Diego é um querido amigo parisiense. O nome, ele ganhou da mãe espanhola e a paixão pela música francesa foi construída ao longo da vida entre Paris e a Provence. Convidamos Diego para nos apresentar seus artistas favoritos. Hoje, publicamos o terceiro post. O texto foi escrito em francês. Abaixo, nossa tradução livre.

Por Diego Milatz

No dia 19 de dezembro de 2015, Edith Piaf, apelidada de “a criança Piaf” teria completado 100 anos de idade. Nesta ocasião, me pareceu importante dedicar um post, mesmo que modesto, a ela. Mas o que dizer sobre Piaf que já não tenha sido dito antes? Seu destino extraordinário, sua voz marcante, seu carisma único, sua carreira excepcional e, fato raríssimo na França, sua fama internacional, são praticamente tudo que há para saber sobre a cantora.

Então eu pensei: “E se a gente jogasse o jogo Você sabia que?

1 / FAMÍLIA: Você sabia que:

  • Seu nome foi escolhido em homenagem a uma enfermeira inglesa fuzilada pelos alemães dois meses antes de seu nascimento?
  • Seu pai foi um artista de circo, contorcionista antipodiste (que faz malabarismo de objetos com os pés) e que sua mãe foi uma cantora de rua de origens italiana e marroquina?
  • Seus dois avôs e sua avó materna também foram artistas de circo e que sua avó paterna foi dona de bordel?
  • Ela tinha um irmão três anos mais jovem que viveu até a idade de 79 anos?
  • Sua mãe a abandonou muito jovem e ela foi criada por sua avó paterna em seu bordel no meio de prostitutas que cuidavam dela?

2 / CARREIRA: Você sabia que:

  • Foi acompanhando seu pai em seus espetáculos de rua que Edith Piaf começou a cantar e se descobriu uma voz única?
  • Aos 17 anos ela conheceu seu primeiro amor. Desta união nascerá uma menina chamada Marcelle, que, infelizmente, morreu com a idade de dois anos. Para afogar as mágoas, ela vagueia pelas ruas de Paris, onde ela canta e começa a ganhar a vida sendo descoberta pelo gerente de um cabaré que a contratou e apelidou de “A criança Piaf” por causa de seu pequeno tamanho (1,47m)?
  • Foi cantando nesse cabaré que um produtor a notou, se apaixonou por ela e gravou seu primeiro grande sucesso nacional “Mon Légionnaire”?
  • A partir deste sucesso já não a chamaram mais de “A criança Piaf” mas simplesmente Edith Piaf, que rapidamente se tornou uma estrela e começou a carreira de atriz?
  • Ela foi a origem da carreira artística de Yves Montand e Charles Aznavour?
  • Foi por vontade própria que ela decidiu conquistar o mundo, especialmente os Estados Unidos, e que, com sua paciência, acabou conseguindo?
  • Ela se tornou a melhor amiga de Marlene Dietrich, que foi testemunha em seu primeiro casamento?
  • Sua canção “La vie en rose”, cuja letra ela escreveu, é uma das canções com mais versões “cover” no mundo: Grace Jones, Louis Armstrong, Celine Dion, entre outros, e agora Lady Gaga?
  • Ela escreveu a maioria das letras de suas canções?

3 / VIDA DO AMOR: Você sabia que:

  • Edith Piaf tinha um temperamento apaixonado? Ela se apaixonava muito facilmente. Ela era o que a expressão francesa nascida no século 19 chama de “coração de alcachofra”!
  • Ela teve um caso com Yves Montand e Georges Moustaki, outro famoso cantor francês?
  • Seu maior amor e sua maior paixão foi o boxeador francês Marcel Cerdan, que morreu em um acidente de avião quando ele estava indo encontrá-la em Nova York?
  • Ela nunca se recuperou desta terrível ironia do destino e então escreveu para Marcel a canção “L’Hymne à l’amour”?
  • Em seguida, ela fez várias sessões espíritas com a esperança de se comunicar com o espírito de Marcel Cerdan?
  • Seu último marido, com quem ela se casou um ano e meio antes de sua morte, era 20 anos mais jovem?

Edith Piaf morreu com a idade de 47 anos. Sua vida foi curta, mas intensa. Desgastada pelos excessos, pelo álcool e pela morfina – da qual ela era dependente desde os seus dois acidentes rodoviários sucessivos em 1951 – ela parecia 20 anos mais velha. No fim de sua vida Piaf era também uma mulher machucada e revoltada por não ter conseguido ter uma vida amorosa a altura de sua vida profissional. Ela está enterrada no cemitério de Père Lachaise em Paris.

Ela continua a ser hoje a cantora francesa mais conhecida no mundo e aquela que, sem dúvida, marcou com sua voz excepcional e seu destino trágico, o século 20. Frágil e forte ao mesmo tempo, suas canções são agora parte do patrimônio francês assim como o pequeno vestido preto que ela costumava usar e com o qual ela está para sempre associada.

E você sabia que em Paris há um roteiro chamado “Sur les traces d’Edith Piaf” (Nas pegadas de Edith Piaf), que passa, entre outros locais, pela praça “Edith Piaf”, no 20º arrondissement, onde há uma estátua em sua efígie, ao museu “Edith Piaf”, no 11º distrito, ou pela excelente exposição “PIAF”, que acontece até 25 de agosto de 2015, na Biblioteca Nacional da França. Você encontra todas as informações clicando aqui. [Nota do Conexão Paris: já falamos sobre esse roteiro aqui e sobre a exposição aqui]

Todos devem assitir, se já não o fizeram, “La môme”, o belo e impressionante filme de Oliver Dahan com a incrível Marion Cotillard, premiada com o Oscar de Melhor Atriz em 2008.

Escute a playlist Conexão Paris – Deezer com músicas de Edith Piaf:

Leia também os outros artigos escritos pelo Diego:


A Travel Wifi aluga dispositivos portáteis que fornecem conexão wifi e também vende chips para celular que funcionam na França e Europa.

No site Booking você reserva hotéis com segurança e tranquilidade e tem a possibilidade de cancelamento sem cobrança de taxas.

Pesquise horários de trens e preços de passagens e compre a sua com antecedência para garantir os melhores preços.

No site Seguros Promo você compara os preços de várias empresas seguradoras e contrata online o seu seguro de viagem.

Obtenha o orçamento das principais locadoras de carro na França e faça sua reserva para garantir seu carro na Rentcars.

Veja as melhores ofertas de passagens aéreas da Air France.