Publicamos alguns conselhos sobre segurança na Champs Élysées.

A questão sobre segurança na Champs Élysées é bem localizada. Basta ficar atento.

No início do ano, a mídia francesa noticiou um tiroteio na Champs Élysées com três feridos. Em maio de 2016, tínhamos tido outro, também com feridos.

O ponto não pode ser classificado como perigoso. Sobretudo se o compararmos com pontos perigosos no Brasil. Mas achamos necessário publicar alguns precisões sobre o ambiente em torno da Champs Élysées. Principalmente na região próxima da rua Ponthieu.

Segurança na champs élysées

Segurança na Champs Élysées, foto Instagram de miss_sego

A rue Ponthieu

Basta andarmos domingo de tarde no entorno da Champs Élysées para percebermos figuras estranhas nesta área. O pessoal que conhece a região sabe que a rua Ponthieu é perigosa das 23h até 7h da manhã. Ela concentra inúmeros bares e boates. E o número de brigas, ataques, tiroteios se multiplicam. De acordo com os últimos índices de violência, o oitavo distrito de Paris é um dos mais violentos. Exatamente por causa dos “pontos quentes” da Champs Élysées.

A rue Ponthieu é paralela à avenida Champs Élysées, à direita de quem sobe. Ela começa na Jean Mermoz e termina na rue de Berri. É esta a área problemática. As raras pessoas que residem por aí, ou as numerosas que trabalham, sabem que a Champs Élysées não atrai somente os turistas. Ela atrai também o meio do banditismo. E isto, há anos. O fenômeno não é recente. Vários grupos violentos fizeram da Champs Élysées o endereço de seus escritórios ou saídas noturnas.

Tudo começou com os bandidos corsos que dominavam o bairro. Depois chegaram os manouches, os ciganos. Mais tarde, os bandidos originários da África do Norte. E, agora, novas gerações de caïds a frequentam. Todos possuem o mesmo desejo: brilhar na avenida mais famosa de Paris. E tarde da noite, após consumo de álcool, as ruas ficam agitadas.

Para lutar contra a insegurança, a Polícia de Paris autorizou às boates do bairro o uso de pórticos com detector de metais. Pelo visto a medida não foi eficaz.

Os turistas podem passear pela avenida durante o dia sem nenhum problema. O mesmo para aqueles que jantam em um dos (raros) bons restaurantes do bairro. Mas nós achamos melhor vocês não frequentarem bares e boates por aí.

Claro que a sugestão acima não se aplica aos dois cabarés: Le Lido e Crazy Horse.


Leia também: Questões sobre segurança em Paris


MinhaViagemParis1Acesse nosso novo site Minha Viagem a Paris para descobrir e reservar passeios incríveis em Paris e no interior da França.

 

 


A Travel Wifi aluga dispositivos portáteis que fornecem conexão wifi e também vende chips para celular que funcionam na França e Europa.

No site Booking você reserva hotéis com segurança e tranquilidade e tem a possibilidade de cancelamento sem cobrança de taxas.

Pesquise horários de trens e preços de passagens e compre a sua com antecedência para garantir os melhores preços.

No site Seguros Promo você compara os preços de várias empresas seguradoras e contrata online o seu seguro de viagem.

Obtenha o orçamento das principais locadoras de carro na França e faça sua reserva para garantir seu carro na Rentcars.

Veja as melhores ofertas de passagens aéreas da Air France.