Neste país produtor dos melhores vinhos do mundo, somente nestes últimos anos apareceram espaços de degustação de vinhos de fácil acesso.

Até poucos anos atrás, a degustação de vinhos era um ritual privado, entre amigos, em casa. Se quiséssemos sair para tomar vinho, a opção mais segura era o restaurante. Claro que as caves  sempre existiram. E nelas, com hora marcada, podíamos ter cursos de degustação. Mas raros eram os endereços somente para degustar vinhos, abertos o dia todo e oferecendo vinhos servidos nas taças.

A primeira mudança foi a dos restaurantes. Aos poucos apareceram as  “taças de vinho” no cardápio. E, hoje, até os restaurantes gastronômicos se dobraram a esta norma. Os mais reticentes colocam pelo menos duas opções: um tinto e outro branco.

Em seguida os endereços específicos para “degustação” apareceram como “champignon depois da chuva”, como dizem os franceses. Toda hora líamos a notícia de mais uma inauguração. Uns são extremamente sofisticados como o Les 110 de Tailleventque já ganhou longo artigo aqui no Conexão Paris. Outros, mais simples e mais acessíveis como o Bakkus.

As mulheres se sentem à vontade!

Ontem testei um outro que merece a qualificação de democrático e fácil acesso.

Wine by One está no centro de Paris entre a Opéra Garnier e Place Vendôme. Você chega, escolhe sua mesa ou sua poltrona e se instala. Depois você estuda com atenção a seleção de vinhos guardados nas adegas. Você pode confiar no proprietário. A seleção é correta: bons vinhos, dos mais caros aos mais baratos.  Os valores variam entre 1 e 32 euros a taça.

Cartão com chip com o valor escolhido

Você vai até o caixa e carrega o cartão com o valor do vinho e da dose. Três tamanhos de doses: a pequena (chamada degustação), a média e dose normal equivalente a uma taça.

A “colheita” do vinho

Você insere seu cartão no distribuidor da adega e “colhe” o vinho da sua preferência.

Sanduíche medíocre

Café gourmand gostoso

Quanto aos acompanhamentos, a qualquer hora você pede um plateau de queijos ou embutidos. E na hora do almoço, por 10 euros, você tem um sanduíche acompanhado por uma salada e depois café + pequenas pâtisseries.

Vale a pena? Vale porque é barato, é simples e é um sistema que oferece a possibilidade de beber bons vinhos com custo muito baixo.

Quais são os defeitos: o lugar não é charmoso, decoração funcional,  fria e o sanduíche que pedi não estava bom.

Trata-se de um bom endereço para aquilo que foi criado: degustar bons vinhos.  O ideal é chegar no final do dia, pedir uma tábua de queijos e se deliciar com todos os vinhos que estão ao seu alcance.

Wine by one: 9 rue des Capucines 75001 Paris