O que é o Quartier Latin em Paris

A- A+

Sorbonne

Sorbonne, Quartier Latin

Post atualizado em 2015

O Quartier Latin não é um bairro de Paris mas uma vasta região que engloba o bairro número 5 e uma parte do 6. Aí temos uma concentração de universidades e de escolas.  Na idade média, o ensino era ministrado em latim, daí o apelido. O ponto central é a Sorbonne, no boulevard Saint Michel. Mas temos também a Universidade Paris VII – onde defendi minha tese de doutorado – a Universidade Paris Assas e a Biblioteca Sainte Geneviève. O bairro conta também com dois dos melhores e mais tradicionais liceus de Paris, Henri IV e Louis Le Grand.

Jardim Luxembourg

Jardim Luxembourg

Do ponto de vista geográfico, o termo Quartier Latin invade uma parte do sexto arrondissement, um dos bairros mais caros e elitistas da cidade. Aqui já estamos em pleno Saint Germain, mas muitas pessoas e publicações consideram que é ainda o Quartier Latin. Em termos de mercado imobiliário, um apartamento em volta do Jardin du Luxembourg, no boulevard Raspail, na rue d’Assas, em Saint Sulpice ou na pequena praça da rue Fürstemberg custa uma fortuna. O comércio desta região é sofisticado, lojas excelentes, hotéis de charme como o famoso L’Hôtel ou o mais simples Millésime Hôtel, um encantador 3 estrelas na rue Jacob.

Jardin des Plantes, Quartier Latin

Jardin des Plantes, Quartier Latin

Ao atravessar o boulevard Saint Michel para entrar no quinto arrondissement, as referências mudam e aí estamos realmente no Quartier Latin: região  mais jovem, mais simples, mais barata e muito simpática. A visita do Panthéon é muito interessante e a rue Mouffetard é divertida (leia aqui). O Jardin des Plantes é uma excelente opção para um programa o dia inteiro com seus museus, seu zoo e seus jardins. No Quartier Latin temos temos muitos hotéis 2 ou 3 estrelas concentrados na rue des Écoles e em torno da rue Monge. Os estudantes encontram nesta área boas opções de restaurantes e baladas. Leia aqui.

Rue de La Huchette

Rue de La Huchette

E é no Quartier Latin que se encontra a turística e engraçada rua La Huchette. Leia aqui.

O apogeu da fama do Quartier Latin foi em torno dos anos 1967/1968 graças à efervescência intelectual e aos movimentos liderados por estudantes que mais tarde ficaram conhecidos como Geração 68. Hoje, ele não é mais o bairro que concentra as grandes novidades, mas continua sendo agradável e um dos destino turísticos do mundo inteiro.

Paris é toda interessante. Os lugares sofisticados e caros são só diferentes dos populares e mais baratos. A Goutte d’Or, o bairro africano de Paris é interessantíssimo e um dos mais inusitados.

Millésime hôtel: 15 rue Jacob 75006 Paris – www.millesimehotel.com

Leia também:

Conheça os apartamentos para alugar no Quartier Latin da À La Parisienne, empresa parceira do Conexão Paris para aluguel de apartamentos em Paris.

Publicidade


Vai para Paris? Reserve sua passagem no site oficial da Air France - o melhor preço para mais de 900 destinos em todo o mundo.
O conteúdo deste post foi decidido pela equipe editorial do Conexão Paris, tendo como critério a relevância do assunto para nossos leitores, não havendo nenhum vínculo comercial com qualquer empresa ou serviço citado no texto. Não recebemos qualquer tipo de remuneração pela escrita e publicação deste texto. Conheça a política de remuneração do Conexão Paris.

246 pitacos, participe desta conversa

  1. Gleiciely disse:

    Olá Rodrigo!

    Estarei indo pra Paris com meu filho (de 3 anos) e meu esposo, porém ainda não definimos onde iremos ficar. Iremos ficar 10 dias e estou em dúvida entre o Novotel Montparnasse Vaugirard (Montparnasse) e o Hotel Excelsior Latin (Quartier Latin). Dentre essas opções qual o melhor para se deslocar até as principais atrações turísticas e que nos seus arredores tenha facilidades (farmácia, supermercados e restaurantes) para quem vai com crianças.

    • Rodrigo Lavalle disse:

      Gleiciely, o Hotel Excelsior Latin é bem mais central que o Novotel Montparnasse Vaugirard. Com relação às facilidades seria igual pois todos os dois ficam a menos de um quarteirão de ruas movimentadas e comerciais.

  2. Iolanda disse:

    o que mais adorei em paris , foi o Ç
    Louvre, com suas maravilhosa obras de acêrvo

  3. Jéssica disse:

    Boa tarde! Eu e meu noivo estamos procurando um hotel em Paris e vimos algumas opções na região do Boulevard Montparnasse, perto do Jardim de Luxemburgo, mas ficamos bem em dúvida porque queremos ficar em algum lugar mais animado, com coisas interessantes para ver nas ruas… Bem nessa linha do Quartier Latam que você comenta.
    O problema é que nossa viagem já é na semana que vem (chegamos em Paris na sexta-feira) e tem poucos hotéis bons com preços mais razoáveis (em torno de R$ 400, 500) mais para “cima” entre Sourbone e o rio Sena…
    Essa região próxima ao Jd. Luxemburgo, só que abaixo dele ainda é boa? Ou já é mais desanimada?

    Ah! E parabéns pelo excelente site!

    • Rodrigo Lavalle disse:

      Jéssica, é um pouco menos animada mas ainda assim há bares e restaurantes principalmente próximo à Tour Montparnasse e a rue de Rennes. Além disso vocês podem frequentar o Quartier Latin e, no final da noite, pegar um Uber até o hotel, o valor da corrida não é alto.

  4. Adriana disse:

    Olá Boa Tarde . Minha Filha fará curso de Francês na Escola Eurocentres que fica – 13 passage Dauphine – Gostaria de saber se essa região faz parte do Quartier Latin e se é bem localizada . Muito Obrigada !

  5. Cláudia Novaes disse:

    Boa noite Rodrigo !
    Parabéns pelo conexão Paris. Ele é fantástico e vocês fazem um trabalho incrível.
    Estou indo em meados de agosto com meu marido, Mãe e uma amiga e vamos ficar na rue Monge, num apartamento alugado.
    A nossa amiga não fala uma palavra em nenhum idioma que não o português e não ficará conosco durante todos os dias. Deverá seguir para o aeroporto sozinha e gostaria de pedir uma dica de como é melhor ela partir de lá para o aeroporto de Orly.
    Em tempo, como é melhor irmos para nosso endereço quando chegarmos em Orly também ?

    Muito obrigada desde já,

    abraços

    Cláudia

  6. Cláudia Novaes disse:

    Boa noite Rodrigo !
    Parabéns pelo conexão Paris. Ele é fantástico e vocês fazem um trabalho incrível.
    Estou indo em meados de agosto com meu marido, Mãe e uma amiga e vamos ficar na rue Monge, num apartamento alugado.
    A nossa amiga não fala uma palavra em nenhum idioma e não ficará conosco durante todos os dias. Deverá seguir para o aeroporto sozinha e gostaria de pedir uma dica de como é melhor ela partir de lá para o aeroporto de Orly.
    Em tempo, como é melhor irmos para nosso endereço quando chegarmos em Orly também ? 🙂

    Muito obrigada desde já,

    abraços

    Cláudia

  7. thais Clara Prado disse:

    Oi tudo bem?
    Sera minha terceira vez em Paris….ficarei no hotel quartier Latin……essa regiao é bem turistica….tem varios restaurantes? Irei c meu marido e filho adolescente.
    Obrigada pela atencao!!

  8. Rosângela disse:

    Paris, só quem a conhece realmente sabe o que é Paris, não tem lugar no mundo mais belo do que Paris, ela nos encanta, nos fascina, nos embriaga, só uma fã incondicional de Paris, já fui duas vezes e irei sempre que tiver oportunidade.

  9. Carla disse:

    Olá Rodrigo!
    Irei à Paris ,em 14/05/2016 , estarei sozinha, ficarei noHotel Modern Saint Germain,o que vc acha do totel e sua lozalização? Pode dar algumas dicas? Ficarei até o dia 19/05.
    Obrigada,
    Carla

  10. Paaulo disse:

    Célio, que bela declaração sobre Paris, escreveste o que gostaria de ter escrito….
    Parabéns…

  11. Celio Viana da Silva disse:

    Ouvindo a bela Je t’aime, relembro os dias que passei em Paris(novembro de 2015), cidade que tem uma marca: ela marcará qualquer um que vá lá. Ô cidade linda! Seus encantos e recantos com suas luzes e atmosfera de indescritível leveza e beleza, seduziram-me profundamente. Ainda bem que tive o privilégio de te conhecer Paris, agora minha amada e minha eterna amante. Se consegui chegar a ti sem antes te conhecer, imagine agora que te conheço um pouquinho só, mas te conheço. Obrigado Paris, por me transportar nessa maravilhosa viagem cultural do pós-moderno ao medieval apenas numa mudança de olhar. Obrigado Paris, por ser um conto de fadas mágico em pleno sec. XXI. Que bom poder agradecer a ti, Paris. Parece que tuas bruxas medievais me enfeitiçaram!

  12. Giselle disse:

    Oi Rodrigo ! O hotel du levant , na rue de L harpe fica no bairro 1 ?? Faz parte do quartier latin ?? Estou perdida !! Obrigada !

  13. Rodrigo Lavalle disse:

    Isabela, o bairro é grande, em algumas ruas há prostituição mas na maioria delas não há. Onde exatamente você vai se hospedar?
    Existem vários ótimos bares e restaurantes na região. Leia os nossos artigos sobre ela: http://www.conexaoparis.com.br/categoria/passear/por-bairro-passear/02-arrondissement.
    Abraços.

Próximos 20 comentários Aguarde, carregando novos comentários

Participe e deixe seu comentário

Seu comentário pode demorar alguns minutos para aparecer no blog.