Quando e como visitar Versailles

A- A+

Castelo de Versailles (© Christian Milet)

Castelo de Versailles (© Christian Milet)

A visita de Versailles se divide em três partes. Visita-se o castelo, o Trianon e o Domaine de Marie Antoinette.

1) Visita do Castelo.

Versailles, classificado há mais de 30 anos no Patrimônio Mundial da Humanidade, é uma das mais bonitas realizações das artes francesas do século XVII. A visita do castelo inclui os grandes apartamentos do rei e da rainha, a famosa Galeria dos Espelhos, a Capela Real, a galeria das Batalhas, os apartamentos das Damas e a galeria de História do Castelo.

Quarto da Rainha (© J. M. Manaï)

Quarto da Rainha (© J. M. Manaï)

É a Galeria dos Espelhos, Galerie des Glaces, o momento alto da visita. Louis XIV destruiu seis cômodos dos apartamentos do rei e da rainha para criar esta galeria que deveria imortalizar a glória do soberano.

Galerie des Glaces (© J. M. Manaï)

Galerie des Glaces (© J. M. Manaï)

2) Visita do Grand Trianon.

O Grand Trianon é um conjunto refinado e com proporções elegantes. Trata-se de um pequeno palácio de mármore rosa influenciado pela arquitetura italiana e cercado por belos jardins.

O Grand Trianon (© J.M. Manaï)

O Grand Trianon (© J. M. Manaï)

3) Visita do Domaine Marie Antoinette.

O Domaine reúne o Petit Trianon, os jardins da rainha e o Hameau que seria a réplica de uma pequena fazenda. O Domaine permitiu a Maria Antonieta se afastar da corte e viver em ambiente campestre. O Hameau possui um pequeno lago, casas em estilo rústico, hortas, jardins e diversos animais.

O Petit Trianon (© Christian Milet)

O Petit Trianon (© Christian Milet)

Domaine de Marie Antoinette (© Christian Milet)

Domaine de Marie Antoinette (© Christian Milet)

O trenzinho que circula em Versailles faz a ligação entre o castelo principal e o Trianon.

Versailles, carrinhos elétricos

Versailles, carrinhos elétricos

Mas você pode também alugar um carrinho elétrico para andar dentro do parque. Opção mais confortável. Ele custa 32 euros por hora e é utilizado para conhecer os jardins, o Grand Trianon e o Domaine. O ponto de parada é a Terrasse Nord e é necessário carteira de motorista. Reservas pelo telefone 0139669766.

© Christian Milet-0659 - Copie

Jardins de Versailles (© Christian Milet)

Fonte: Jardins de Versailles (© Christian Milet)

Existem vários tickets, qual deles comprar? (clique aqui para acessar a bilheteria online oficial)

  • O mais caro se chama Le Passeport e com ele você visita Versailles nos mínimos detalhes: o castelo, o Grand Trianon, o Domaine de Marie Antoinette, os espetáculos Grandes Eaux, os Jardins Musicais e as exposições temporárias. Neste ticket está incluído o audioguia. Preço: 18 euros em dias sem espetáculos e 25 euros nos dias de Grandes Eaux Musicales e Jardins Musicaux.
  • Passeport de dois dias é idêntico ao acima e permite descobrir Versailles com calma. Se quiser conhecer tudo e tiver tempo disponível, esta é uma boa opção. Aqui também o audioguia está incluído. Preço: 25 euros e 30 euros nos dias de espetáculos.
  • Billet Château: permite o acesso somente ao castelo e às exposições temporárias. Neste preço está incluído o audioguia. Preço: 15 euros.
  • Billet Château Grand Trianon et Domaine de Marie Antoinette para conhecer o Grand e o Petit Trianon e o Hameau de Maria Antonieta. Preço: 10 euros.

Alguns conselhos para você organizar sua visita

Para conhecer realmente Versailles você precisa de no mínimo um dia inteiro. Mas se não tiver tempo disponível, visite pelo menos o castelo e os jardins próximos.

Versailles, visita nas horas erradas

Versailles, visita nas horas erradas

Se puder dedicar um dia inteiro a Versailles, o percurso ideal, para escapar às multidões, seria visitar os jardins e o parque das 9h até 12h, o castelo Trianon e o Domaine de Marie Antoinette das 12h às 15h. Deixe para o final o interior do Castelo de Versailles. Nos fins de semana e na terça feira, das 10h às 15h, a visita dos Grandes Apartamentos e da Galeria dos Espelhos é desagradável. Você vai se encontrar prisioneiro de uma multidão sem poder recuar, avançar ou fugir. O site do castelo sugere que a visita seja feita após 15h. Se for matinal, outra opção seria visitar o interior antes das 10h. Assim você poderá aproveitar das maravilhas do castelo com tranquilidade.

Versailles, filas

Versailles, filas

E atenção, cuidado com as filas. Logo após a entrada, se não comprou com antecedência seu ticket, você vai enfrentar filas enormes.

Onde comprar o ticket

Horários de funcionamento

O Castelo de Versailles, o Grand Trianon e o Domaine de Marie Antoinette estão fechados nas segundas, dia 1° de janeiro, 1° de maio e 25 de dezembro. O jardim e o parque de Versailles ficam abertos o ano todo.

Como ir de Paris até Versailles

Você tem várias opções: trem (duas opções), RER, ônibus de turismo, ônibus comum e carro com chofer.

  • De trem à partir da estação ferroviária Paris Montparnasse até a estação Versailles Chantiers.
  • De trem à partir da estação Paris Saint Lazare até a estação Versailles Rive Droite.
  • De RER C, com parada em duas estações de Versailles: Versailles Chantiers e Versailles Rive Gauche. Versailles Rive Gauche é a estação mais próxima do castelo. Para descer nesta estação pegue o RER C5. A linha do RER C passa por várias estações em Paris: Saint Michel – Notre Dame, Musée d’Orsay, Invalides, Pont d’Alma, Champs de Mars Tour Eiffel. Veja o mapa do metro de do RER clicando aqui.

Qual escolher? A opção mais confortável é RERC5 para descer em Versailles Rive Gauche. A decisão depende também da região onde você se encontra em Paris. Escolher a opção mais próxima do seu endereço, pode ser interessante. Atenção, certos trens possuem como parada final Versailles, outros outra cidade. Esclareço isto porque você deve verificar se está procurando um trem com destino final Versailles ou Chartres.

Para o RER C mesmo cenário. Dependendo da hora a parada final é Versailles ou Saint Quentin en Yvelines.

  • De ônibus de turismo com a empresa Paris City Vision. Você pega o ônibus confortável e com ar condicionado no centro de Paris (2 rue des Pyramides, 75001) e ele te leva até Versailles. A empresa possui várias opções. A mais barata é visita livre com audioguia por 49 euros por pessoa. O preço inclui o traslado, o bilhete do castelo, o audio-guia. Clique aqui para saber mais detalhes.
  • De ônibus comum. Pegue, primeiro, o metrô, linha 9, direção Pont de Sèvres. Desça no ponto final que é Pont de Sèvres. Neste lugar existem vários pontos de ônibus, procure o ônibus 171 que vai de deixar na frente do castelo, no ponto de parada Versailles Place d’Armes.
  • De carro com chofer brasileiro, com todo conforto e segurança, em passeio semi-privativo. Clique aqui e acesso nosso site Minha Viagem Paris para mais informações.

Concertos e espetáculos no Castelo de Versailles

Versailles oferece, durante o ano todo, um belo programa com concertos, balés, festas, fogos de artifício e outros eventos. Muitos deles acontecem na Opéra Royal de Versailles, uma obra frágil, construída em madeira e com uma programação cultural restrita.

Alguns espetáculos são apresentados em outras dependências do castelo. Aconselho consulta frequente da página da programação cultural no site oficial de Versailles.

Versailles, fogos de artifício

Versailles, fogos de artifício

Um dos programas mais bonitos de Versailles são os fogos de artifício do verão acompanhados por música clássica. Eles acontecem nos jardins do castelo, em torno do Grande Canal. Eles são organizados normalmente em junho e julho. E não se preocupe com a volta, porque o último RER sai da estação Paris Rive Gauche às 23:50.

Os tickets para os fogos variam de preço. O mais caro inclui lugar reservado na arquibancada, estacionamento, CD do espetáculo e taça de champagne. E o mais barato oferece somente um lugar na arquibancada. Para se organizar, saiba que são 20 minutos de caminhada do portão de entrada do castelo até a arquibancada dos fogos.

Gratuidade

Versailles é gratuito nos primeiros domingos dos meses de novembro, dezembro, janeiro, fevereiro e março. A gratuidade inclui a visita dos Grandes Apartamentos e da Galeria dos Espelhos, das exposições temporárias, da Sala do Sacre, da Galeria das Batalhas, do Castelo Trianon e do Domaine da Marie Antoinette.

Versailles é gratuito o ano todo para menores de 18 anos, para menores de 26 anos residentes na União Européia, para pessoas com deficiência física e seus acompanhantes.

Versailles, restaurante Angelina

Versailles, restaurante Angelina

Restaurantes em Versailles

No interior do Castelo podemos almoçar ou fazer lanche rápido no Grand Café d’Orleans, que se encontra no térreo logo após as grades da entrada, e no restaurante e salão de chá Angelina Versailles, situado no primeiro andar.

No parque do Castelo de Versailles encontramos dois restaurantes: o La Flotille e o La Petite Venise. Espalhados pelo parque encontramos kiosques vendendo refeições rápidas, entre elas batatas cozidas acompanhadas com molhos diversos.

No Trianon temos um balcão vendendo os produtos Angelina, sucos de laranja e sorvetes.

Observação: este artigo é um resumo atualizado e revisto de vários artigos que publicamos sobre Versailles desde 2007.

E, nos dias ensolarados, conheça as delícias de um piquenique em Versailles. Clique aqui para saber onde você pode estender uma toalha no parque do castelo.

Publicidade


Vai para Paris? Reserve sua passagem no site oficial da Air France - o melhor preço para mais de 900 destinos em todo o mundo.
O conteúdo deste post foi decidido pela equipe editorial do Conexão Paris, tendo como critério a relevância do assunto para nossos leitores, não havendo nenhum vínculo comercial com qualquer empresa ou serviço citado no texto. Não recebemos qualquer tipo de remuneração pela escrita e publicação deste texto. Conheça a política de remuneração do Conexão Paris.

766 pitacos, participe desta conversa

  1. Polyana Sousa disse:

    Olá, estou indo a Paris agora em setembro com o meu marido e vamos visitar Versailles num quinta-feira. Vamos ficar próxima a estação saint-michel e gostaria de saber se é necessário comprar o ticket de ida e volta antes ou posso deixar para comprar o da volta quando estiver saindo de Versailles mesmo?

    • Rodrigo Lavalle disse:

      Polyana, você pode deixar para comprar o ticket de volta na estação em Versailles mas eu aconselho que você compre na ida. As filas para a compra de tickets na estação em Versailles são enormes.

  2. Neftalí disse:

    Oi Eleazar, concordo com você. Versailles só pra quem fica em Paris mais de uma semana, senão não vale a pena, principalmente na alta temporada, pois é muito cheio. Foi o único lugar que peguei filas gigantescas, em maio. Melhor aproveitar Paris, cidade inesgotável em atrações e belezas.
    Esses famosos “Grandes Eaux Musicales” e “Jardins Musicaux” são apenas estafas para poder cobrar o ingresso adicional para o jardim.
    O palácio e os jardins são lindos, sem dúvida, mas também acho que é um passeio sobrestimado e até dispensável, dentro de todas as belezas da, junto com o Rio de Janeiro, cidade mais linda do mundo.

  3. Eleazar disse:

    Fui a Versailles em 15/07/16. Já tinha comprado ingresso na internet. Enfrentei gigantesca fila para entrar devido à segurança. A visita interna tem de ser feita no mesmo ritmo da multidão – sem delongas e com muitos empurrões. Para comer muita fila, pouca opção, tudo caro! Fui barrado na entrada dos jardins, pois cobram ingresso para crianças com mais de 5 anos!!! Um absurdo! (Reclamações de asiáticos, europeus, americanos e de nós brasileiros!). Sem solução, então vamos a mais uma enorme fila para comprar o dito ingresso faltante. Lá dentro um jardim mal cuidado! Uma ridícula musica nos jardins. Esperava mais. Cobram o passeio de barco! Cobram o pequeno trem! Verdadeiro caça-níquel!! Mas o Petit Trianon até que é bonitinho. Muito melhor é ficar em Paris! Paris vale à pena!!

  4. Cássia Barbosa Soares disse:

    Vou dia 02 ou 03/08, Rodrigo.

    • Rodrigo Lavalle disse:

      Cássia, nesse período o RER C, que liga Paris até Versailles, estará com o trecho dentro de Paris interrompido. Sugiro que você faça os seguinte: na estação Pyramides pegue o metrô linha 14 e vá até a estação Saint Lazare. No térreo pegue o trem comum linha L até a estação Versailles Rive Droite. De lá siga o fluxo de pessoas a pé até o castelo. Essa opção é um pouco mais demorada.

  5. Marco disse:

    Boa noite. Para ir da Louis Blanc até Versailles o que você indicaria, por favor. Obrigado

  6. Cássia Barbosa Soares disse:

    Boa tarde! Estarei em Paris no início de agosto e ficarei hospedada no Hotel Opera Maintenon, 36 Rue Sainte Anne 1 St arr, 75001.
    Gostaria de sua ajuda para me indicar qual metrô e trem devo pegar para ir à Versailles.
    E tbm qual a melhor forma de comprar os ingressos. Muito obrigada. Cássia

  7. Letícia disse:

    vale a pena comprar o ingresso antecipado? queria visitar dia 2 de agosto. tem chances de não ter mais ingressos?
    obrigada!

    • Rodrigo Lavalle disse:

      Letícia, os ingressos não correm o risco de esgotar mas, se você deixar para comprá-los na hora, é mais uma fila que terá que enfrentar. Após a compra dos ingressos é preciso pegar a fila para entrar no castelo.

  8. maria helena cabral disse:

    bom dia Lina… Ficarei com meus irmãos na rua Clichy… perto da linha do metro Liege. Ocorre que não sei como me deslocar para pegar o trem para versailles. Qual seria o metro para chegar em algum ponto para pegar o trem para versailles.

    • Rodrigo Lavalle disse:

      Maria Helena, na estação Liège pegue o metrô linha 13 (direção Châtillon) e vá até a estação Invalides. Lá pegue o trem RER C5 (chamado VICKY) com destino final em Versailles – Rive Gauche. Desça nessa estação e siga o fluxo de pessoas a pé até o castelo.

  9. Allan Castro disse:

    Rodrigo, parabéns pelo site. Seguinte, o Museum Pass, da direito a entrada a todos os locais de Versalhes também (Castelo,Domaine Marie Antoinette e Grand Trianon)?

    • Rodrigo Lavalle disse:

      Allan, sim. Ele só não dá acesso aos jardins nos dias de espetáculos das águas e de Jardins Musicais (terças e finais de semana).

  10. efigenia disse:

    existe algum desconto pra pessoas com mais de 60 anos???

  11. Rodrigo Lavalle disse:

    Ana Paula, na estação Blanche pegue o metrô linha 2 (direção Porte Dauphine) e vá até a estação Place de Clichy (você pode ir andando). Lá troque pela linha 13 (direção Châtillon) e vá até a estação Invalides. Lá pegue o trem RER C5 (chamado VICKY) com destino final em Versailles – Rive Gauche. Desça nessa estação e siga o fluxo de pessoas a pé até o castelo.

Próximos 20 comentários Aguarde, carregando novos comentários

Participe e deixe seu comentário

Seu comentário pode demorar alguns minutos para aparecer no blog.