Ópera Garnier em Paris

A Opéra Garnier é um dos monumentos arquitetônicos mais importantes de Paris. Ela foi construída durante a grande reforma da capital francesa orquestrada por Napoleão III e o Barão Haussmann.

A fachada da Ópera Garnier, em Paris.

A fachada da Ópera Garnier, em Paris. Foto de Olivier Mallich, no Flickr

A construção foi acompanhada pela abertura de uma grande avenida, a Avenue de l´Opéra, que ligava o castelo Tuileries, onde morava o Imperador à nova ópera.

(O que resta  deste castelo hoje é o Jardins des Tuileries, pois ele foi incendiado durante os violentos dias da revolução francesa.)

Para a construção desta avenida todo um bairro foi destruído e Haussmann foi e é ainda criticado por ter apagado os vestígios de uma Paris mais antiga.

A Ópera de Paris é um prédio que reúne vários estilos, um pouco barroco, um pouco cópia do renascimento italiano. Em todo caso uma bela obra, com uma fachada decorada por esculturas que na época escandalizaram os puritanos e uma decoração  interior impressionante. A grande escada central é famosa pelo seu traçado, pelos mármores, pelas pinturas e mosaicos.

A grande escadaria da Opera.

A grande escadaria da Opera. Foto de Véronique Mergaux, no Flickr

A sala de espetáculos, mais impressionante ainda, é toda dourada e vermelha,  com  um teto que contrasta furiosamente com o resto do décor. O pintor Chagall aí pintou seus anjos e personagens leves e flutuantes.

A sala de concertos da Ópera Garnier.

A sala de concertos da Ópera Garnier. Foto de Véronique Mergaux, no Flickr

Vocês podem visitar a Ópera de Paris como se visita qualquer monumento. Não é preciso ir à um espetáculo para conhecer o interior. O ingresso  para visita-la custa 8 euros e a ópera esta aberta todos os dias das 10 às 17 horas. E esperando a próxima viagem à Paris vocês podem visitar a Ópera virtualmente aqui.

Leia também:

Endereço: Place de l´Opera | 75009 | Metrô: Opera

Publicidade

O conteúdo deste post foi decidido pela equipe editorial do Conexão Paris, tendo como critério a relevância do assunto para nossos leitores, não havendo nenhum vínculo comercial com qualquer empresa ou serviço citado no texto. Não recebemos qualquer tipo de remuneração pela escrita e publicação deste texto. Conheça a política de remuneração do Conexão Paris.

Veja Também

Setembro: reveillon belga em Paris

Exposição no Jardin des Plantes

Em Paris, ensine as crianças a gostar de arte

16 pitacos, participe desta conversa

  1. […] Ami pela localização e atenção do pessoal. Restaurante: KGB ou Zé kitchen; Programa: Ir à Ópera ou na Salle Pleyel Passeio: andar pelas margens do Sena, no Jardin de Luxemburgo e pelas ruas do […]

  2. [...] Sobre a Opera Garnier, em Paris [...]

  3. zelia maria casagrande disse:

    Estou tentando comprar ingresso para espetaculo na Opera Garnier doa dioa 23.09 ateh dia 02.10 – Posso tentar adquiri com vcs???

  4. eymard disse:

    Renata, para visita nao tem problemas. Voce compra o ingresso na hora e parte para a visita.
    Para espetáculo é que, a depender da apresentaçao, se esgota. De qualquer forma, mesmo para os espetáculos, vale uma passada na bilheteria para checar.

  5. Renata Oliveira disse:

    Olá, gostaria de saber se corro o risco de não encontrar ingressos para visitação normal se deixar para comprar na hora. Tentei comprar para um espetáculo e simplesmente já está esgotado para Outubro. Será que ocorre o mesmo com relação à visitação?
    Grata

  6. eymard disse:

    Fernandes: alguns “personagens” da Opera usam casaca. Os musicos e o maestro, podem usar casaca. Agora, os ouvintes e espectadores, vao como se vai a qualquer lugar publico. Salvo nas noites de gala (e ha noites de gala em algumas Operas, como por ex no Scala, em Milao) nao ha obrigatoriedade de gravata ou paletó. Vale só o bom senso (como voce iria vestido ao teatro municipal do Rio de Janeiro para uma apresentaçao da orquestra sinfonica? E se fosse a uma peça de teatro? E se essa mesma apresentaçao fosse, por exemplo, na praia?)

  7. F. A. I. W. Fernandes disse:

    Olá gostaria de saber se ir de casaca caberia numa ópera ou distoa muito?Obrigado!

  8. Jose Araujo Neto disse:

    E para homens? Como me vestir para a Ópera Batilha? estou pensando em gravata borboleta e sobretudo. O que acha?

    • conexaoparis disse:

      José Araujo
      Vai ficar chic. Mas verá de tudo. Até jeans e tênis.
      Aproveite bem da noite, vista-se com elegãncia, beba uma coupe de champagne no intervalo.

  9. Cristina VnV disse:

    Entendi agora Maria Lina. Obrigada – na conexão de ontem não aparecia a informação que ainda não está abertapara reserva – só abre dia 18/10 as 9hs de lá, ou seja, é a primeira coisa que farei dia 18. ;-)

  10. Cristina VnV disse:

    Oi Maria Lina
    estou de volta para postar uma dúvida. Tentei comprar ingresso para um ballet lá mas a opção não está com a opção de reserva. É fácil conseguirmos comprar no dia que chegamos? Tem algum site seguro que vc recomenda?

  11. conexaoparis disse:

    Goretti
    Um vestido mais elegante e por cima um casaco de lã.
    Um terninho + casaco.Não se preocupe. Vista-se como e fosse jantar em um bom restaurante no Brasil. Por cima o casaco de inverno. Se estiver muito frio vestido + meias de lã e bota.

  12. Goretti Soares disse:

    Olá,
    Gostaria de uma orientação sobre qual a roupa mais adequada para ir a uma ópera em PARIS. Estarei na cidade em dezembro próximo e já reservei bilhetes para o BALLET Raymonda à noite.
    Agradeço a ajuda.

Participe e deixe seu comentário

Seu comentário pode demorar alguns minutos para aparecer no blog.