Muitos nos perguntam qual o motivo do feriado de 8 de maio na França. Você sabe? Se não, leia nosso artigo.

Qual o motivo do feriado de 8 de maio?

No dia 8 de maio é comemorada a vitória dos Países Aliados sobre a Alemanha nazista e o fim da IIª Guerra Mundial na Europa, marcada pelo anúncio da capitulação alemã.

Idas e vindas do feriado de 8 de maio na França

A lei de 7 de maio de 1946 previu que a comemoração do “8 de maio de 1945” fosse feita no dia 8 de maio de cada ano – se esse dia fosse domingo – ou no domingo seguinte, caso o 8 de maio caísse em um dia de semana.

Com o passar dos anos, a comemoração perde sua importância, enquanto as associações de veteranos – que organizam seus próprios eventos comemorativos – exigem o reconhecimento do dia 8 de maio como feriado nacional remunerado.

A lei de 1953, declara o 8 de maio feriado público de comemoração na França. As cerimônias ganham verdadeiro esplendor de 1953 a 1958.

Em 1959, dentro da lógica de reconciliação com a Alemanha, o presidente Charles de Gaulle remove o feriado deste dia e fixa a data da comemoração no segundo domingo de maio. Em 1968 é decidido que o dia 8 de maio será comemorado a cada ano, em sua data, no final do dia.

Em 1975, ainda dentro do espírito de paz e cooperação entre todos os países europeus, o presidente Giscard d’Estaing suprimiu a comemoração do dia 8 de maio (a vitória aliada de 1945). Essa decisão provocou protestos gerais por parte de associações de veteranos de guerra franceses.

É a pedido do presidente François Mitterrand que esta comemoração e este feriado foram restaurados, em 1981.

Neste dia, o comércio, restaurantes, museus e monumentos funciona normalmente. Somente o Arco do Triunfo fica fechado pela manhã.

As festividades

Às 10h30 da manhã do dia 8 de maio, o presidente da República coloca uma coroa de flores aos pés da estátua do general Charles de Gaulle, localizada na Place Clémenceau, esquina com a avenida Champs-Élysées. Em seguida, ele continua subindo a Champs-Élysées até a Place de l’Etoile – onde fica o Arco do Triunfo – e faz a revista das tropas.

A cerimônia de comemoração termina com uma homenagem aos soldados mortos na guerra. Usando o mirtilo da França na lapela, o presidente coloca uma coroa de flores na frente do túmulo do Soldado Desconhecido, que fica embaixo do Arco do Triunfo. “Le Chant des Partisans” é interpretado pelo coro do exército francês, então o presidente assina o livro de visitas da Chama da Lembrança, antes de cumprimentar os veteranos e oficiais do Estado Maior.

 


Antes de sair do Brasil, não se esqueça de contratar seu seguro viagem, que é um dos documentos necessários para entrar na França.

Seguros Promo

Compare os preços no site da Seguros Promo e use o código CONEXAO5 para obter 5% de desconto.


 

Onde comemorar o 8 de maio em Paris

Para comemorar o dia 8 de maio tematicamente em grande estilo, segue uma lista dos principais museus, memoriais e locais ligados à IIª Guerra Mundial em Paris:

Musée de l’Armée/Invalides

Museu do exército que conta a história dos apetrechos, aparelhos, vestimentas de guerra e das próprias guerras desde a antiguidade até a IIª Guerra Mundial. As alas dedicadas à Iª e à IIª Guerras Mundiais são incríveis e cheias de detalhes.

Clique aqui e leia nosso artigo sobre o museu.

Endereço: 129 rue de Grenelle, 75007. Metrô linha 8, estação La Tour-Maubourg ou linha 13, estação Varenne.

8 de maio

Museu do Exército/Invalides: um bom programa para o dia 8 de maio em Paris. Foto: Matt Mechtley no Flickr

Memorial do Marechal Leclerc e da Libertação de Paris

Museu pequeno e pouco conhecido/frequentado. Foi inaugurado em 24 de agosto de 1994 em homenagem ao General Leclerc, figura chave na libertação de Paris do jugo nazista. O local é simbolicamente situado acima da Gare Montparnasse, posto de comando de Leclerc no dia da libertação (25 de agosto).

Endereço: 23, Allée de la 2e DB, Jardin Atlantique, 75015. Metrô linhas 4, 6, 12 e 13; estação Montparnasse – Bienvenüe.

Museu Jean Moulin

Jean Moulin foi o chefe da Resistência Francesa no interior da França. O museu fica ao lado do Memorial do Marechal Leclerc. Enquanto esse último foca no contexto internacional da luta (Aliados versus Eixo), o Museu Jean Moulin se concentra no contexto “doméstico” da luta (Resistência, a ocupação de Paris, Vichy).

Metrô linhas 4, 6, 12 e 13; estação Montparnasse – Bienvenüe.

Memorial da Shoah (Memorial do Holocausto)

Inaugurado em 2005 se situa no local onde antes funcionava o Memorial do Mártir Judeu Desconhecido. O memorial é uma ponte entre os homens e mulheres que viveram o Holocausto e aqueles que não sofreram diretamente com ele ou não o conheceram através de seus pais.

Endereço: 17 rue Geoffroy Asnier, 75004. Metrô linha 1, estação Saint-Paul ou linha 7, estação Point Marie.

8 de maio

Visite o Memorial da Shoah no dia 8 de maio. Foto: Ian T. McFarland no Flickr

Fort Mont-Valérien

Localizado na cidade de Suresne (coladinha em Paris, à noroeste), o local engloba um forte, o Memorial à França Combatente e cemitérios (de civis e de militares americanos).

Endereço: Avenue du Professeur Léon Bernard, 92150 Suresnes

8 de maio

Cemitério americano em Mont Valérien. Foto: Groume no Flickr

 


No site da Tiqets você compra ingressos antecipados para museus, monumentos e atrações em Paris, França e Europa.

Use o código 5CONEXAO para obter 5% de desconto.


 

O 8 de maio pelas ruas de Paris

Placas comemorativas

Por toda Paris podemos ver placas homenageando os heróis da IIª Guerra Mundial e seus feitos. Essas placas começaram a ser instaladas já no final de 1944 quando Paris já havia sido libertada do domínio nazista.

Clique aqui para baixar a lista das placas comemorativas e seus respectivos endereços em Paris.

Ruas e estações de metrô

Após a Segunda Guerra Mundial, entre 1945 e 1948, várias estações e ruas parisienses foram renomeadas para homenagear os aliados, os integrantes da Resistência e as batalhas importantes. Alguns exemplos:

  • na linha 1: a estação “Marbeuf – Rond-point des Champs-Élysées” passou a se chamar “Franklin D. Roosevelt” (em homenagem ao presidente dos EUA morto em 1945);
  • na linha 2: a estação “Aubervilliers – Boulevard de la Villette” passou a se chamar “Stalingrad” (em homenagem à batalha de Stalingrad, 1942-1943);
  • na linha 5: a estação “Lancry” passou a se chamar “Jacques Bonsergent” (integrante da Resistência fusilado em 1940);
  • na linha 6: a estação “Grenelle” passou a se chamar “Bir-Hakeim” (em homenagem à batalha de Bir Hakeim, 1942);
  • a partir do dia 22 de abril de 2013 a praça em frente ao Hôtel de Ville, a prefeitura de Paris, passou a se chamar “L’Esplanade de la Libération” (A Esplanada da Libertação, em homenagem à libertação de Paris dos nazistas).

Leia também:

 


Conheça os guias turísticos do Conexão Paris. Eles vão te ajudar a organizar sua viagem.

Paris: 5 Roteitos, 4 Dias | Essencial do Museu do LouvreParis com CriançasEssencial da Provence


Compre seus ingressos para museus, monumentos e atrações em Paris, na França e na Europa no site Tiqtes.

No site Seguros Promo você compara os preços de várias empresas seguradoras e contrata online o seu seguro de viagem.

No site Booking você reserva hotéis e hostels com segurança e tranquilidade e tem a possibilidade de cancelamento sem cobrança de taxas.

Pesquise horários de trens e preços de passagens e compre a sua com antecedência para garantir os melhores preços.

Obtenha o orçamento das principais locadoras de carro na França e faça sua reserva para garantir seu carro no Rentalcars.

Inscreva-se na newsletter e receba as novidades do Conexão Paris

* necessário