Por mais incrível que possa parecer, a França possui uma série de parques de diversões temáticos. Além da super famosa Disneyland Paris, há também o Parque Asterix, o Parque do Pequeno Príncipe e o Futuroscope. Um parque pouco conhecido e cuja proposta é um pouco diferente é o Puy du Fou

Em 1977, Philippe de Villiers descobriu na região de Vendée, oeste da França, as ruínas do castelo Puy du Fou. Apaixonado pela descoberta, ele decidiu criar um espetáculo contando parte da história da região.

O musical, chamado La Cinéscénie, estreiou em 16 de junho de 1978 e traçava a história de Vendée através de cenas do cotidiano de uma família de camponeses da Idade Média ao século XX.

No seu 1° ano, o espetáculo fez um enorme sucesso, atraindo cerca de 80.000 pessoas, o que fez com que Philippe decidisse ampliar o negócio e transformá-lo em um parque temático.

O Parque Puy du Fou atual

Ao longo desses 40 anos de existência o Puy du Fou foi aumentando de tamanho e criando novos espetáculos e atrações, sempre com o foco na representação e recriação do passado.

Cena do espetáculo La Cinéscénie, que deu origem ao Parque Puy du Fou.

Esses espetáculos e atrações cobrem vários períodos da história da humanidade: desde o tempo dos romanos até a 1ª guerra mundial, passando pela Idade Média, pelos Vikings, pela Renascença Francesa e pela Belle Époque.

Cena do espetáculo Le Signe du Triomphe.

Há espetáculos diurnos (internos e externos), 2 espetáculos noturnos (Les Orgues de Feu e La Cinéscénie), espetáculos para crianças e espetáculos no meio da floresta.

Cena do espetáculo Les Chevaliers de la Table Ronde.

Há também reconstituições de cidades antigas e seus habitantes: um forte do ano 1000, uma cidade medieval, um vilarejo do século XVIII e uma cidade dos anos 1900.

O Forte dos anos 1000.

Clique aqui e veja mais detalhes de cada espetáculo e vilarejo.

A cidade medieval.

Infra estrutura

Assim como a Disney, o Puy du Fou possui uma infra estrutura incrível para receber os visitantes.

Dentro do parque há hotéis temáticos: uma cidadela medieval, um acampamento real do século XVII, uma casa do Império Romano. Clique aqui e veja as opções. Além deles há, nas proximidades do parque, castelos verdadeiros datando dos séculos XV, XVII e XIX onde é possível se hospedar e também hotéis contemporâneos das redes Mercure e Best Western. Clique aqui e veja as opções.

Os restaurantes também seguem a mesma temática de época e servem desde sanduíches e lanches rápidos até refeições no estilo self-service e à la carteClique aqui e veja as opções.

Mapa do parque Puy du Fou com a localização dos espetáculos, atrações, hotéis e restaurantes. Clique aqui para ver ampliado com a legenda.

Informações práticas

O parque funciona do dia 07 de abril ao dia 4 de novembro de 2018. Clique aqui e veja o calendário.

O ingresso mais simples, para 1 dia, comprado com antecedência, custa 35€ para adultos e 25€ para crianças de 5 a 13 anos (no local o ingresso adulto custa 40€ e o infantil 29€) e dá direito ao Grand Parc, aos espetáculos diurnos e ao espetáculo noturno Les Orgues de Feu nos dias verdes do calendário. Clique aqui e veja todos os tipos de ingressos.

Como ir

Em Paris, na Gare Montparnasse, pegue o trem para a cidade de Angers (clique aqui para ver os horários e comprar sua passagem). O trajeto dura cerca de 1h30m. Na estação de Angers, pegue o ônibus especial do parque (clique aqui e veja os horários).


Puy du FouNo site Minha Viagem Paris você vai descobrir e reservar passeios incríveis em Paris e no interior da França.