Nunca fui obrigada a instalar o sistema de controle dos comentários. As discussões sempre foram tranquilas.

Ontem apaguei dois comentários de uma leitora,  um na Esquizofrenia Francesa e outro no post Vuitton e Stephen Sprouse.

A discussão sobre a França gerou comentários interessantes, todos formulados de uma maneira correta. Estamos em torno de um mesmo objeto, o nosso amor e admiração pela França. As divergências nascem das diversas leituras dos meus artigos.

Os dois comentários apagados ultrapassaram os limites de uma troca de pontos de vista. Estavam carregados de uma agressividade que não aceito.

Espero não ser obrigada a introduzir o sistema, que detesto, de controle das opiniões das leitoras e leitores.