Lyon é uma das cidades mais bonitas da França. É também o centro gastronômico francês. E está localizada no centro do país, a 2 horas de Paris (de trem), 1h30 da Borgonha, 1 hora de Genebra, na Suíça. Se você já conhece Paris, inclua Lyon em sua próxima viagem e não vai se arrepender.

Lyon possui um extraordinário patrimônio arquitetural composto de vestígios do Império Romano, de edificações que datam da época em que se tornou uma grande cidade medieval, de um belíssimo bairro testemunha da época em que foi o centro financeiro do renascimento. O resultado são quatro bairros inscritos como patrimônio mundial da Unesco.

Além da beleza arquitetural, a cidade, que se auto-proclamou capital mundial da gastronomia, é de fato uma perdição gastronômica. Dos mercados aos bouchons, nome dado aos pequenos (e maravilhosos) restaurantes que servem comida típica da região, Lyon definitivamente não é um destino para quem está de dieta ou abstêmios. Afinal, aqui pertinho, se encontram duas das principais regiões vinículas da França: Beaujolais e Côtes du Rhône.

Lyon, na França

Lyon, uma das cidades mais bonitas e interessantes da França. Foto de Sandrine Néel no Flickr

Situada entre a França do norte e a do sul, entre o leste e o oeste europeu, Lyon sempre foi local de passagem obrigatória, desde a época romana.

Recomendo que você passe pelo menos três dias na cidade para que possa conhecer as três regiões maios bonitas: a Presq’île, Fourvière Vieux Lyon.

Neste post, vou descrever as principais atrações da Presq’île.

A Presq’île

Assim como Paris é cortada pelo rio Sena, Lyon também é dividida, não por um, mas por dois rios: Saône e Rhône (Ródano, em português). Entre as águas desses dois rios, se encontra a Presqu’île, uma das regiões mais charmosas  e com maior concentração de atrações turísticas.

Curiosidade: Presqu’île significa “quase ilha”. Não se trata de uma ilha de verdade, mas sim de um pedaço de terra que vai afinando até o encontro das águas de ambos os rios.

Vale a pena caminhar sem rumo por essa região, classificada patrimônio da humanidade pela Unesco, que concentra os distritos (arrondissements) número 1, 2 e 4 e que concentra prédios que datam do século 12 até os dias de hoje.

Prédios às margens do Rio Saône, em Lyon. Foto: Shutterstock

Prédios às margens do Rio Saône, em Lyon. Foto: Shutterstock

Na Presqu’île se encontram algumas atrações que merecem ser vistas:

  • A maravilhosa Ópera, construída em 1831 e, cujo projeto de renovação do famoso arquiteto Jean Nouvel, em 1993, ganhou diversos prêmios de arquitetura. Trata-se de uma surpreendente associação entre arquitetura clássica e contemporânea. A mistura entre a fachada do século 19 e o topo em estrutura metálica e vidro, típica do final do século 20, confere ao monumento um aspecto peculiar.
Lyon: Opera_de_Lyon

O imponente prédio da Ópera de Lyon, na Presqu’île. Foto de Pierre Guinoiseau no Flickr

A Place des Terreaux, em Lyon

A Place des Terreaux, em Lyon. Foto de Nico Chapi, no Flickr

  • O Museu de Belas Artes, que ocupa o prédio de um antigo convento de século 17 e cujo acervo reúne obras de Picasso, Matisse, Degas, Van Gogh entre outros.
  • A Place BelleCour que é a maior praça exclusiva para pedestres da Europa.
Lyon, Place Bellecour

A Place Bellecour em Lyon. Foto: Shutterstock

  • No Quai Saint Vincent, esquina com rue de la Martinière, você vai ver as curiosas pinturas murais de Lyon. A pintura abaixo se chama Fresques des Lyonnais – nela, podemos ver  moradores famosos da cidade como o chef-celebridade Paul Bocuse.
Pintura mural em Lyon

Pintura mural em Lyon

Estas pinturas são chamadas fresques murales e fazem parte do seu patrimônio cultural de Lyon (leia mais sobre este prática cultural da cidade aqui).

Se der tempo, visite a região da Confluence, que fica no sul da Presq’île, para ter uma visão da Lyon contemporânea, a cidade que se prepara para o futuro.

Lyon_confluence

Arquitetura contemporânea no bairro da Confluence, em Lyon. Foto de JeanneMenjoulet&Cie no Flickr

Alguns hotéis na Presqu’île

A Presqu’île é o bairro ideal para se hospedar. Elegante, com excelente comércio, bons restaurantes, central e com fácil acesso a pé ou de tramway para as outras áreas a serem visitadas. Abaixo, uma breve seleção:

4 estrelas:

Hotel Carlton – MGallery by Sofitel: localização perfeita, quartos estilosos e inteiramente reformado, o hotel ocupa um edifício de estilo Haussmann construído em 1894.

Lyon_Sofitel

Hotel Carlton Lyon – MGallery by Sofitel, em Lyon

3 estrelas:

O Hotel des Artistes fica na Place des Celestins, uma excelente localização, central e ao mesmo tempo tranquila. Quartos renovados, diárias a partir de 110 euros.

Sala de café da manhã do Hotel des Artistes, em Lyon

Sala de café da manhã do Hotel des Artistes, em Lyon

2 estrelas:

Hotel Vaubecoureste pequeno hotel, com excelente localização e considerado Soberbo pelo usuários do Booking, com nota 9, tem ótimas tarifas, a partir de 80 euros.

Hotel Vaubecour em Lyon

Hotel Vaubecour em Lyon

Como ir de Paris até Lyon?

Existem diversas opções de transporte:

  • Avião: a viagem de avião dura 1 hora. Pela Air France, você pode comprar a passagem direto do Brasil para Lyon, fazendo uma parada grátis em Paris (na ida e/ou na volta). Veja aqui as melhores ofertas da Air France.
  • Trem: a viagem tem 2 horas de duração. Compre sua passagem antecipadamente – clique aqui – para garantir os melhores preços.
  • Ônibus: esta é a opção mais barata, mas também é a mais longa. A viagem tem cerca de 6 horas de duração. Consulte valores e faça a compra da passagem pelo site da empresa de ônibus OuiBus.
  • Carro: a viagem dura cerca de 4h30. Obtenha o orçamento das principais locadoras de carro na França aqui.

Outros post da série sobre Lyon:


MinhaViagemParis1No site Minha Viagem Paris você vai descobrir e reservar passeios incríveis em Paris e no interior da França.