Chuva é algo super gostoso quando estamos em casa, debaixo das cobertas, vendo um filme e tomando uma taça de vinho ou um chocolate quente. Not so much quando temos que sair de casa para trabalhar ou até mesmo para turistar em Paris.

513940162_5bb5b4b110_z

Foto: Ron Reiring no Flickr

Paris e a chuva

Mas o fato é: em Paris chove.

Segundo as estatísticas, temos em Paris uma média anual de 111 dias chuvosos e 600 milímetros de precipitações. Esses 600 mm são distribuídos quase que igualmente ao longo dos 12 meses do ano com maior incidência em fevereiro (considerado um dos meses mais frios do ano, leia aqui) e principalmente em maio (historicamente o mês mais chuvoso do ano em Paris). O mais interessante é que essa média anual parisiense é menor que a da França (750 mm). O que acontece é que, apesar dos 111 dias de chuva por ano, ela é, na maioria das vezes, pouca intensa. As fortes tempestades acontecem somente em 18 dias do ano.

Como se proteger

Como dissemos acima, na maioria dos dias a chuva parisiense é fina. Mas ela pode ser persistente – chuva chata. Geralmente um casaco impermeável com capuz, uma capa de chuva ou um trench coat resolvem o problema. O mais importante é proteger bem os pés pois, uma vez molhados, o frio se alastra pelo corpo todo.

Se você sentir que é necessário uma sombrinha ou guarda-chuva, não se preocupe, os camelôs, as bancas de revistas e a H&M passam a vendê-los assim que a primeira gota de chuva cai do céu. Caso você queira investir um pouco mais de 5€ e enfrentar a chuva parisiense com o máximo de glamour e sofisticação vale uma passadinha na loja Alexandra Sofjer (leia aqui), em Saint Germain, onde podemos encontrar sombrinhas belíssimas, bem alta costura.

PARA32-1600x960

Sombrinha alta costura da Alexandra Sofjen

O que fazer

Mas, se você chegou em Paris e não para de chover, não adianta ficar mal humorado. Já que você está aqui é preciso aproveitar a cidade mesmo com chuva, n’est-ce pas?

A vantagem dos dias chuvosos é que você não vai se sentir culpado de passar horas dentro dos museus ao invés de estar flanando pela cidade. Além disso, sentar nos cafés para uma pausa de aquecimento será um prazer redobrado. Aproveite e tome um bom chocolate quente – descubra os nossos preferidos aqui – ou um drink em dos bares super aconchegantes dos chiques hotéis da cidade, veja aqui.

Mas é óbvio que, mesmo com chuva, não podemos deixar de visitar, pelo menos, os jardins Tuileries e Luxemburgo. Eles estarão mais vazios e melancólicos, o que não deixa de ter a sua beleza.

No fim, é aquele velho cliché: Paris é bonita em qualquer época do ano. Mesmo sob a chuva.

Não nos deixam mentir os grandes pintores como Gustave Caillebotte e seu famoso quadro “Rua de Paris, tempo de chuva”:

Rue de Paris, temps de pluie Gustave Caillebotte

Rue de Paris, temps de pluie Gustave Caillebotte

Acesse e assine o canal do Conexão Paris no You Tube para acompanhar nossos vídeos semanais com dicas de Paris (clique aqui).


MinhaViagemParis1Acesse nosso novo site Minha Viagem Paris para descobrir e reservar passeios incríveis em Paris e no interior da França.