Documentos necessários para entrar na França

.

A leitora Cristiane me enviou um artigo, publicado no blog de Luiz Nassif, com o depoimento de uma professora brasileira que não pode entrar na França. Ao chegar no aeroporto Charles de Gaulle ela  ficou presa em uma sala e em seguida foi reconduzida ao Brasil.

Contatei a Embaixada da França no Brasil pedindo a lista dos documentos necessários, enquanto turista,  para entrar na França. Me responderam fornecendo um link para o site da Embaixada onde encontrei as seguintes informações:

Todos os estrangeiros, submetidos ou não a um visto de curta duração, que desejarem ingressar na França, devem obrigatoriamente estar munidos de um seguro-saúde e de repatriamento no valor mínimo de 30.000 euros e que cubra todo o território “Schengen” (França, Alemanha, Grécia, Espanha, Itália, Áustria, Portugal, Finlândia, Suécia, Noruega, Bélgica, Holanda, Dinamarca, Islândia e Luxemburgo).

Todos os estrangeiros, submetidos ou não a um visto de curta duração, que desejarem ingressar na França para uma visita particular, familiar ou turística, devem estar de posse de uma reserva de hotel ou um atestado de acolhimento.

O atestado de acolhimento é solicitado pela pessoa que irá hospedar o estrangeiro à prefeitura de seu domicílio. O original desse atestado deverá ser assinado pelo prefeito que o concedeu e visado pelo serviço de vistos do Consulado Geral para aqueles que precisam de visto.

São dispensados de apresentar um atestado de acolhimento:

– os estrangeiros que desejarem efetuar na França uma estada de caráter humanitário ou cultural;

– os estrangeiros que se dirijam à França no contexto de uma emergência médica;

– os estrangeiros que se dirijam à França para os funerais de uma pessoa próxima;

– os familiares de franceses (cônjuge, filhos);

– os familiares de cidadãos da Comunidade Européia.

A Luciana M. do blog Dividindo Bagagem me informou que o Rodrigo Purish, do blog Aquela Passagem, tem um post sobre este assunto. Eu li, está ótimo, mas já teve uma modificação: a imigração não aceita mais uma carta do habitante dizendo que vai hospedar o turista. É preciso apresentar a declaração oficial dada pela Prefeitura.

Se alguém tiver informações complementares peço que nos informe. Porque atravessar o Atlântico, ser mal tratado e colocado de volta no primeiro vôo é uma experiência amarga.

Leia também:

Publicidade

O conteúdo deste post foi decidido pela equipe editorial do Conexão Paris, tendo como critério a relevância do assunto para nossos leitores, não havendo nenhum vínculo comercial com qualquer empresa ou serviço citado no texto. Não recebemos qualquer tipo de remuneração pela escrita e publicação deste texto. Conheça a política de remuneração do Conexão Paris.

1571 pitacos, participe desta conversa

  1. katia disse:

    Ola, sou mocambicana e meu marido espanhol,ele vai a paris a trabalho e convidou-me para passer uns dias la com ele…tenho mesmo que aprasentar um estrato bancario meu ? uma vez que ele é quem vai custear todas as despesas? e que documentos mais tenho de apresentar? obrigada

  2. nicole disse:

    Oi fiquei um. Ano ilegal na. Irlanda. A dois. Consigo. Entrar em paris pra visitar

  3. Diógenes disse:

    Obrigado pela resposta, Rodrigo.

  4. Diógenes disse:

    Oi. Irei a Paris com meus pais (eu 34 anos, pai 57 anos e mãe 54). Como funciona a imigração? Poderemos passar juntos no mesmo guichê? O oficial pode não aceitar?

  5. Paula Santos disse:

    Olá,
    Vou fazer um intercâmbio de um mês. Preciso apenas do meu passaporte, seguro viagem, e certificado de inscrição de curso e de hospedagem? É necessário fazer uma declaração de trabalho e/ou comprovação de renda para o período (se sim, quanto por dia?)? Obrigada.

  6. Flora M. disse:

    Ola, sou estudante aqui na Franca e estou morando num alojamento na Cite Universitaire. Meu namorado vem me visitar e vai ficar os tres primeiros dias aqui no alojamento cmg e depois seguiremos viagem para Holanda. Nesse caso o que ele deve apresentar na imigracao? Eu posso pedir atrstado de acolhimento msm estando em alojamento? Obrigada.

  7. Camila disse:

    Olá!
    Sou brasileira e meu namorado francês.
    Vamos à França em breve visitar sua família.
    Tem algum inconveniente declarar que estou indo acompanhada? Pois me disseram que muitas vezes a entrada de casais assim pode não ser bem vista.
    Grata.

  8. Evaneide disse:

    Olá, gostaria de tirar uma dúvida: e-mails podem ser usados para comprovar reserva no local onde ficaremos hospedados? No caso de turista, precisa mesmo disso? Meu marido vai a Lyon, ficar dois meses comigo, que estarei lá como estudante. Será que ele terá problema com os agentes?

    • Rodrigo Lavalle disse:

      Evaneide, a reserva de hotel confirmada por email é aceita. Essa justificativa não é sempre pedida na imigração mas caso seja e a pessoa não a tiver, ela poderá ser impedida de entrar na França.
      Abraços.

  9. Eliane disse:

    Boa noite!
    Estou indo para França em breve, já tirei meu passaporte, mesmo não sendo mais necessário o visto , estarei embarcando com visto de residência , vou a negócios , representante legal de uma empresa brasileira em busca de novos negócios. Não pretendo voltar e sim abrir um pequeno escritório de representação na cidade de Lyon, onde estarei sendo hospedada por um amigo ao qual vou passar a residir neste endereço . A pergunta é eu abrindo uma micro empresa (um escritório de representação desta empresa , porém deste produto que levo e busco mercado) ,consigo uma permanência maior do que os três meses oferecido pela França ?ou seja se tornar um micro empreendedor as leis francesas me concede esta permanência anual? Grata

    • Rodrigo Lavalle disse:

      Eliane, como o nosso blog é de turismo eu não tenho informações sobre vistos de permanência e de trabalho. Sugiro que você procure o consulado francês no Brasil ou a Préfecture de Police em Lyon.
      Abraços.

  10. yara da costa barbosa disse:

    Bom dia!
    Estou indo no Brasil moro na França eu e minha filha, ela tem a autorização no passaporte pra viajar como nao moro com o pai dela, gostaria de saber se preciso de algum documento dele ou outra declaracao pra sair do brasil e entrar ao nosso destino,desde ja obrigado.

  11. Rodrigo Lavalle disse:

    Julia, não sei te informar. Consulte o consulado francês aí no Brasil.
    Arbaços.

Próximos 20 comentários Aguarde, carregando novos comentários

Participe e deixe seu comentário

Seu comentário pode demorar alguns minutos para aparecer no blog.