Madá e Álvaro, leitoros do CP, visitaram a exposição Richter do Centre Pompidou e, na saída, entraram no restaurante do museu para almoçar. Alguns dias depois, fizemos o mesmo programa.

Não trocamos impressões sobre o restaurante e não sei se eles concordam comigo. O Le Georges vale a pena pela decoração e pela excelente vista que temos de Paris. A cozinha é banal e o atendimento, distraído.

Somos recebidos por lindas jovens sorridentes que nos acompanham até a mesa. Daí para a frente, ver um garçon é tarefa árdua – tanto para passar o pedido quanto para pagar. Após um tempo de espera considerado indecoroso, as jovens sorridentes nos enviaram um garçom. No final, se não tivéssemos feito uma segunda reclamação, desta vez para obtermos a nota, estaríamos lá tirando fotos até hoje.

Indicamos esse restaurante sobretudo pela vista de Paris, que é perfeita. E pode ser muito agradável esta pausa após as exposições do Centre Pompidou. Por isso voltamos sempre, mesmo com esse atendimento lento e preguicoso. E, tanto da sala quanto da varanda, podemos ficar horas tirando fotos e identificando monumentos.

Quanto à exposição do pintor Richter: uma maravilha. Acima, o meu quadro preferido.

As três primeiras fotos são da Madá.

Le Georges: Centre Pompidou – Place Georges Pompidou, 75004 Paris.

www.centrepompidou.fr


restaurantes vegetarianos em ParisConheça o guia do Conexão Paris Restaurante e Outras Delícias, à venda no site Minha Viagem Paris. O guia traz uma seleção dos melhores restaurantes da cidade, além de queijarias, pâtisseries, caves, bares etc.