Receita da emblemática sopa de cebola, prato da gastronomia francesa que pode representar todas as sopas do mundo.

O fundador do movimento Slow Food é um dos adeptos da sopa de cebola. Carlo Petrini considera esta receita boa e justa, totalmente adaptada aos valores do Slow Food criado em 1989. Um dos seus rituais em Paris é pedir uma sopa de cebola no antigo restaurante do Halles, Au Pied de Cochon. Diga-se de passagem, nós também já degustamos esse prato no mesmíssimo restaurante, leia aqui.

Au Pied de Cochon

A sopa de cebola

A sopa de cebola é um prato popular, barato, feito de sobras. Prato que os trabalhadores do Les Halles, o grande mercado alimentar que se encontrava no centro da cidade, devoravam de madrugada, antes da chegada dos clientes. Esta sopa é emblemática de todas as sopas do mundo. Emblemática do conceito mesmo de sopa, que associa caldo de legumes ou de carne à um cereal, no caso, pão velho. Deliciosa reciclagem, o pão seco reencontra uma nova vida dentro do caldo perfumado e quente. Um prato que utiliza sobras, muitas vezes cascas de legumes, pedaços menos nobres das carnes. A sopa de cebola é um modelo de moderação alimentar e de anti-despercídio. Um símbolo democrático: as sopas alimentam tanto os mais necessitados quanto os mais ricos de todos os países.

Sopa de cebola do Castiglione

Nós fazemos parte do clube dos apreciadores da sopa de cebola e já publicamos artigo com dica de onde degustá-la (leia aqui). Aproveitamos este artigo para acrescentar mais um endereço testado recentemente. A sopa de cebola do restaurante Étoile du Nord, da estação ferroviária Gare du Nord, sob o comando do chef Thierry Marx. Quando pegar o trem Eurostar para Londres, chegue duas horas mais cedo e deguste com calma este símbolo da gastronomia francesa.

Para finalizar, passamos para vocês a receita da sopa de cebola de Carlo Petrini.

Ingredientes (para 4 a 6 pessoas)

6 cebolas, 100 gr. de manteiga, uma colher de sopa de farinha de trigo, 2 litros de caldo de carne ou frango, tomilho, 4 folhas de louro, pedaços de baguette velha ou grelhada, 200 gr de queijo ralado, sal, pimenta do reino.

Preparo

Cortar as cebolas descascadas em rodelas finas. Esquentar a manteiga e refogar as cebolas em temperatura média, durante vinte minutos, sem muita coloração. Peneirar a farinha de trigo sobre esta preparação e misturar. Em seguida colocar o caldo, o tomilho e as folhas de louro. Deixar ferver, abaixar a temperatura e deixar cozinhar lentamente 15 minutos. Finalizar com sal e pimenta do reino.

Colocar no fundo das tigelas um ou dois pedaços de pão, encher com a sopa e terminar com o queijo ralado. Gratinar no forno e servir imediatamente.

Movimento Slow Food

O movimento Slow Food combate a invasão da junk food e defende uma visão holística da gastronomia. Inspirado nos chefs dos reis franceses, a Slow Food considera comer um prazer de todas as idades, condições e países.

Endereços citados

. Au Pied de Cochon, aberto 24h, 6 Rue Coquillière, 75001 Paris. Clique aqui para reservar uma mesa no Au Pied de Cochon.

. Le Castiglione, 235 rue Castiglione, 75001 Paris.

. Étoile du Nord, Gare du Nord, rue de Dunkerque, 75010 Paris. Clique aqui para reservar uma mesa no Étoile du Nord.

Artigo inspirado na entrevista publicada no Le Monde (clique aqui).


A Travel Wifi aluga dispositivos portáteis que fornecem conexão wifi e também vende chips para celular que funcionam na França e Europa.

No site Booking você reserva hotéis com segurança e tranquilidade e tem a possibilidade de cancelamento sem cobrança de taxas.

Pesquise horários de trens e preços de passagens e compre a sua com antecedência para garantir os melhores preços.

No site Seguros Promo você compara os preços de várias empresas seguradoras e contrata online o seu seguro de viagem.

Obtenha o orçamento das principais locadoras de carro na França e faça sua reserva para garantir seu carro na Rentcars.

Veja as melhores ofertas de passagens aéreas da Air France.