Onde eu não me hospedaria em Paris

A- A+

Paris é formada por 20 distritos, os chamados arrondissements. Em volta de Paris, há uma imensa periferia, formada por centenas de pequenas cidades – algumas lindas e agradáveis, outras difíceis e violentas.

Se hospedar em Paris mesmo (ou seja, em um dos 20 arrondissements da cidade) já é uma vantagem imensa. Não importa em que bairro esteja, você vai sempre estar a no máximo 500 metros de uma estação de metrô.

Sei que às vezes o turista se hospeda fora de Paris, nas cidades que se encontram após o Anel Periférico. Se esta escolha for ditada por questões econômicas, a solução é válida. Neste caso veja se o hotel se encontra perto de uma estação do metrô parisiense. Certas linhas cruzam a fronteira da cidade e vão até as cidades vizinhas.

Mas às vezes, o turista se encontra do outro lado do periférico por falta de informações ou por informações incorretas. Uma regra fácil é verificar o código postal do endereço do hotel. Os CEPs parisienses começam todos com o número 75. Ou seja, 75001 é o primeiro arrondissement; 75002, o segundo e assim por diante, até 20.

Eu não me hospedaria em Montmartre. Bairro romântico com ruelas e escadas, bares, restaurantes e discotecas. Bairro com personalidade forte e interessante. Mas não me hospedaria aí por duas razões. Quem a conhece sabe bem que esta área está afastada de todos os pontos turísticos. Que para pegar metro ou ônibus é necessário subir escadarias e contornar ruelas. Que o metrô Abesses não é fácil com seu elevador lento e sujo.

Quem o conhece sabe também que este bairro atrai uma população boêmia, jovens animados e divertidos mas também grupos sociais complicados. Sobretudo a parte mais turística do bairro, aquela que fica nas proximidades da igreja Sacre-Coeur. O turista brasileiro, já estressado com a violência do Brasil, pode se sentir ameaçado.

Eu evitaria também os limites da cidade. Estes hotéis que estão na divisa entre Paris, o periférico e as cidades vizinhas e que se encontram perto das Portas de Paris: Porte de Clichy, Porte de la Villette etc. Não que a situação seja perigosa, simplesmente porque estes endereços também estão afastados dos centros turísticos e estas regiões não são agradáveis. Estas áreas limítrofes tendem a serem apropriadas por aqueles que foram expulsos do centro. Quando ainda frequentava os escritórios de atendimento aos estrangeiros e fazia fila durante horas para pedir a permissão de residência no solo francês, me encontrava nestes espaços periféricos que escondem o que não deve ser visto.

Acho que com calma e muita pesquisa o turista pode encontrar um hotel mais central por preços equivalentes aos destes hotéis.

A discussão está aberta.

Publicidade


Vai para Paris? Reserve sua passagem no site oficial da Air France - o melhor preço para mais de 900 destinos em todo o mundo.
O conteúdo deste post foi decidido pela equipe editorial do Conexão Paris, tendo como critério a relevância do assunto para nossos leitores, não havendo nenhum vínculo comercial com qualquer empresa ou serviço citado no texto. Não recebemos qualquer tipo de remuneração pela escrita e publicação deste texto. Conheça a política de remuneração do Conexão Paris.

1948 pitacos, participe desta conversa

  1. Ricardo disse:

    Olá Rodrigo, muito bom seu blog, gostaria de uma informação, o que você acha de se hospedar próximo da Gare du Nord? Vamos à Londres depois de Paris de trem e verifiquei que tem hotéis Ibis próximos desta estação mas o bairro não parece ser tão bom.

  2. fernanda disse:

    Boa noite, Rodrigo!
    Achamos um apartamento no airbnb localizado na Rue du Faoubourg no bairro Gare du nord- Gare de lest. O valor está bom. Voce acha uma região ok? Obrigada!

    • Rodrigo Lavalle disse:

      Fernanda, o nome da rua está incompleto mas de qualquer forma essa não a região mais bucólica e bonita de Paris. Estar perto das Gares du Nord e de l’Est é uma vantagem pelo número de linhas de metrô disponíveis e pelos trens para ir aos aeroportos, Disney etc.

  3. Cristina disse:

    Olá, estou indo morar em Paris e vou trabalhar no centro. Qual o bairro que você me indicaria com aluguel não muito caro mas com acesso a metro e menos perigoso? Existe alguma imobiliária boa para me indicar? Obrigada

  4. Jackson disse:

    Olá, ótimo post, pretendo me hospedar no Meliá Paris La Défense, perto do “novo” arco do trinfo, é uma região boa para se ficar? vi que tem estação do metro próximo.

    • Rodrigo Lavalle disse:

      Jackson, é uma região afastada do centro turístico de Paris. Você terá sempre que se deslocar de metrô, no seu caso a linha 1. Essa linha é a linha “turística” pois ela passa por vários pontos turísticos da cidade.

  5. Marcelo disse:

    Olá, Rodrigo!
    Obrigado mais uma vez. Dos três indicados, que são ótimos, somente um está disponível. Este, pela época, está com um valor mais expansivo. Se tiver mais algumas sugestões, te agradeço! Abs.

  6. Marcelo R Arlotti disse:

    Olá, Rodrigo!
    Primeiramente, parabéns pela página e pelas dicas e conhecimentos sempre valiosos.

    Estamos entre esses dois hotéis:
    Résidence Du Pré e Metropol. O primeiro situado em 15 Rue Pierre Sémard Paris Paris 0800-761-0770 e o segundo, 98 Rue De Maubeuge Paris Paris 0800-761-0770.

    Gostaria de saber qual deles possui melhor localização em termos de mobilidade e segurança.

    E se você tem uma lista de hotéis que recomenda num bom valor para o período entre 11 a 19 de setembro de 2016.

    Obrigado pela atenção e sucesso sempre!

  7. Joyce disse:

    Olá. Irei para Paris em novembro e, ao fazer uma pesquisa dos hotéis na cidade, gostei do hotel France Albion, que fica entre as estações Saint-George e Notre Dame de Lorette.
    Gostaria de saber se essa área é perigosa ou se tem algum inconveniente para turistas.

  8. Andressa disse:

    Oi Rodrigo, dê-me uma dica sobre ficar em qual dos dois endereços, vamos somente eu e meu marido em outubro:
    Studio Eiffel Tower Invalides 5 Rue Pierre Villey, 7º arr., 75007 Paris, França Ou
    Austins Arts et Metiers Hotel 6 Rue Montgolfier, 3º arr., 75003 Paris, França

    Abraços

  9. Gabriella disse:

    Olá, estou planejando um mochilão com algumas amigas para o ano que vem e estou pretendo alugar algum apartamento pelo Airbnb. Encontrei um que seria o ideal para a gente mas não sei se a localização seria a ideal também, ele se localiza em La Chapelle, você acha que é um bom bairro?
    Ah e se não for incomodo, você poderia indicar hostels bons em Paris ou algum bairro não tão caro mas que seria o ideal para turistar bastante em 4 dias?
    Obrigada, beijos

  10. Murilo disse:

    Bom dia Rodrigo.
    Estamos indo em Novembro para Paris. Estou em dúvida entre dois hoteis. Um é o Ibis Paris Grands Boulevards Opera 9th e o outro é o Timhotel Opera Blanche Fontaine. O que você acha dessas duas opções? Um abraço e parabéns pelo blog.

  11. Rodrigo Lavalle disse:

    Nívea, no geral o 8ème é uma área nobre e segura. Onde exatamente fica o hotel?

Próximos 20 comentários Aguarde, carregando novos comentários

Participe e deixe seu comentário

Seu comentário pode demorar alguns minutos para aparecer no blog.