Em dezembro, Tânia Ziert Baião foi a pitaqueira mais ativa. Como tal, foi premiada com um brinde da Air France.

Tânia é uma das pitaqueiras mais antigas do Conexão Paris. Vejam abaixo nossa pequena entrevista com a primeira premiada de 2014 e suas dicas de Paris.

Tânia Ziert Baião, pitaqueira do Conexão Paris

Tânia Ziert Baião, pitaqueira do Conexão Paris

De onde você é?

Nasci em Rio do Sul, em uma cidade do interior de Santa Catarina, no alto vale do Itajaí. Moro em Florianópolis desde os cinco anos de idade, portanto me considero manezinha de adoção e de opção.

Qual é sua profissão?

Sou Enfermeira com pós-graduação em Administração Hospitalar e Saúde Publica, mas estou aposentada desde 2007. Atualmente minha especialidade é fazer, colecionar e pesquisar bordados em Ponto Cruz.

Bordado em ponto cruz feito pela Tânia, para o Conexão Paris, em 2012

Bordado em ponto cruz feito pela Tânia, para o Conexão Paris, em 2012

Há quanto tempo você acompanha o Conexão Paris?

Sou Leitora do CP desde o seu início. Uso como meu jornal diário para saber das novidades de Paris – tenho os roteiros indicados como meus preferidos e preciso das informações atualizadas para amenizar a saudade da minha cidade preferida.

 Como você descobriu o Conexão Paris?

Não consigo me lembrar como cheguei ao Conexão Paris. Provavelmente cheguei à ele pesquisando sites sobre a cidade. Faço minhas programações de viagem com muita antecedência pesquisando TUDO o que for possível.

Com que frequência você vai a Paris?

Vamos a França, mais especificamente a Paris, anualmente.

Qual é sua região favorita na França?

Não posso dizer que tenha uma região favorita na França já que não as conheço todas. Gosto da Alsácia,  da Provence,  da Côte d’Azur… Mas prefiro acima de tudo a cidade de Paris.

Para você, qual é a melhor época para visitar Paris?

Nos últimos anos temos escolhido o outono para visitar Paris por várias razões: o clima é agradável, as cores da estação são maravilhosas para fotografar (paixão do marido), e é quando acontece na cidade a FIAC (Feira Internacional de Arte Contemporânea).

Onde você costuma se hospedar?

Alugamos sempre um apartamento  com o pessoal do À la Parisienne – além do serviço de translado do França Entre Amigos, indicados pelo CP –  para levar uma vidinha mais próxima dos nativos. Uma experiência incomparável. Já nos hospedamos em diversos bairros da cidade mas nos encantamos pelo Marais há uns 4 anos e lá temos ficado nas ultimas temporadas.

O que você gosta de fazer em Paris?

Nossos programas preferidos são as exposições de arte. Como a permanência na cidade costuma ser de um mês, em média, então é possível fazer uma exposição por dia. Nossos queridinhos são: Musée d’Art Moderne de la Ville de Paris, Musée National Picasso, Centre Georges Pompidou, Musée d’Orsay, Pinacothèque de Paris, Musée de l’Orangerie, Musée Carnavalet, Musée des Arts Décoratifs entre tantos outros. Além disso percorremos as feiras de antiguidades e brocantes que acontecem nessa época na Bastilha e no Quartier Sait Paul.

Além disso a arte de rua em Paris me encanta. Adoro percorrer suas ruas, metrôs e jardins a procura dos trabalhos desses ditos grafiteiros.

Veja também as entrevistas com os demais pitaqueiros premiados pela Air France: