O Marais é uma das regiões mais bonitas, charmosas e dinâmicas de Paris. Fizemos um vídeo para mostrar o charme e a diversidade de atrações da região.

Já falamos muito sobre Marais por aqui. Além de ser uma das regiões mais bonitas, charmosas e dinâmicas de Paris, temos uma relação especial com o bairro. Moramos lá por vários anos, bem no meio das agitadas ruas de comércio judeu – rue des Rosiers e rue des Écouffes – que são o coração do Marais. Depois, morei por um ano no Haut Marais, na simpática rue Debelleyme.

Fizemos um breve vídeo para mostrar os principais pontos turísticos (e outros nem tanto, mas igualmente charmosos) da região.Confiram e depois leiam uma breve descrição sobre os locais:

Antes de o bairro se tornar o hype que é hoje, o judeus ocupavam um espaço muito maior com suas padarias, restaurantes, pâtisseries, livrarias etc. Boa parte do comércio judeu ainda está por lá, mas os comerciantes menores cederam espaço às grandes marcas da moda, que aos poucos tomaram conta da região. Mas a cultura judia ainda é forte e faz parte do roteiro turístico – você não pode deixar de comer o famoso sanduíche de falafel na rue des Rosiers, por exemplo.

Para quem ama brechó, o Marais é destino obrigatório. Depois de comer seu falafel, entre no Vintage Désir (32 Rue des Rosiers). Se não ficar satisfeito, vá para Kilo Shop fazer compras a quilo.

Além das lojas e do comércio judeu, o Marais é também a região mais gay de Paris, com centenas de bares, restaurantes, lojas e livrarias com bandeiras de arco-íris na porta. E é ainda a região das galerias de arte. E também de muitos e ótimos bares, cafés, casas de chás e restaurantes (veja aqui e aqui).

É também a Paris histórica, com maior concentração de hôtels particuliers de Paris, as mansões privadas construídas nos séculos 17 e 18. Não deixe de visitar o Museu Carnavalet: além de descobrir a história de Paris, você vai ver por dentro um dos mais bonitos hôtels particuliers da cidade. Passe também diante do Hotel des Sens, que hoje abriga uma biblioteca pública: trata-se de um dos raros exemplos da arquitetura medieval em casas particulares da cidade.

A Maison d’Ourscamp também vale a visita: construída em 1585, a casa, totalmente reformada, é hoje a sede da associação Paris Historique.

O Marais tem ainda alguns dos melhores museus de Paris como o Centre Pompidou, o Picasso.

No meio de tudo isso, muitas praças e jardins. A Place des Vosges é a mais famosa praça da região e uma das mais bonitas de Paris. Já o Jardin Anne Frank é um cantinho escondido onde os moradores da região mantêm um simpático jardim compartilhado – ou seja, plantam comunitariamente verduras e hortaliças.

O Marais tem ainda um incrível comércio gastronômico de rua, principalmente na rue de Bretagne e no Marché des Enfants Rouges, ponto de encontro dos moradores do bairro para o almoço de sábado.

No nosso guia Paris, Cinco Roteiros em Quatro Dias, dedicamos um dia inteiro ao Marais. E esperamos que esse vídeo os inspire a conhecer e a explorar  essa região.

Conheça os apartamentos para alugar no Marais da À La Parisienne, empresa parceira do Conexão Paris para aluguel de apartamentos em Paris.


No site Booking você reserva hotéis com segurança e tranquilidade e tem a possibilidade de cancelamento sem cobrança de taxas.

Pesquise horários de trens e preços de passagens e compre a sua com antecedência para garantir os melhores preços.

No site Seguros Promo você compara os preços de várias empresas seguradoras e contrata online o seu seguro de viagem.

Obtenha o orçamento das principais locadoras de carro na França e faça sua reserva para garantir seu carro na Rentcars.

Veja as melhores ofertas de passagens aéreas da Air France.