por Rodrigo Lavalle

Édith Piaf comemoraria seus 100 anos de idade em 2015. Para festejar essa data e homenagear um dos maiores ícones franceses de todos os tempos, a Bibliothèque Nationale de France (também conhecida como Bibliothèque François Mitterrand) lhe dedica uma grande exposição.

piaf

Édith Piaf

Contando com centenas de documentos, fotos, cartas, cartazes promocionais, discos, trechos de filmes, revistas e objetos pessoais, a exposição retraça o percurso de Piaf de cantora de rua a ídolo/ícone/lenda mundial. O visitante vai descobrir as várias incarnações da artista e os momentos mais importantes da sua vida e carreira. A mostra foi concebida de maneira a preservar o caráter livre, simples, rebelde e menos convencional de Piaf que nasceu na rue de Belleville, no então paupérrimo 20° arrondissement de Paris.

Paralela a essa exposição e como forma de promovê-la, as estações de metrô estão exibindo cartazes com trechos de letras de canções de Piaf. Músicas como L’Hymne à l’amour, Le Métro de Paris, La vie en rose e muitas outras. Essa é uma ação conjunta da Bibliothèque com a RATP – empresa estatal que administra o metrô e os ônibus parisienses.

Leia aqui o artigo do Diego Milatz sobre a vida e obra de Piaf e escute a playlist com músicas da cantora feita por nós.

piaf1

Cartazes no metrô de Paris

A Bibliothèque Nationale de France fica no 13° arrondissement de Paris, um local fora do circuito tradicional dos turistas (veja aqui o vídeo que fizemos sobre o bairro). Para aproveitar o deslocamento até lá sugerimos outros locais a serem visitados na região:

PIAF na Bibliothèque Nationale de France: Quai François Mauriac, 75013. Metrô linha 13, estação Bibliothèque François-Mitterrand. De 14 abril a 23 agosto de 2015; terça a sábado de 10 as 19, domingo de 13 as 19, fechado segundas e feriados. Preço: 9€.