Essa semana, uma seguidora do Instagram do Conexão Paris deixou um comentário dizendo que Paris é uma cidade tão incrível que até os cemitérios são pontos turísticos. E, realmente, de todas as cidades no mundo nas quais já estivemos, só visitamos o cemitério da Recoleta, em Buenos Aires, e o Père Lachaise, em Paris (quando ainda não morávamos na cidade).

Cemitério Père Lachaise (foto: Paris.fr)

Na verdade, a fama internacional de alguns cemitérios parisienses vem das personalidades históricas, das artes, ciências, política e espetáculos que neles estão sepultadas. Seja por curiosidade ou por devoção, os fãs fazem peregrinações para visitar a última morada terrena de seus ídolos.

Como dissemos aqui, os franceses encaram os cemitérios de uma maneira diferente da nossa. Para eles, os cemitérios de Paris são um mundo fascinante onde se misturam arte e história; são espaços verdes, de tranquilidade e contemplação onde eles se refugiam do caos urbano.

História dos cemitérios parisienses

Durante muito tempo, os parisienses foram enterrados nos cemitérios adjacentes às dezenas de igrejas da cidade. No final do século XVIII, a modernidade impôs o fechamento gradual desses pequenos cemitérios paroquiais superlotados e insalubres, bem como o do grande Cemitério dos Innocentes, localizado no coração da capital, perto do Les Halles.

Os ossários foram transferidos para as catacumbas e três grandes cemitérios foram criados fora dos então limites da cidade: o cemitério do oeste, conhecido como Père-Lachaise, em 1804; o cemitério do sul, chamado de Montparnasse, em 1824; e o cemitério do norte, conhecido como de Montmartre, em 1825.

Cemitério d’Auteuil (foto: Paris.fr)

Em 1860, Paris ampliou seus limites e anexou as comunas periféricas, incluindo os três grandes cemitérios citados acima, bem como os doze cemitérios das aldeias de Belleville, Charonne, Bercy, Auteuil, etc. Outros pequenos cemitérios perto das portes de Paris foram abertos entre 1860 e 1929.

A maioria das pessoas conhece somente o Pére Lachaise. Quem já visitou a cidade algumas vezes, sabe também da existência dos cemitérios de Montmartre e de Montparnasse. Mas, na realidade, atualmente há 14 cemitérios em Paris. Além deles, há outros 6 fora da cidade mas que são administrados pela prefeitura de Paris.

Os cemitérios de Paris e seus ilustres moradores

Começando pelos mais famosos deles:

  • Père Lachaise: o maior cemitério de Paris, com 44 hectares e 70.000 sepulturas, ébtambém o mais famoso e visitado do mundo (cerca de 3 milhões de visitantes por ano). Localizado no 20° arrondissement de Paris (clique aqui e leia nosso artigo sobre a região). Os escritores Honoré de Balzac, Marcel Proust e Oscar Wilde; as cantoras Maria Callas e Edith Piaf; o cantor Jim Morrisson; a bailarina Isadora Duncan e muitos outros. Clique aqui e veja o mapa. 8 boulevard de Ménilmontant, 75020. Metrô Père Lachaise, linhas 2 e 3.

Cemitério de Montparnasse

  • Montparnasse: localizado no 14° arrondissement de Paris, perto da Torre Montparnasse (clique aqui e leia nosso artigo sobre a região) esse é o 2° maior cemitério parisiense. Os escritores Baudelaire, Simone de Beauvoir, Jean Paul Sartre, Marguerite Duras; os artistas, Cesar, Man Ray e Brancusi; o arquiteto Charles Garnier e muitos outros. Clique aqui e veja o mapa. 3 boulevard Edgar-Quinet, 75014. Metrô Raspail, linhas 4 e 6.

Cemitério de Montparnasse

  • Montmartre: localizado no 18° arrondissement de Paris (clique aqui e leia nosso artigo sobre a região), foi construído onde havia uma antiga pedreira da qual era extraído gesso. A ponte Caulaincourt passa por cima do cemitério. O pintor Edgar Degas, a cantora Dalida, o cineasta François Truffaut, o escritor Émile Zola e muitos outros.  Clique aqui e veja o mapa. 20 avenue Rachel, 75018. Metrô Blanche, linha 2.

Os cemitérios menores:

  • Cemitério de Bercy: 329 rue de Charenton, 75012. Metrô Porte de Charenton, linha 8.
  • Cemitério de Grenelle: 74 rue Saint-Charles, 75015. Metrô Lourmel, linha 8.
  • Cemitério de Vaugirard: 320 rue Lecourbe, 75015. Metrô Lourmel, linha 8.
  • Cemitério d’Auteuil: 57 rue Claude Lorrain, 75016, Metrô Exelmans, linha 9.
  • Cemitério de Passy: pertinho do Trocadéro e da Torre Eiffel. 2 Rue du Commandant Schloesing, 75016. Metrô Trocadéro, linhas 6 e 9.
  • Cemitério des Batignolles: 8 rue saint just, 75017, Metrô Porte de Clichy, linha 13.
  • Cemitério Saint-Vincent: 6 rue Lucien Gaulard, 75018. Metrô Lamarck – Caulaincourt, linha 12.
  • Cemitério du Calvaire: 2 rue du Mont-Cenis, 75018. Metrô Abbesses, linha 12.
  • Cemitério de la Villette: 46 rue d’Hautpoul, 75019. Metrô Ourcq, linha 5.
  • Cemitério de Belleville: 40 rue du Télégraphe, 75020. Metrô Télégraphe, linha 11.
  • Cemitério de Charonne: 119 rue de Bagnolet, 75020. Metrô Porte de Bagnolet, linha 3.

cemitérios de Paris

Acesse o site Minha Viagem Paris para descobrir e reservar passeios incríveis em Paris e no interior da França.

 


A Travel Wifi aluga dispositivos portáteis que fornecem conexão wifi e também vende chips para celular que funcionam na França e Europa.

No site Booking você reserva hotéis com segurança e tranquilidade e tem a possibilidade de cancelamento sem cobrança de taxas.

Pesquise horários de trens e preços de passagens e compre a sua com antecedência para garantir os melhores preços.

No site Seguros Promo você compara os preços de várias empresas seguradoras e contrata online o seu seguro de viagem.

Obtenha o orçamento das principais locadoras de carro na França e faça sua reserva para garantir seu carro na Rentcars.

Veja as melhores ofertas de passagens aéreas da Air France.