O dia estava lindo, um sábado quente e ensolarado. Ideal para uma refeição ao ar livre.Tento primeiro o jardim interno da Maison de l’Amerique Latine. Fechado aos sábados e domingos. Continuo minha procura pelo boulevard Saint Germain e, ao lado da Brasserie Lipp, vejo um terraço novo: Armani Café.


Me instalo. Cadeiras confortáveis, duas cores predominantes: vermelho e marron. Na minha frente, do outro lado da avenida, o famoso Café Flore. À direita, a Igreja de Saint Germain. Ponto perfeito para ver o tempo passar e deixar o olhar distraído.

Uma pequena porção de parmesão foi colocada na mesa. Na minha frente, dois italianos apresentam ao gerente do café uma cerveja artesanal, fabricada nos fundos da casa de um deles.

Meus escalopes à milanesa com espinafre e batatas chegam. Simpáticos.

A vizinha ao lado me pergunta se sou canadense. Não madame, brasileira. Mas parece que os canadenses e os mineiros possuem o mesmo sotaque. Aproveito este segundo de intimidade e tiro fotos da sua entrada: aspargos com ovos quentes e e presunto cru frito. Gostei.

Peço um café com chocolate em pó.

Aprecio as xícaras Illy by Pedro Almodovar.

Pago 39 euros para viver um momento parisiense-germanopratino e festejar o verão que se dignou aparecer.

No último instante a vizinha pergunta: verdade que todas as brasileiras fazem plástica? E eu respondo: se a senhora precisar de um endereço, posso fornecer.

Emporio Armani Caffe: 149 boulevard Saint-Germain, 75006.

Clique aqui para reservar uma mesa no restaurante Emporio Armani Caffe

restaurantesConheça o guia do Conexão Paris Restaurante e Outras Delícias, à venda na nossa lojinha. O guia traz uma seleção  dos melhores restaurantes da cidade, além de queijarias, patisseries, caves, bares etc.