A revista mixmag, especializada em música eletrônica, publicou um mapa do metrô de Paris com as boates mais interessantes ao longo de algumas linhas.

Uma moda recente no mudo da internet é alterar o mapa do metrô das cidades de acordo com um tema específico. Um dos primeiros mapas alterados do metrô parisiense a surgir foi o de bares, sobre o qual fizemos um artigo com dicas e comentários, clique aqui para ler.

Recentemente, a versão francesa do site da mixmag, revista inglesa sobre o universo da música eletrônica, publicou um mapa do metrô de Paris citando as boates e clubs mais interessantes ao longo de algumas linhas.

clubs_paris_metro

clique na imagem para ampliá-la

Selecionamos os lugares que consideramos os mais bacanas dentre os citados no mapa acima. As opções são ecléticas, tanto em termos de música e de espaço, quanto de público. Os estilos musicais variam do rock à música eletrônica dançante passando pelo hip hop e pela música eletrônica mais experimental. Aconselhamos consultar a programação antes de ir. Para saber a programação de cada local clique nos nomes em vermelho.

Linha 1

Estação Franklin D. Roosevelt: Zig Zag (32 rue Marbeuf, 75008): super club, o 3° maior de Paris, com uma super pista de dança. A programação é música eletrônica com djs internacionais famosos e djs da cena local. Fica a meio quarteirão da avenida Champs Élysées, o que pode atrair turistas desavisados. [NÃO EXISTE MAIS]

Linha 2

Estação Blanche: La Machine du Moulin Rouge (90 boulevard de Clichy, 75018): apesar de ficar em Montmartre ao lado do Moulin Rouge, a Machine promove festas variadas de música pop e eletrônica e até shows de rock. O espaço é grande, com vários níveis e ambientes (cuidado com as escadas!). O público é jovem, eclético e bem animado.

O Pigallion (foto retirada da página Facebook do local)

O Pigallion (foto retirada da página Facebook do local)

Estação Pigalle: Le Pigallion (11 Place Pigalle, 75009): club pequeno, intimista e com ar meio decadente, a cara da região de Pigalle. Programação a cargo de vários coletivos parisienses com 100% de música eletrônica nas suas vertentes tecno, house, deep e minimal. Os djs na sua maioria não são super conhecidos mas são invariavelmente bons. Um dos poucos locais em Paris onde acontecem afters (festas que começam às 6:00 da manhã e avançam pelo dia e até pela tarde).

O Pinto

O Point Éphémère (foto retirada da página Facebook do local)

Estação Jaurès: Point Éphémère (200 quai de Valmy, 75010): bar/casa de shows/galeria de arte/local de cursos e workshops que fica em um galpão antigo às margens do Canal Saint-Martin. Não é realmente uma boate pois o foco são shows de bandas indie rock e/ou desconhecidas mas é um local interessante de frequentar.

Estação Ménilmontant: La Bellevilloise (19-21 Rue Boyer, 75020): espécie de cooperativa aberta a todas as expressões artísticas. A Bellevilloise é casa de shows, boatezinha, espaço para exposição e eventos, café e restaurante. Seus shows e festas vão mais para o lado étnico, latino e da música negra como rap, hip hop, funk soul, reggae.

Linha 3

LGL

Bar/café da Gaîté Lyrique (foto: Eric Bréchemier no Flickr)

Estação Réaumur – Sebastopol: Gaîté Lyrique (3bis rue Papin, 75003): um dos locais mais legais e vanguardistas de Paris. Espaço multimídia dedicado à cultura e à arte digitais e seus desdobramentos. O prédio é o tradicional parisiense rebuscado porém atualizado com intervenções contemporâneas (o espaço de shows/pista de dança fica dentro de uma caixa metálica brilhante). O bar é lindo! Uma mistura de salão à la Versailles com mobiliário minimalista. As festas e shows tendem a ser mais voltados para as vertentes eletrônicas conceituais da música mas há um pouco de tudo. Público hipster-intelectual.

Estação République: Gibus (18 rue du Faubourg du Temple, 75011): basicamente funciona como uma boate gay daquelas onde os homens ficam sem camisa. Bate-cabelo e divas pop reinam. Às vezes faz afters nos domingos a partir das 06:00 da manhã. Boa sorte.

Linha 5

A pista no Nuba (foto retirada da página Facebook do local)

Estação Gare d’Austerlitz: Wanderlust (32 quai d’Austerlitz, 75013): fica no prédio da Cité de la Mode et du Design, às margens do Sena (em frente ao Concrete citado abaixo). Funciona como bar/restaurante/boate e possui super terraço debruçado sobre o rio. É ideal para os dias mais quentes do ano.

13227313_1070150103065775_7678502354970777907_o

A pista “Woodfloor” do Concrete (foto retirada da página Facebook do local)

Estação Quai de la Rapée: Concrete (69 Port de la Râpée, 75012): sua localização, meio ao ar livre em uma peniche (uma espécie de barco fixo) às margens do Sena, é um de seus pontos fortes. Mas a música (e o sound system) também é excelente! Pode ser considerado o templo do tecno e do house em Paris. Programação com djs famosos da cena internacional e rising stars da cena parisiense. Seus afters aos domingos pela manhã são famosos.

Estação Porte de Pantin: Trabendo (Parc de la Villette, 211 avenue Jean Jaurès, 75019): localizado dentro do Parc de La Villette no meio das árvores e atrás da Philharmonie, o local possui uma simpática área externa (quase um quintal) onde são vendidos cachorros-quentes. Na programação shows e festas com djs pouco conhecidos. Público indie-hipster.

Linha 8

13265872_1716167308636778_7150348677234987471_n

A pista bombante do Faust (foto retirado da página Facebook do local)

Estação Invalides: Faust e Showcase [NÃO EXISTE MAIS] (Pont Alexandre III): ambos estão situados em baixo da ponte mais bonita de Paris, a Alexandre III. O Faust fica do lado rive gauche (o lado esquerdo do rio) e, coincidência ou não, atrai um público mais coxinha sarkozysta. O Showcase fica do lado rive droite (o lado direito do rio) e atrai um pessoal mais alternativo. Escolha o lado que melhor se adapta ao seu estilo ou, aproveite que está de férias, e prove o lado oposto. A música de ambos é sempre eletrônica e de ótima qualidade.

Estação Bonne Nouvelle: Rex Club (5 boulevard Poissonnière, 75002): instituição da noite eletrônica de Paris. Programação sempre excelente com os melhores djs do mundo. O público, às vezes, é um pouco deslocado e adolescente.

920761_10154467100733242_2363896128830501135_o

A pista intimista do Panic Room (foto retirado da página Facebook do local)

Estação Saint Sebastien – Froissart: Panic Room (101 rue Amelot, 75011): o mais perto dos inferninhos berlinenses que Paris conseguiu chegar. Especializado em eletro, tecno e minimal. A pista, no subsolo, é pequena e claustrofóbica, no bom sentido.

Leia também:


A Travel Wifi aluga dispositivos portáteis que fornecem conexão wifi e também vende chips para celular que funcionam na França e Europa.

No site Booking você reserva hotéis com segurança e tranquilidade e tem a possibilidade de cancelamento sem cobrança de taxas.

Pesquise horários de trens e preços de passagens e compre a sua com antecedência para garantir os melhores preços.

No site Seguros Promo você compara os preços de várias empresas seguradoras e contrata online o seu seguro de viagem.

Obtenha o orçamento das principais locadoras de carro na França e faça sua reserva para garantir seu carro na Rentcars.

Veja as melhores ofertas de passagens aéreas da Air France.