post está muito bom, adorei.

  32. Juliana disse:

    Minha primeira passagem por Lyon foi muito, mas *muito* desagradável. Cismei que a cidade era um saco e pronto. Mas aí você começa a conversar com as pessoas, a ver os guias com mais carinho e pronto – lá fomos nós para Lyon em junho.
    Mesmo com o calor, foi uma experiência maravilhosa e me fez ver como a gente precisa mesmo rever nossos conceitos de vez em quando! Fizemos quase tudo a pé, o que rendeu uma pequena bolha no pé esquerdo mas também muitas fotos e pequenas paradas super agradáveis.
    Para quem gosta de arte, acho que vale a pena conhecer o museu de belas artes da cidade, com uma coleção super eclética e histórica – li uma vez que seria a segunda maior coleção na França, perdendo só para o Louvre. A gente conseguiu ver tudo que queria em apenas uma manhã, então eu não sei se é verdade, mas sei que foi uma manhã muito interessante!
    Quanto ao ônibus do city tour, recorri a um em Budapeste – era o final da viagem de férias de verão, teríamos pouco tempo para conhecer a cidade e já estávamos bem cansados dos quase dez dias de viagem até então. E valeu a pena: apesar do preço, pudemos ver partes da cidade que não teríamos visto se não tivesse sido pelo tour…

  33. MonicaSA disse:

    Sempre desejei muito conhecer Lyon. Este post será de grande ajuda para mim. Que venham os próximos.

Participe e deixe seu comentário

Seu comentário pode demorar alguns minutos para aparecer no blog.