Onde eu não me hospedaria em Paris

Paris é formada por 20 distritos, os chamados arrondissements. Em volta de Paris, há uma imensa periferia, formada por centenas de pequenas cidades – algumas lindas e agradáveis, outras difíceis e violentas.

Se hospedar em Paris mesmo (ou seja, em um dos 20 arrondissements da cidade) já é uma vantagem imensa. Não importa em que bairro esteja, você vai sempre estar a no máximo 500 metros de uma estação de metrô.

Sei que às vezes o turista se hospeda fora de Paris, nas cidades que se encontram após o Anel Periférico. Se esta escolha for ditada por questões econômicas, a solução é válida. Neste caso veja se o hotel se encontra perto de uma estação do metrô parisiense. Certas linhas cruzam a fronteira da cidade e vão até as cidades vizinhas.

Mas às vezes, o turista se encontra do outro lado do periférico por falta de informações ou por informações incorretas. Uma regra fácil é verificar o código postal do endereço do hotel. Os CEPs parisienses começam todos com o número 75. Ou seja, 75001 é o primeiro arrondissement; 75002, o segundo e assim por diante, até 20.

Eu não me hospedaria em Montmartre. Bairro romântico com ruelas e escadas, bares, restaurantes e discotecas. Bairro com personalidade forte e interessante. Mas não me hospedaria aí por duas razões. Quem a conhece sabe bem que esta área está afastada de todos os pontos turísticos. Que para pegar metro ou ônibus é necessário subir escadarias e contornar ruelas. Que o metrô Abesses não é fácil com seu elevador lento e sujo.

Quem o conhece sabe também que este bairro atrai uma população boêmia, jovens animados e divertidos mas também grupos sociais complicados. Sobretudo a parte mais turística do bairro, aquela que fica nas proximidades da igreja Sacre-Coeur. O turista brasileiro, já estressado com a violência do Brasil, pode se sentir ameaçado.

Eu evitaria também os limites da cidade. Estes hotéis que estão na divisa entre Paris, o periférico e as cidades vizinhas e que se encontram perto das Portas de Paris: Porte de Clichy, Porte de la Villette etc. Não que a situação seja perigosa, simplesmente porque estes endereços também estão afastados dos centros turísticos e estas regiões não são agradáveis. Estas áreas limítrofes tendem a serem apropriadas por aqueles que foram expulsos do centro. Quando ainda frequentava os escritórios de atendimento aos estrangeiros e fazia fila durante horas para pedir a permissão de residência no solo francês, me encontrava nestes espaços periféricos que escondem o que não deve ser visto.

Acho que com calma e muita pesquisa o turista pode encontrar um hotel mais central por preços equivalentes aos destes hotéis.

A discussão está aberta.

Publicidade

O conteúdo deste post foi decidido pela equipe editorial do Conexão Paris, tendo como critério a relevância do assunto para nossos leitores, não havendo nenhum vínculo comercial com qualquer empresa ou serviço citado no texto. Não recebemos qualquer tipo de remuneração pela escrita e publicação deste texto. Conheça a política de remuneração do Conexão Paris.

1709 pitacos, participe desta conversa

  1. Marmara disse:

    Oi Rodrigo! Incrível seu site!!! Vou aproveitar muito :)
    Estou vendo ap para passar 4 dias em Paris agora em setembro e como a viagem foi marcada em cima da hora, estamos com poucas opções disponíveis ( e os hotéis estão carésimos).
    Achei um ap bacana próximo (na própria rua) a estação Porte de la Chapelle (linha 12). O que vc diria sobre essa localização? Sei que é afastada mas pretendemos passar o dia na rua, voltando ao hotel apenas para dormir.

    Se tiver sugestões de lugares mais “em conta”que valham a pena, por favor, serão muito bem vindas!

    Muito obrigada :)

  2. Ed! disse:

    Rodrigo, O que acha da Rue de Charenton, próximo a estação Dugommier. Pode-se andar a pé a qq hora?
    Obrigado.

    • Rodrigo Lavalle disse:

      Ed, a região fica longe do centro turístico da cidade. Você terá sempre que usar o transporte público para se deslcoar. É uma região segura.
      Abraços.

  3. Brenda disse:

    Rodrigo, vou ficar no Holiday Inn Opera e eu e meu marido adoramos desbravar as cidades a pe. O que eu consign fazer a pe saindo dessa localizacao? Desde ja obrigada!

    • Rodrigo Lavalle disse:

      Brenda, andando para o norte vocês chegam a Montmartre (30 minutos de caminhada). Indo para o sul vocês chegam ao Louvre e ao Sena (20 minutos de caminhada). A partir daí é possível caminhar até o Arco do Triunfo, região do Marais, etc. Além disso vocês estarão bem próximos da região da Opéra. Sugiro que você se localize no google maps.
      Abraços.

  4. Elizabeth disse:

    Obrigada mais uma vez Rodrigo.

  5. Celia C, Santos disse:

    Pois eu fiqueri me Montmatre e adorei. Da estação do Metro Pigalle bem em frente ao Moulin Rouge fica a apenas 8 minutos da Eiffel.

  6. Elizabeth disse:

    Obrigada Rodrigo , vcs do CP sempre atenciosos e prestativos em nos responder.
    Mais uma orientação: eu e meu marido já não somos mais jovens(66 e 77 anos) e estou preocupada com o percurso CDG-Hotel que fica na Rue Chaligny perto da estação de metro Reully Diderot. Vc acha que se tomarmos o ônibus da Air France , descermos na Gare de Lyon e pegarmos o metro teremos alguma dificuldade?Ou há outra opção melhor?O RER para na Gare du Lyon?
    Mais uma vez obrigada.

    • Rodrigo Lavalle disse:

      Elizabeth, pegue o ônibus da Air France linha 4 até a Gare de Lyon e depois andem até o hotel. São cerca de 10 minutos de caminhada, praticamente em linha reta.
      Abraços.

  7. Cynthia disse:

    Boa noite!
    Selecionei 2 hotéis Íbis e gostaria de saber qual vocês recomendam: um deles fica na 12, rue Louis Blanc (Canal Saint Martin) e o outro na 122, rue La Fayette.
    Muito obrigada pela indicação!

  8. Elizabeth disse:

    Boa tarde
    Leio diariamente o site e sempre aproveito as indicações , já comprei 3 livros que muito me ajudam nas viagens a Paris. Estou indo novamente em setembro e desta vez ficarei no Citadines Bastille Gare de Lyon ,14-18 Rue de Chaligny. O que vc acha da localização.
    Obrigada e um abraço

  9. Juliana disse:

    Olá Rodrigo tudo bem?
    Vou fazer um intercâmbio em Paris e escolhi ficar em casa de família e por isso não tenho controle sobre a localização. Acabo de receber a info de que vou ficar na 1 rue du Chemin Vert,
    ROMAINVILLE, 93230, você conhece esse lugar? Poderia me dar uma opinião?

    Obrigada!

  10. Milena Fraga disse:

    Olá Rodrigo, tudo bem?
    Poderia passar informações se no Lá Defense é muito ruim? O bairro de Courbevoie. Obrigada!

    • Rodrigo Lavalle disse:

      Milena, na verdade Courbevoie é uma outra cidade “colada” em Paris. Não a conheço mas acho afastado do centro turístico de Paris.
      Abraços.

  11. Tânia disse:

    Oi, qual Hotel você indicaria em Saint Germain, (6 arrondissement) perto de metrô e de mercados?

  12. Rodrigo Lavalle disse:

    Maria Regina, o Quartier Latin é mais bucólico e tradicional, o Marais é mais cool e fashion. Os dois são simpáticos, centrais e seguros.
    Abraços.

Próximos 20 comentários Aguarde, carregando novos comentários

Participe e deixe seu comentário

Seu comentário pode demorar alguns minutos para aparecer no blog.