Um caso bastante comentado pela mídia parisiense nessa última semana foi a multa de 60€ que os fiscais da RATP – a empresa que gerencia o metrô de Paris – deram a uma mulher grávida que, para ganhar tempo, cortou caminho por um corredor da estação Concorde no sentido proibido. Afim de evitar tumulto e facilitar o fluxo de pessoas, alguns corredores só podem ser percorridos em um sentido, como uma rua de mão única.

Estação Concorde do metrô parisiense (foto: no Shutterstock)

O marido da grávida, bem indignado, postou a multa no Twitter e o caso se alastrou. A RATP se manifestou dizendo que, apesar desse tipo de multa não ser frequente, a empresa não iria voltar atrás pois os avisos de sentido proibido são bem visíveis (são mesmo) e, afinal de contas, a mulher havia infringido uma regra do metrô.

Em defesa da mulher um dos integrantes do grupo FNAUT (Federação Nacional das Associações dos Usuários dos Transportes) disse que as regras do metrô parisiense são arcaicas e estúpidas e que devem se adequar aos novos tempos.

Muitos turistas conhecem bem a intransigência dos fiscais da RATP. Nos nossos artigos onde alertamos os leitores para não jogarem fora o ticket de metrô depois de passar pela catraca, há dezenas de comentários de turistas brasileiros que foram controlados pelos fiscais e não conseguiram escapar da multa. Clique aqui e aqui para ler. E, nesse caso, não é culpa dos turistas. A regra de guardar o ticket não está bem visível nas entradas das estações de metrô. Além disso, como não precisamos do ticket para sair da estação, a lógica é que podemos jogá-lo fora assim que passarmos pela catraca.

Os fiscais da RATP acabam se aproveitando da falta de informação e da vulnerabilidade dos turistas para faturar um dinheirinho para a empresa. Mas não é somente os turistas que são pegos. Na minha estação, Bastille, sempre há controle e a maioria dos infratores são parisienses que sabem muito bem que estão errados.

Metrô parisiense (foto: no Shutterstock)

Algumas regras do metrô parisiense

Abaixo citamos algumas regras do metrô parisiense para que você fique informado:

  • a duração máxima do percurso não pode exceder 2 horas;
  • não é permitido entrar ou sair dos vagões após o sinal sonoro;
  • praticamente todos os tamanhos de cães são aceitos mas há regras específicas: cães pequenos andam gratuitamente se estiverem dentro de uma bolsa de, no máximo, 45cm (não precisa ser bolsa especial); cães maiores, que não entram em uma bolsa de 45cm, devem usar focinheira e coleira e pagam tarifa reduzida;
  • bagagens são permitidas até o tamanho máximo de 75cm;
  • bicicletas não são permitidas exceto aos domingos e feriados até às 16:30 e somente na linha 1;
  • é proibido andar de patinete, patins, skate ou bicicleta dentro das estações de metrô e dos vagões;
  • é proibido cantar ou tocar instrumento a não ser que a pessoa seja cadastrada na RATP;
  • há níveis de prioridade para os assentos prioritários:
    • 1° – mutilados de guerra
    • 2° – civis cegos
    • 3° – trabalhadores com mobilidade reduzida
    • 4° – pessoas com dificuldade de ficar em pé
    • 5° – grávidas
    • 6° – pessoas acompanhadas por crianças com menos de 4 anos (crianças com menos de 4 anos não pagam passagem mas não podem ocupar um assento sozinhas)
    • 7° – pessoas com alguma deficiência mas que não tenham dificuldade de ficar em pé
    • 8° – pessoas que possuam um cartão dizendo que têm dificuldade de ficar em pé
    • 9° – maiores de 75 anos
  • é proibido tirar foto ou filmar sem autorização;
  • é proibido distribuir folhetos, solicitar a assinatura de petições, pedir dinheiro e perturbar a tranquilidade dos viajantes de qualquer forma;
  • é proibido vender ou fazer publicidade de qualquer produto sem autorização especial;
  • é proibido entrar nas estações e vagões vestido com roupas sujas ou que incomodem!

Essas são as regras oficiais. Pela nossa experiência de andar no metrô Paris – e pelo que o representante da própria empresa disse – percebemos que muitas não são respeitadas com frequência e nem por isso os infratores são multados. A não ser que a sua mala seja enorme, excedendo em muito o limite de 75cm, ou que você esteja fazendo um verdadeiro ensaio fotográfico no metrô, os funcionários não se importarão.


regras do metrô parisienseAcesse o site Minha Viagem Paris para descobrir e reservar passeios incríveis em Paris e no interior da França.