Roupas adequadas para o inverno

Foto: pista de patins no gelo em frente do Hotel de Ville

Por Rodrigo Lavalle

No início do meu primeiro inverno em Paris, encontrei uma amiga para um café e comentei com ela que eu estava morrendo de frio. Ela me olhou dos pés a cabeça e disse: “Você optou por estar elegante ao invés de estar aquecido”. Ela, por sua vez, estava bem confortável e aquecida mas parecia que tinha enrolado um edredon ao redor do corpo. Look mendigo, como ela mesmo definiu.

A medida que o inverno foi passando fui descobrindo que, sim, é possível estar ao mesmo tempo elegante e aquecido. O segredo é se vestir em camadas – o chamado look cebola – com peças não necessariamente volumosas mas que possuem características isolantes e/ou que guardem o calor do corpo. O look cebola também é importante pois é facilmente adaptável às variações de temperatura ao decorrer do dia: andar na rua, andar de metrô, entrar numa loja, sentar num restaurante, sentar na terrace de um café, tomar um drink num bar, etc. É só ir se desfazendo das camadas até se sentir confortável. Vale lembrar que todos os ambientes fechados têm aquecimento e somando-se isso ao calor gerado pelas pessoas, pode se sentir muito calor.

Algumas dicas do tipo de roupa a se usar, começando da camada mais interna:

. 1ª camada: roupa íntima comum.

. 2ª camada: celouras e camisetas feitas de tecidos tecnólogicos.

A marca japonesa Uniqlo possui uma linha de roupas chamada HEATTECH feitas a partir de uma fibra sintética mesclada a uma proteína do leite. As roupas são leves, macias e confortáveis. O tecido transforma o vapor emitido pelo corpo em calor enquanto que as bolsas de ar existentes entre as suas fibras o retêm. O tecido ainda possui características anti-bacterianas que diminuem os odores desagradáveis causados pelo uso prolongado da roupa.

Uma alternativa brasileira são as camisetas “segunda pele” vendidas em lojas de acessórios para motoqueiros.

. 3ª camada: roupas comuns.

. 4ª camada: suéter ou cardigã de lã ou cachemir (a opção mais quente e macia). Blazer ou paletó de lã.

. 5ª camada: casaco mais pesado.

Casaco de lã/feltro. Alguns tipos:

-     caban ou pea-coat: casaco curto de origem naval, geralmente preto ou azul marinho, possui abotoamento duplo, pode ou não ter capuz;

-     duffel-coat: usado pela Marinha Britânica na Primeira Guerra, sua característica mais marcante são os quatro fechos de corda e madeira (pode ser de chifre ou de plástico mesmo), possui capuz e bolsos frontais, comprimentos variados;

-     ¾ (três quartos): o grande clássico, abotoamento simples (mais prático) ou duplo, pode ir até a coxa, joelho ou panturrilha,

Parka: mais informal, geralmente feita de algodão ou algum tecido impermeável, possui forro levemente acolchoado ou em pele (falsa ou real) e capuz também com detalhes em pele, abertura frontal com zíper e botões e cordão ao redor da cintura.

Doudoune: amadas por uns e odiadas por outros, as doudounes são aqueles casacos de nylon super acolchoados, também conhecidos como casacos de ski. Alguns acham que ficam parecendo o boneco da Michelin quando usam uma doudoune mas é inegável que elas são uma das proteções mais efetivas contra o frio.

Existem versões luxuosas e caras feitas por marcas como as francesas Moncler e Pyrenex que, muitas vezes, se associam a famosos estilistas para lançar coleções personalizadas (de tempos em tempos a Pyrenex abre uma pop-up store em Paris com uma dessas coleções). Também famosa por suas doudounes poderosas é marca canadense Canada Goose.

Em qualquer um desses casacos, o capuz é sempre uma boa pedida pois perdemos muito calor pelo topo da cabeça e, quando o capuz não estiver sendo usado, ele aquece a região da nuca e do pescoço.

. 6ª camada: acessórios.

Usar sapatos de solas grossas que isolem o frio que vem do chão (um dos principais motivos dos pés ficarem gelados) ou usar palmilhas isolantes. No Brasil existem palmilhas de lã de carneiro também eficazes para isolar o frio.

Usar meias de cachemir ou feitas de tecido thermolactyl que retem o calor.

Usar cachecóis. Se o ar estiver muito gelado, cobrir o nariz com o cachecol para aquecer o ar respirado.

Usar gorros para evitar a perda de calor pelo topo da cabeça.

Apesar de atrapalharem o manusear de telefones e dinheiro, as luvas são importantes pra dminuir a sensação de frio generalizado. Às vezes podemos dispensá-las e colocar as mãos nos bolsos do casaco. Menos um item pra se perder…

Só lembrando que esse roteiro de camadas é uma sugestão, eu mesmo nunca uso ceroulas. Cada pessoa tem uma tolerância ao frio e às vezes é mais prático usar menos camadas e passar um pouco de frio nas ruas. Ficar com as mãos ocupadas com casacos e suéteres enquanto se faz compras também é um pouco incômodo mas é um mal necessário.

Endereços:

Uniqlo – 17 rue Scribe

Moncler – 5 Rue du Faubourg Saint-Honoré

Pyrenex Pop-Up store – 40 rue Etienne Marcel

Publicidade

Veja Também

Aspectos pitorescos da vida de torre Eiffel

Color Run dia 13 de abril em Paris

França: em 2025 metade da população terá mais de 50 anos

274 pitacos, participe desta conversa

  1. Xyco Oliveira disse:

    Em abril, o que é indicado para vestir ? Grato

  2. Simone Ferreira disse:

    Irei a Paris de 15 a 24 de setembro. Gostaria de saber o que levar de frio ou calor. Vamos no Moulin Rouge. Que roupa eu e meu marido podemos usar para o jantar? Agradeço a atenção.

    • Rodrigo Lavalle disse:

      Simone, esse período é o fim do verão, ou seja, esfriando ao anoitecer. Não precisa trazer roupas de inverno, somente um casaquinho leve para as noites.
      O jantar no Moulin Rouge não requer trajes formais, um vestido comportado para você e calça jeans, blazer e sapato para o seu marido está perfeito.
      Abraços.

  3. Carla Garcia disse:

    Estarei em Paris logo no início de novembro. Vc tb me recomenda o look cebola ou o frio ainda não estará tão severo?

  4. Ana disse:

    Olá. Vou a Paris em dezembro e como moro no nordeste não sei nada sobre frio e nem tenho roupas tão adequadas para o frio de Paris. Pretendo ir com minhas roupas comuns, jeans, tênis, luvas e camisas mais grossas de frio, vou comprar também blusa e calça segunda pele. Será que consigo aguentar chegar numa loja e comprar um casaco melhor por lá?

    Obrigada

    • Rodrigo Lavalle disse:

      Ana, consegue aguentar sim. Só não vai conseguir passar a temporada sem o casaco de inverno. Vá à Uniqlo (17 rue Scribe), eles têm vários modelos e tipos de casacos.
      Abraços.

  5. Leila Pires disse:

    Irei à Paris no final de abril e inicio de maio para conhecer meu namorado. Ficarei 10 dias. O que levar de roupas? Tenho 50 anos.

  6. Juliana disse:

    Olá, boa noite, eu irei para Paris dia 01 de abril, eu sei que é Primavera mas não tenho idéia de que temperatura é, se é frio, muito frio ou mais ou menos, não tenho idéia pode me explicar; Ah, e depois irei para Roma você sabe como é a temperatura lá esta época também. Obrigada.

  7. Josiane disse:

    Gostei muito do seu blog, ótimas dicas!
    Estarei chegando em Paris no dia 04/03 eu e meu marido passaremos uma semana, acredito que pegaremos muito frio ainda não é mesmo? Depois seguiremos para a Itália continuando nossa comemoração de 25 de casados! Acredito que o clima seja o mesmo nos dois paises, ou seja, frio! Grande abraço

  8. Cami Paracchini disse:

    Olá,
    Estou programando ir a Paris no final do ano, gostaria de pegar frio, mas sem neve e nada pesado. Qual seria a melhor época para isso??
    Obrigada

  9. Isabel disse:

    Olá Rodrigo. Vou para Paris dia 08 de março e ficarei 10 dias. Essa época costuma ser muito fria? Penso em levar poucas roupas e comprar algumas por ai. Vale a pena? Obrigada! Seu blog é ótimo.

  10. Nívia disse:

    Eu nunca fui de me vestir em camadas e virar cebola…sempre usei a roupa certa e nunca senti frio.

  11. Nívia disse:

    Olha para quem está preocupado com a elegância do vestuário no inverno justamente no quesito Doudoune, aviso, quando a temperatura cai a menos de 8 graus, e começa a cair aquela chuvinha cujos pingos nem chegam a molhar ,pois viram sorvete antes de cair sobre vc, quando então o bicho pega , vcs vão rogar a Deus ter naquele momento um Doudoune beeeem furnidinho ,rechonchudo e volumoso para aquecer-vos, e aí , não vão estar nem aí para aparências….
    Eu tenho DOIS, e posso dizer, como são bons, práticos e funcionais! Um mais justo e curtinho, modelo para montaria, dizem, e um mais comprido com capuz, que ajuda na chuva sem precisar de guarda chuva, é quente e cheio de bolsos internos para quando sair sem levar bolsas , num roteiro diário bem turistão em qualquer cidade da Europa, houve vezes em que saí sem nada nas mãos, tudo dentro dos bolsos do meu Doudoune, cartões passaporte , dinheiro, moedas , klinex, as luvas e ainda protetores dos dedos dos pés e ainda mais um descongestionante nasal, porque meu nariz entope no frio e com essa chuvinha que eu falei acima….Eu recomendo!

  12. Nívia disse:

    Fevereiro é o AUGE do inverno francês….
    é de dar medo….

  13. Roberto Santos disse:

    Bom dia.
    Chegarei em Paris dia 16/01 e ficarei até dia 26/01/14. De forma prática, que roupas você orienta a levar e a comprar em Paris? Estava querendo comprar alguma coisa na Decatlhon aqui da Barra da Tijuca e dar uma olhada na Zara, que já está em liquidação. Obrigado desde já.

  14. Maria Clara disse:

    Olá. Excelente post, tudo o que eu procurava. Gostaria de saber se o frio em Paris, no mês de fevereiro, já está mais tranquilo, rs. Passarei o mês todo lá e estou preocupada, principalmente com o meu pai. As lojas citadas nos comentários acima são de fácil acesso? Precisamos comprar logo que chegarmos em Paris. Alguma sugestão mais? Muito obrigada. Seu blog tem ajudado MUITO.

    • Rodrigo Lavalle disse:

      Maria Clara, pode acontecer de fevereiro ser o mês mais frio do ano, como foi em 2013. Em 2011 fez até calor nesse mês. Dessas 3 lojas citadas no artigo, eu te aconselho ir à Uniqlo onde você pode comprar o básico barato para passar o inverno, ela fica na região da Opéra, relativamente central. Se é de fácil acesso vai depender de onde você estará hospedada.
      Abraços.

  15. Ricardo disse:

    Boa Tarde Rodrigo,
    Estarei indo para Europa no dia 02/02/2014, desembarcarei em Londres no dia 03/02 e ficarei por 3 dias, depois estarei tomando um trem para Paris, onde ficarei por 4 dias e 4 noites. Gostaria de saber se em Fevereiro vão estar ainda as liquidações? E Quais lojas são interessante estar comprando.

    • Rodrigo Lavalle disse:

      Ricardo, as liquidaçoes começam no dia 08 de janeiro e terminam no dia 11 de fevereiro. Eu sugiro aue você vá às grandes lojas de departamentos: Galeries Lafayette e Printemps, pois elas agrupam uma grande número de marcas sob o mesmo teto.
      Abraços.

  16. JULIANA disse:

    Devo ir a Paris no por 10 dias na segunda quinzena dejaneiro, queria saber é melhor eu comprar estas roupas quentes aqui no Brasil ou em Paris? Tem algum outlet lá?Eu vou ter que ficar perto Levallois Perret porque tenho que resolver um assunto de família, preciso de um hotel mais em conta, sabe indicar?

    • Rodrigo Lavalle disse:

      Juliana, não sei o preço dessas roupas de inverno no Brasil porém a partir do dia 08/01 Paris inteira entrará em liquidação. Não conheço nenhum hotel em Levallois mas os hotéis lá são mais baratos que em Paris.
      Abraços.

  17. Daniella disse:

    Oi Rodrigo, tudo bem?
    Eu e meu namorado vamos pra Paris dia 27. Temos alguns espetáculos comprados como Lido e Cirque du Soleil. Me disseram que precisamos nos vestir com roupas mais chiques pra ir a esses espetáculos. Isso é realmente necessário? Homens precisam vestir terno e gravata? Bota ou tênis é proibido?
    Obrigada! Beijos

  18. rosinha disse:

    adorei tuas dicas pois estou indo a paris 5 feira minha primeira vez e já fiz e refiz a mala várias vezes sem saber ao certo o q levar mas ate q n errei muito kkk agora vou refazer de novo seguindo tuas dicas acho q vai dar certo… muito obrigada boa noite.

  19. Lucilla Tavares de Matos disse:

    Dou sempre minhas opiniões sobre as matérias no Face. Conexão Paris é , sem dúvida, onde tem as melhores dicas

  20. marcia henz disse:

    adorei as dicas do look cebola.

  21. marcia henz disse:

    adorei as dicas do look cebola!

  22. Itala Sampaio Ferreira disse:

    Olá Lina adorei seu blog, então , eu e meu maridochegaremos em Paris dia 29/12/2013 já compramos ingressos para a Disney, torre e passeio no rio sena. Gostaria de sugestão para passar o reveillon em restaurante ou boate, enfim algum animado com música.
    Att
    Abraço
    Îtala

  23. Fernanda disse:

    Voltei da Europa agora em novembro (passando por Paris) e já estava muuito frio, principalmente em Londres! Vale muito a pena levar um gorro ou boina pq o cabelo e as orelhas gelam com o vento constante. Outro item que salva nesse momento de vento é um casaco com capuz já que vc também pode proteger a cabeça! Porém o que mais vale a pena é parar num dos cafés deliciosos e se aquecer com um bom vinho ou sopa de cebola! rsrrsrs

  24. […] Não é necessário trazer 2 malas de 32kg cheias de suéteres e casacos de lã, concentre-se em poucas peças (as que sejam mais coringas em cor e estilo) e lembre-se do look em camadas que foi bem explicado no artigo Roupas adequadas para o inverno: […]

  25. Anderson Chauvet disse:

    Lina, já escrevi aqui hoje mas não sei se no local correto (desculpe). Você conhece a marca Quechua ? É francesa e disponível a preços excelentes na Decathlon aqui do Rio, loja já citada por aqui. Parabéns pelo site. Comprei o guia e já o devorei. Obrigado.

  26. ROZANIA disse:

    Já tinha ido à Paris no verão, Agosto, apesar do calor exagerado. Amei! Resolvi passar o Reveillon. Não busquei informações, além de que era inverno, e loteiiiiiii 2 malas de 32 Kg de roupas de inverno BRASILEIRO, ou seja, casacos, sobretudo, sueters, tudo lindo, e chic… afinal é Paris!!! rsrs Bom, além do frio, choveu quase toda estadia. As 2 malas, com roupas para montar uma loja…. rsrs foram praticamente inúteis! Paris é maravilhosa em qualquer estação!!! A mesma cidade com passeios e atividades totalmente diferentes e encantadoras! O que poderia ter sido melhor, e menos desgastante? O vestuário!!! Os casacos lindos foram inúteis, principalmente pela chuva, ficavam encharcados! Estava chic, mas morrendo de frio! Tive que improvisar, pois detesto sentir frio! Comprei, a tal da doudone, que para mim é uma parka sintéica, promoção, 50 Euros. É o pulo do gato! É leve, esquenta muito, e como é sintética da para usar na chuva, e seca rapidinho com o aquecedor do quarto do hotel. Não sei se todas são assim, mas encontrei um modelo super bacana, parece um vestido acinturado, para cima do joelho. Fica meio fofo, mas como o modelo é acinturado, e eu usei com botas de cano longo, tudo preto, ficou confortável, quente, e se não for um critico de moda, vai até achar que eu estava elegante… rs Fiquei hospedada em Montparnasse ( bairro perfeito, perto de tudo, fácil locomoção ), e comprei dos “camelos” em frente a estação do metro Gaité, 1 gorro e um chapéu por 10 Euros, as luvas 5 euros , e 3 cachecóis de cores quentes. Tinha levado bota de sola grossa e meias de lã, além de blusas de manga comprida. Usei apenas segunda pele, e 3 blusas ( preta, creme, cinza) de cashmere. Peças de cashmere não são baratas, e dificilmente entram em liquidação, mas vale o investimento, são peças perfeitas para quem gosta de viajar, e de vez em quando vai para lugares frios, e também elegantes. Se eu soubesse…o vestuário para passar 2 semanas em Paris, caberia com folga, em 1 mala grande. Além da roupa íntima, meia calça, e um pretinho básico de manga comprida, 1 sapato poderoso para usar em restaurantes mais sofisticados, eu levaria o mencionado acima, mais 3 calças de veludo, ou também aquelas que imitam couro sintético ( não é couro legítimo porque não esquenta ), meia calça de lã para usar por baixo, meias grossas de lã ou cashmere. Levaria echarpes de cashmere, pois esquenta muito, são leves, e fáceis de carregar, e acessórios chamosos para diversificar a base preta do look. No mais, necessaire, roupa do corpo confortável, a mesma para ir e voltar, sapato também, e se quiser se prevenir, e levar algo mais chique, um belo casaco como bagagem de mão para não ocupar espaço na mala, e chegar em Paris esbanjando estilo… rs Pode parecer pouca roupa, mas é suficiente! Vá sem receio, e aproveite o aconchego do inverno em Paris, se der, va à Disney, a Bruges, eu fui até passar um dia em Londres, aproveite todos os museos, todos os cafés… e tome vinho… sim… vinho… para aquecer, e não se esqueça de hidratar bebendo muita água. Ahhh… não deixe de ir à Íle de Saint-Louis, caminhar sem rumo, e comer em um dos seus bistros. Foi lá, em um pequeno restaurante de nome Sorza, que comi a melhor vieira da minha vida ( coquille de saint-jacques para eles ), e o vinho da casa era divino, e o melhor… não é caro! Boa viagem!!!!

  27. bertha cotta disse:

    adoro suas dicas ja fui a paris 4 vezes e vou voltar no dia 13 de fevereiro é a primeira vez no inverno quais sao as melhores sugestoes/? abraços

    • Rodrigo Lavalle disse:

      Bertha, sugestões de roupas para se vestir no inverno? Suéteres e meias de cachemire, casacos acolchoados, gorros, luvas e cachecóis. Sapatos fechados e com solado grosso.
      Abraços.

  28. Carlos disse:

    Vou a Marrocos em meados de dezembro e depois passo Natal e Virada de Ano em Paris. Não quero levar 2 malas, mas tenho receio do propalado inverno parisiense. Sei que existem algumas perguntas recorrentes, então peço outro ângulo para a questão. Existe necessidade de uma preocupação maior ? Ou os agasalhos que temos para viagens ao sul do Brasil são suficientes ? Há possibilidade para locação em casos extremos ? Abraço !

  29. Poliana disse:

    Excelente post, de muita utilidade mesmo!
    Para muitos brasileiros, a realidade do inverno europeu é intangível e passar frio acaba com qualquer passeio!
    Abraços,
    http://www.comendochucruteesalsicha.com.br

  30. Ivy Souza disse:

    Oi bom dia ! Estou indo para París dia 08 de novembro , como vai está o tempo o que devo usar ?

Próximos 50 comentários Aguarde, carregando novos comentários

Participe e deixe seu comentário

Seu comentário pode demorar alguns minutos para aparecer no blog.