Apesar do aumento da violência nestes últimos dez anos, Paris ainda é uma cidade segura. Veja abaixo algumas dicas e questões sobre a segurança em Paris.

Os problemas com a segurança em Paris se resumem basicamente em roubos de carteiras e bolsas pelos famosos pickpockets e tentativas de extorsão de dinheiro através de golpes, muitos deles ingênuos. Ainda estamos longe de uma realidade de ataques armados e assassinatos em plena rua.

Saber quais são os principais golpes e estar preparado para reagir é a melhor maneira para evitar perda de tempo e dinheiro.

Principais golpes:

Publicamos vários artigos sobre os diversos golpes praticados na cidade: golpe do anel (leiam aqui), da pulseirinha nas escadarias do Sacre Coeur (leiam aqui), do blusão de couro (leiam aqui), da dupla conta do restaurante (leiam aqui).

segurança em paris

Paris, segurança

Já falamos sobre os bandos de jovens mulheres que agem nos locais mais turísticos ou nos meios de transportes. Apesar de terem uma notória preferência pelos turistas asiáticos, elas roubam todos, até parisienses distraídos. São menores do sexo feminino que abordam os turistas e a tática é sempre a mesma: enquanto a primeira faz a abordagem, se aproximam das vítimas simulando um pedido de assinatura, as outras se aproveitam do turista distraído e o roubam. Às vezes, elas extorquem o turista depois que ela assina o tal abaixo-assinado. Ou então roubam nas varandas dos cafés. Elas levam sanduíches, iPhones, bolsas, fritas, o que encontram em cima das mesas.

Se por acaso seu smartphone foi roubado, você deve imediatamente bloqueá-lo para impedir a revenda. Por isso tenha sempre seu número de identificação, o IMEI. Você faz uma declaração de roubo à polícia e em seguida ela será transmitida ao operador que é obrigado, por lei, a bloquear o aparelho. O número IMEI se encontra abaixo da bateria ou na embalagem do smartphone.

Fiquem atentos, também, aos camelôs com suas torres Eiffel penduradas no braço. Antes, eles simplesmente exibiam a mercadoria. Agora, estão com uma abordagem agressiva, na esperança que o turista compre por medo. Eles estão mais seguros de si e mais organizados. Quando percebem a presença dos policiais, se reúnem rápido em grupos de 20 ou mais pessoas e os enfrentam para impedirem o confisco da mercadoria.

Veja o resumo dos conselhos do site da Polícia de Paris.

Na rua:

. cuidado com os bolsos das mochilas, fáceis de serem roubadas dentro dos meios de transporte, use-as sempre voltadas para a frente, assim como as bolsas;

. nunca ande com muito dinheiro nos bolsos e bolsas;

. guarde seus documentos e dinheiro somente nos bolsos internos dos casacos ou nas pochetes usadas por baixo das roupas, nunca nos bolsos externos dos casacos ou nos bolsos de trás das calças;

. não manipule dinheiro na rua;

. se tentarem roubar sua bolsa, não reaja. Você pode se machucar;

. desconfie de todo desconhecido que se aproximar de você oferecendo ajuda, seja na rua, seja nas estações de metrô.

segurança em paris

Paris, segurança

Nos transportes:

. não deixe suas malas sem vigilância;

. bolsas e mochilas voltadas para frente;

. não deixe ninguém passar na catraca colado em você;

. não compre tickets de metrô de estranhos, compre somente nos guichês ou nas máquinas de tickets nas estações de metrô;

. não aceite ajuda para comprar os tickets nas máquinas, se tiver dificuldades vá ate o guichê e peça ajuda ao funcionário, alguns golpistas usam o crachá da empresa parisiense de metrô (a RATP).

Nos restaurantes:

. não deixe sua carteira no casaco que irá para a chapelaria;

. não deixe sua carteira dentro do seu casaco pendurado em uma cadeira;

. não deixe sua bolsa no chão, coloque-a no colo;

. não deixe seu celular ou carteira visível na mesa do café ou restaurante.

Se você for vítima de agressão:

. entre em uma loja ou café o mais próximo e peça para chamar a polícia.

 Se você for roubado:

. vá até a delegacia mais próxima para declarar o roubo.

Clique aqui para ter acesso à lista de delegacias por bairro.

Aos conselhos acima, nós acrescentamos:

. uma turista sozinha deve evitar os vagões vazios do metrô e as estações com longos corredores, tarde da noite. Neste caso, volte para casa de táxi. É o que faço quando saio desacompanhada. Se estou acompanhada, volto normalmente de metrô sem problemas.

. De todas as maneiras, sozinha ou acompanhada, uma astúcia seria entrar no primeiro vagão, logo atrás da cabine do condutor. A presença deste agente é uma garantia de segurança. Qualquer problema ele está logo ali e sabe como reagir.

. Nosso leitor e colaborador Maurício Christovão contribui com as seguintes dicas: “Cuidado é com o seu cartão de crédito e passaporte. Tirem uma cópia do passaporte e ande com ela, deixando o original no cofre do hotel. Tragam os telefones do banco para uso em caso de perda ou roubo do cartão, telefone do seguro saúde e do Consulado Geral do Brasil em Paris, que tem um telefone de plantão para emergências. Vejam no link abaixo: cgparis.itamaraty.gov.br/pt-br

Leia também, nesse link aqui, o relato de uma leitora que foi agredida em Paris.

Observação: este artigo é um resumo atualizado de vários outros publicados desde 2007, ano da inauguração do blog.


A Travel Wifi aluga dispositivos portáteis que fornecem conexão wifi e também vende chips para celular que funcionam na França e Europa.

No site Booking você reserva hotéis com segurança e tranquilidade e tem a possibilidade de cancelamento sem cobrança de taxas.

Pesquise horários de trens e preços de passagens e compre a sua com antecedência para garantir os melhores preços.

No site Seguros Promo você compara os preços de várias empresas seguradoras e contrata online o seu seguro de viagem.

Obtenha o orçamento das principais locadoras de carro na França e faça sua reserva para garantir seu carro na Rentcars.

Veja as melhores ofertas de passagens aéreas da Air France.