Tratado de Schengen: o que é, quais as regras e quais países que fazem parte. Com a ajuda da Seguros Promo, iremos esclarecer todas essas dúvidas.

Um dos documentos necessários para entrar na França é o seguro viagem com cobertura mínima de 30 mil euros e que seja válido em todos os países do Tratado Schengen.

Muitos leitores nos perguntam o que é o Tratado Schengen? Quais países fazem parte? É o mesmo que União Europeia?

Mont Saint Michel, uma das maravilhas da França, país membro da União Europeia e do Tratado de Schengen. Foto:

Tratado de Schengen: o que é?

O Tratado ou Acordo de Schengen é uma convenção entre países europeus sobre uma política de abertura das fronteiras e livre circulação de pessoas entre os países signatários.

Na prática, ao visitar os países do Tratado de Schengen, é como se você estivesse entrando em um único país – o chamado espaço Schengen. Depois de passar pela imigração no país de entrada e receber o carimbo no passaporte, a circulação entre os países integrantes do espaço Schengen é livre! Ou seja, você não precisa de visto para entrar e nem é necessário passar pela imigração em cada um dos outros países do espaço Schengen que irá visitar. Essas viagens não são consideradas internacionais, mas sim, domésticas.

Mas lembre-se que, o passaporte é seu documento de identidade. Ao fazer viagens dentro da Europa você vai precisar dele no check-in e para embarcar. Seja viajando de avião, trem, carro ou ônibus, tenha sempre consigo o passaporte. Em casos excepcionais, como atentados, controles são realizados de forma mais rigorosa e frequente.

Quais os países que fazem parte do Tratado de Schengen?

Tratado de Schengen

Países signatários do Tratado de Schengen (faltou a Islândia no mapa)

  • Alemanha
  • Áustria
  • Bélgica
  • Dinamarca
  • Eslováquia
  • Eslovênia
  • Espanha
  • Estônia
  • Finlândia
  • França
  • Grécia
  • Holanda
  • Hungria
  • Islândia
  • Itália
  • Letônia
  • Liechtenstein
  • Lituânia
  • Luxemburgo
  • Malta
  • Noruega
  • Polônia
  • Portugal
  • República Tcheca
  • Suécia
  • Suíça

Irlanda e Reino Unido – entre outros países europeus – não fazem parte do Tratado de Schengen.

Regras do Tratado de Schengen

Para fins turísticos, alguns países, como o Brasil, estão isentos de vistos para entrar no espaço Schengen e circular pelos países membros por até noventa dias.

Porém alguns documentos, justificativas e comprovantes podem ser exigidos na sua chegada ao 1º país do espaço Schengen:

  • passaporte válido por, no mínimo, 90 dias após a data de retorno;
  • passagem de volta ao Brasil;
  • seguro viagem com cobertura mínima de 30 mil euros e que cubra todo o espaço Schengen;
  • comprovante de estadia;
  • comprovantes dos meios de subsistência.

Clique e leia nosso artigo que explica detalhadamente cada documento, justificativa e comprovante citado na lista acima.

Qual é a diferença entre o Tratado de Schengen e a União Europeia?

O Tratado de Schengen e a União Europeia possuem origens comuns, relacionadas ao fortalecimento e à aproximação dos países europeus e próximos em território.

A União Europeia, porém, é voltada para a união da economia e da política dos países integrantes, facilitando burocracias e a livre circulação de indivíduos, de bens e de serviços. O Tratado de Schengen foca principalmente nas políticas de controle de fronteiras, visando uma livre circulação de pessoas, mas não de mercadorias.

Vale lembrar que nem todos os membros da União Europeia são parte do espaço Schengen, e vice-versa! É o caso da Islândia, Noruega e Suíça, que não são parte da União Europeia mas pertecem ao espaço Schengen, e da Irlanda e Reino Unido que são da União Europeia, mas que não assinaram o Tratado de Schengen.

No caso específico do seguro de viagem, ele não é obrigatório e não será pedido pelos agentes de imigração do Reino Unido. Porém, é sempre importante salientar que viajar sem seguro é uma aposta que pode sair cara caso alguma emergência médica aconteça. Clique aqui e leia no site Londres para Principiantes quais são os documentos necessários para entrar no Reino Unido.

Seguro viagem (foto: )

Sobre a Seguros Promo

No site da Seguros Promo – uma empresa do grupo Belvitur com 53 anos no segmento de turismo – você pode comparar os preços e propostas de várias empresas seguradoras sérias e confiáveis e contratar com tranquilidade o seu seguro viagem.

Ao escolher ‘Europa’ na janela ‘Destino’, todos os seguros apresentados serão apropriados para a entrada no espaço Schengen e válidos em todos os países membros. Caso sua viagem inclua países europeus fora do espaço Schengen, entre em contato con a Seguros Promo e verifique se o seguro que você pretende contratar é válido também nesses países.

Para os leitores do Conexão Paris, a empresa está oferecendo um desconto. Para obtê-lo, basta inserir o código CONEXAO5 no campo “VOUCHER DE DESCONTO” na tela de pagamento. Saiba mais sobre a Seguros Promo e o desconto clicando aqui.

Além disso é possível parcelar a compra do seu seguro em até 10 vezes sem juros.

Outros artigos sobre seguro viagem:


A Travel Wifi aluga dispositivos portáteis que fornecem conexão wifi e também vende chips para celular que funcionam na França e Europa.

No site Booking você reserva hotéis com segurança e tranquilidade e tem a possibilidade de cancelamento sem cobrança de taxas.

Pesquise horários de trens e preços de passagens e compre a sua com antecedência para garantir os melhores preços.

No site Seguros Promo você compara os preços de várias empresas seguradoras e contrata online o seu seguro de viagem.

Obtenha o orçamento das principais locadoras de carro na França e faça sua reserva para garantir seu carro na Rentcars.

Veja as melhores ofertas de passagens aéreas da Air France.