Mais uma contribuição do médico e enólogo Dr. Gerson Lopes que já publicou no Conexão Paris um primeiro artigo sobre a Borgonha, e dois outros sobre a região do Champagne. Vejam aqui, aqui e aqui.

Continuando nossa viagem… ainda no território dos grandes tintos. No próximo artigo vamos para o mundo dos brancos.

A partir de Gevrey-Chambertin a “conversa é prá gente grande” pois entra-se no território de alguns dos mais renomados grands crus do mundo: Chambertin, Chambertin-Clos de Béze, Chapelle–Chambertin, Charmes–Chambertin (ou Mazoyères–Chambertin), Griotte–Chambertin, Latricières–Chambertin, Mazis–Chambertin e Rouchottes–Chambertin. Memorizem estes nomes pois são todos vinhedos “tops” desta comuna (Gevrey-Chambertin).

Mas atenção: a qualidade dos vinhos está intrinsecamente ligada ao nome dos bons produtores. Na Borgonha vinícola é preciso “memória de elefante” para conhecer e degustar seus grandes vinhos. Tirar uma foto à frente de um destes vinhedos faz-nos sentir como um tiete diante de um ídolo.

A próxima parada na “descida” é Morey-Saint-Denis, com seus tintos premiers e grands crus aromáticos, frescos e bem balanceados. Talvez pela proximidade física, que na Borgonha pode não significar grande coisa, a comuna seguinte, Chambolle–Musigny, mostra, como a anterior, os vinhos mais finos, elegantes e femininos desta fantástica região.

Vougeot vem a seguir, produzindo um grand cru (Clos de Vougeot) e alguns ótimos premiers crus. Contrariando a opção pelos tintos da Côte de Nuits, Vougeot também produz brancos muito interessantes, macios, mas encorpados.

Quase obrigatória a visita ao Château du Clos de Vougeot. Além de ter uma adega e prensas de vinho que datam do século XVIII, o Château é sede da histórica Confrérie des Chevaliers du Tastevin.

Na comuna seguinte, Vosne-Romanée, na chamada “zona alta” dos grands crus da Borgonha, encontra-se o diminuto (1,8 hectares) vinhedo Romanée–Conti origem do mítico vinho de mesmo nome. Daqui saem entre 5000 e 9000 garrafas ao ano, objeto de desejo de todo enófilo. Infelizmente, poucos são os que podem pagar pelo privilégio. Outros vizinhos ilustres (grands crus) como La Tâche, Richebourg, Romanée–Saint Vivant, La Grande Rue e La Romanée são também desejados e apreciados por qualquer pessoa apaixonada por esta bebida. Ainda mais quando o produtor atende pela sigla DRC (Domaine de la Romanée Conti).

Próximo a Vosne–Romanée, do outro lado da N74, encontra-se o vilarejo Flagey–Échezeaux com dois grands crus: Échezeáux e Grands–Échezeaux. Estamos falando de vinhos que são verdadeiros ícones. Como os anteriores, mostram grande complexidade aromática, e, na boca, são sólidos, robustos, mas tornam-se elegantes com o tempo na garrafa. Portanto, além de capital, é preciso ter paciência se quisermos desfrutá-los em toda sua plenitude. O prazer obtido é algo mágico que não pode ser descrito por palavras. “Pura emoção” talvez seja a melhor definição.

Chega-se finalmente à Nuits–Saint–Georges, e aqui, a dica do sommelier Serge Dubs é harmonizar um bom vinho desta cidade simplesmente com uma gostosa baguete francesa. Obedece quem tem juízo. Testamos (e aprovamos) a dica. Maravilha!

Como ir de Paris até Beaune, cidade super charmosa na Borgonha com ótimas opções de hotéis:

  • Avião: a viagem de avião até Lyon dura 1 hora, depois é possivel pegar carro ou trem para ir até Beaune. Pela Air France, você pode comprar a passagem direto do Brasil para Lyon, fazendo uma parada grátis em Paris (na ida e/ou na volta). Veja aqui as melhores ofertas da Air France.
  • Trem: a viagem tem 2h30 de duração. Compre sua passagem antecipadamente – clique aqui – para garantir os melhores preços.
  • Ônibus: esta é a opção mais barata, mas também é a mais longa, a viagem até Dijon tem cerca de 4h30 de duração, depois é possivel ir de trem ou carro até Beaune. Consulte valores e faça a compra da passagem pelo site da empresa de ônibus OuiBus.
  • Carro: a viagem dura cerca de 3 horas. Obtenha o orçamento das principais locadoras de carro na França aqui.

A Travel Wifi aluga dispositivos portáteis que fornecem conexão wifi e também vende chips para celular que funcionam na França e Europa.

No site Booking você reserva hotéis com segurança e tranquilidade e tem a possibilidade de cancelamento sem cobrança de taxas.

Pesquise horários de trens e preços de passagens e compre a sua com antecedência para garantir os melhores preços.

No site Seguros Promo você compara os preços de várias empresas seguradoras e contrata online o seu seguro de viagem.

Obtenha o orçamento das principais locadoras de carro na França e faça sua reserva para garantir seu carro na Rentcars.

Veja as melhores ofertas de passagens aéreas da Air France.