A praça Marché Saint Honoré é um endereço tipicamente parisiense.

A praça Marché Saint Honoré se encontra escondida entre a rua Saint Honoré e a rua Danielle Casanova. Esta pequena praça está no centro da cidade e a dois passos da famosíssima Colette. Além do mais ela é vizinha da requintada praça Vendôme. Apesar desta localização privilegiada, poucos a conhecem.

Ela não é especialmente bonita, alguns a consideram mesmo desajeitada. Mas nós gostamos do seu ambiente. Aí encontramos uma mistura de passado e presente. De fast food e gastronomia, bares como os de antigamente e concept stores. Gostamos de passear pela praça e seguir pela rua Marché Saint Honoré até o Tuileries.

Praça Marché Saint Honoré

Praça Marché Saint Honoré

O nome da praça data da época em que aí existiu um mercado. Hoje, no seu centro temos um imóvel todo de vidro projeto de Ricardo Bofill. Um peru no pires, diria minha querida mãe. Grande demais para o tamanho da praça. Os pedestres atravessam o prédio por uma galeria larga. Antigamente, aí existiu uma passagem coberta e a galeria atual possui seu nome, Passage des Jacobins.

Em torno da arquitetura contemporânea de Bofill, se sucedem lojas, restaurantes e bares. Alguns excelentes. E, duas vezes por semana, temos também uma feira de rua com produtos alimentares, artesanato e roupas. Detalhe simpático.

Dos inúmeros restaurantes da praça, nós já testamos alguns.

Praça Marché Saint Honoré

Praça Marché Saint Honoré. Bar Très Honoré

. Très Honoré, no térreo uma brasserie confortável e elegante. No subsolo, um bar aberto de segunda a sábado até 2 da manhã. Logo após sua inauguração o testamos e adoramos o ambiente do bar. Leia aqui.

Praça Marché Saint Honoré

Praça Marché Saint Honoré

. L’Absinthe, tradicional restaurante dirigido pela filha do chef francês Michel Rostang. Um bom endereço para provar uma cozinha honesta e saborosa. Este é um dos poucos endereços onde podemos degustar o famoso absinthe proibido durante muitos anos. Leia aqui sobre o restaurante e aqui sobre o absinthe.

. Le Pain Quotidien e Fuxia são duas cadeias indicadas para refeições leves. Fuxia é também um endereço child friendly. Neles pedimos pratos simples, saladas, sanduíches. Leia aqui.

Saindo da praça pela rua Marché Saint Honoré, preste atenção nos dois endereços abaixo.

. Le Rubis, um bistrô/bar como não encontramos mais em Paris. Um endereço que resiste à moda do café lounge. Rubis é um autêntico bistrô/bar do interior da França, com uma boa cave. Gostamos deste endereço para degustar uma taça de vinho acompanhado por embutidos e queijos. Perfeito!

Praça Marché Saint Honoré

Praça Marché Saint Honoré

. Peixaria Écume Saint Honoré. Não vamos sugerir que compre ostras e frutos do mar. Preste atenção e verá que a peixaria é também um espaço degustação. Entre, escolha um lugar, peça um vinho branco e deguste o que te atrair. Tudo é fresquíssimo (leia aqui). Preste atenção na decoração kitsch. Ela faz parte da experiência.

Mais alguns passos em direção ao Tuileries voltamos para a Paris mais conhecida dos turistas. Na esquina com rua Saint Honoré se encontra a loja referência da moda e do design: Colette.

 


capa

O guia do Conexão Paris 5 Roteiros em 4 Dias é ideal tanto para quem está indo pela primeira vez a Paris, quanto para aqueles que já visitaram a cidade e desejam descobrir os segredos dos parisienses. São cinco roteiros exclusivos que podem ser percorridos em, no mínimo, quatro dias. À venda na nossa agência online Minha Viagem Paris, clique aqui.