Giverny: a casa e os jardins de Monet

Post atualizado em MAIO de 2013

Em Giverny, a 75 km de Paris, encontra-se a casa onde morou Monet por 43 anos, entre 1883 e 1926. Trata-se de uma passeio maravilhoso, sobretudo na primavera.

Detalhe do jardim da casa de Monet, em Giverny. Foto de Angela Ake Hurst:

Além da visita à casa do pintor e à sua coleção de estampas japonesas, é possível visitar os jardins da casa, que foram pintados repetitivamente por Monet. Ou seja, a visita aos jardins é como contemplar,  ao vivo, os quadros do mestre do impressionismo.

O famoso lago da casa de Monet, em Giverny. Foto de Vince

O famoso lago da casa de Monet, em Giverny. Foto de Vince

 

Se você não conhece as obras de Monet, recomendamos então a visita ao Museu da Orangerie, o onde estão expostas as Nympheas, o conjunto de quadros, todos eles retratando o jardins da casa de Giverny.

A pequena ponte japonesa e o lago, em quadro de  Claude Monet

A pequena ponte japonesa e o lago, em quadro de Claude Monet

 

Os lírios de água do lago, retratados incansavelmente por Monet

Os lírios de água do lago, retratados incansavelmente por Monet

Como chegar:

  • O mais fácil é ir de trem: na estação Saint Lazare, compre uma passagem para a cidade de Vernon (os trens saem de 2 em 2 horas, verifique horários e preços no site Voyages-SNFC). A distância entre Vernon e Giverny é de 7 km. Você tem várias opções para este percurso: pegar um ônibus que sai à cada 15 minutos de Vernon para Giverny; alugar um bicicleta na estação mesmo; pegar um táxi e por fim escolher… pé na estrada, é pertinho.
  • Outra opção, mais confortável, é contratar uma das empresas que indicamos com motoristas brasileiros.
  • Ou ainda optar pelos ônibus da empresa Cityrama/Paris Vision para uma ida e volta de ônibus Paris/Giverny. Os ônibus são confortáveis e acho que é uma solução prática e econômica. Vocês pegam o ônibus no centro de Paris, na rue de Rivoli 214. O preço  é 75 euros por pessoa.

Leia também:

Publicidade

O conteúdo deste post foi decidido pela equipe editorial do Conexão Paris, tendo como critério a relevância do assunto para nossos leitores, não havendo nenhum vínculo comercial com qualquer empresa ou serviço citado no texto. Não recebemos qualquer tipo de remuneração pela escrita e publicação deste texto. Conheça a política de remuneração do Conexão Paris.

386 pitacos, participe desta conversa

  1. Rosana galvão disse:

    Estarei em dezembro, janeiro e fevereiro em Portugal e quero ir A Giverny , como estará no inverno?

  2. Simone Borgmann disse:

    Oi Rodrigo, parabens pelo blog.Estarei em Paris em maio de 2015 por 4 dias, no pacote vou fazer os passeios do lLouvre,Torre Eifel, Palacio de Versales, e terei um dia livre, qual passeio voce me indica para aproveitar bem este dia.

  3. Jéssica disse:

    Olá Rodrigo!
    Quanto tempo eu reservo para esse passeio ? Um dia inteiro / uma manhã inteira ?
    Desde já, obrigada!
    Abs, Jéssica.

  4. Isabela disse:

    Rodrigo, estou tentando comprar o ingresso para Giverny pela internet, mas aparece a informação “the field ‘Postcode’ is not well formatted”. Como devo preencher o postcode?

  5. Gelio Braitenbach disse:

    Estamos pretendendo ir a Giverny dia 30/09/14. Estamos na dúvida de como podemos chegar lá com o melhor custo/benefício. Já verifiquei a sua indicação de ônibus (rue rivoli) e trem (Saint Lazare), mas gostaria de ver a opção de van ou micro-onibus. Somos 22 pessoas entre adultos e crianças. Acima tem a indicação com motoristas brasileiros, mas cliquei e não aparece a empresa que faz o serviço. Se vocês souberem quem faz este serviço, favor enviar.

  6. Carmen disse:

    Muito legal o blog. Estarei em Paris no final de outubro e pretendo ir a Giverny. Já li tudo sobre como chegar. Gostaria de saber onde podem ser comprados os passes para entrar nos jardins (antecipado em Paris ou no local) e o valor. Vou entrar no site indicado para ver os horários dos trens. Obrigada.

  7. Luciano Melo disse:

    Boa noite.
    Pergunta simples: os jardins abrem em dezembro??? Chego em Paris no dia 10/12/14 e estou buscando passeios próximos da cidade. Vamos a Versalhes e ao Loire. Se possível gostaríamos muito de ir à Giverny…
    Obrigado!

  8. Carlla disse:

    Muito obrigada!

  9. Carlla disse:

    Boa noite:
    Poderiam me ajudar? Estou tentando comprar as entradas para o jardim de Monet, porém, não consigo digitar corretamente o número do telefone que é solicitado, sempre informam que há erro. Existe alguma maneira correta. Obrigada

  10. Tatiana disse:

    Olá Rodrigo,
    Estou precisando de umas informações um pouco mais detalhadas sobre como chegar à casa de Monet de TREM, pois eu e meu marido estaremos acompanhados de nossos pais e tias(terceira idade) e gostaríamos de planejar bem o passeio com eles (verificamos com as empresas de turismo indicadas para bate-volta mas fica muito caro para todos nós). Será que você conseguem nos ajudar?
    a) Descendo na estação de Vernon, considerando utilizarmos o ônibus que nos leva até Giverny, por volta de quanto tempo é a tal “caminhadinha” do ponto do ônibus (em Giverny) até a casa de Monet?
    b) Descendo na estação de Vernon, considerando utilizarmos taxi, você tem noção de tempo e valor de uma corrida até a casa de Monet? Os taxis são fáceis tanto para ida quanto para volta?
    c) Tenho lido sobre as longas filas para entrar tanto na casa quanto nos jardins. Que horas vocês recomendam chegar para evitarmos os picos de fila?
    Obrigada desde já.
    Tatiana

  11. Zé Maria disse:

    Vou pra Giverny daqui à pouco, pela manhã. O trem sai de hora em hora, nas horas cheias, É isso mesmo?
    Obrigado.

  12. Anderson Pereira disse:

    Prezada Lara: lembre-se que informações podem ser alteradas, sem qualquer aviso prévio pelo sistema férreo francês. Eles são mestres nisso. Discordo de você, mas respeito e defendo seu direito de opinar. Ademais, chegando na gare de Saint Lazare, o que mais tem são informações, fotos e banners sobre o trajeto. Se tem uma coisa que o francês sabe fazer é dar publicidade e visibilidade ao turismo. Afinal, parte importante de seu PIB vem dai! Só para ter uma idéia, nos 3 últimos anos, fui, sem exceção, para Giverny. No guiche de compras da estação (se você não quiser comprar nas cabines automáticas), além de você poder escolher qual atendente vai lhe atender (com a descrição se ele fala ou não inglês ou espanhol (!!!), com uma placa indicativa na TV que chama a sua senha), há prospectos com a informação de horários e valores das passagens para Vernon. Você compra ida e volta, se quiser, além de ver todo o timetable dos meses do ano!!! Há mapa e elucidações mais que didáticas de como fazer ao chegar em Vernon. Aliás, chegando em Vernon, além das explicações no local, você desce na plataforma e tem que atravessar a linha por baixo (passagem subterrânea) e sair do outro lado. Basta subir as escadas, passar pelo guiche de vendas que fica à direita (não tem erro, pois à esquerda só tem o estacionamento da estação) e seguir as placas que indicam o ponto de ônibus chamado Navette. São brancos. Aconselho a todos a já comprar os bilhetes de ida e volta. O embarque da Navette fica há 50 metros da estação, do lado da grade que divide a rua da própria estação. Se você comprou passagem para Rouen, o trem vai para Rouen! Sempre compro para Vernon!!! Se ele depois segue para Rouen, voilá! Detalhe a todos: ao comprar o bilhete do trem, não se esqueça de validar o mesmo nas máquinas amarelas que ficam na frente de cada plataforma! Todas as vezes que fui a Vernon, havia fiscais dentro dos trens checando se você validou! Por fim, o visual do caminho no trem é bem bonito! Escolha o lado direito do trem na ida!

  13. carla alessandra disse:

    Rodrigo, gostaria de saber se o cartão navigo decouvert zona 4 cobre o trajeto de Paris a Vernon, saindo da gare St. Lazare, com destino a Giverny. Eu li em algum lugar que tem 4 linhas de metrô para lá , de RER-linha E , 3,12,13 e 14, vc confirma essa informação?

    • Rodrigo Lavalle disse:

      Carla, essa informação é falsa. Só se chega à cidade de Vernon (de transporte público) de trem comum que sai da gare Saint Lazare. O navigo não é aceito nesse tipo de trem.
      Abraços.

  14. Lara disse:

    A reportagem precisa estar melhor detalhada para que não aconteça a infelicidade que aconteceu comigo e prejudique um dia inteiro de turismo. Imprimi esse roteiro sugerido para conseguir chegar até Giverny. Fiz tudo que o roteiro manda: fui até a estação Saint Lazare, comprei uma passagem para o trajeto Paris/Rouen e fiquei aguardando a parada do trem na cidade de Vernon, como manda a reportagem (desça em Vernon). Porém, já dentro do trem, percebi que nem todas as linhas fazem a paradas nas cidades. A que eu peguei, por exemplo, foi direto para Rouen, 1 hora depois de Vernon. Em momento nenhum a reportagem cita que há linhas que vão direto.
    Chegando em Rouen, tive que esperar duas horas para que o próximo trem saísse para Vernon e conseguisse chegar até Giverny. Resultado: quase um dia inteiro perdido (e alguns euros a mais gastos) para conseguir chegar no Jardim de Monet faltando 40 minutos para fechar. Faltou cuidado do Conexão Paris em publicar uma matéria totalmente incompleta. Me senti muito prejudicada seguindo passo a passo de um site que pra mim não tem mais credibilidade.

    • Rodrigo Lavalle disse:

      Lara, sentimos muito pelo ocorrido. Todas as vezes que fizemos esse trajeto o trem parou em Vernon. Vamos alterar a matéria.
      Abraços.

  15. Carolina disse:

    Rodrigo, estou planejando fazer o passeio com os meus filhos de 3 e 5 nos e gostaria de saber se o percurso de trem é cobrado para eles? Obrigada.

  16. Juliana disse:

    Primeiramente, parabéns pelo blog e pela preocupação em tornar nossas viagens mais fáceis e agradáveis! Vocês podem me tirar uma dúvida quanto ao trem para Vernon? No dia 21/07 pretendo ir de Paris a Giverny, mas estou vendo os bilhetes de trem pelo site http://en.voyages-sncf.com/en/ e em nenhum dos horários dos “intercités” eu consigo reservar assento. Ao lado de cada passageiro aparece a mensagem “without seat”. Isso significa que não há lugar reservado ou não há lugar garantido? Há a possibilidade de não embarcarmos? Ou é melhor chegarmos cedo para tentar lugar? Obrigada!!!

  17. Osmar disse:

    Giverny é tudo de bom!!!! O astral de lá é impressionante de bom!!!!! Vale muito a pena!!!

  18. Gisselle disse:

    Pessoal, eu vou viajar pra Paris no verão, em agosto. Alguém sabe se compensa nessa época ou se é só na primavera mesmo. No verão será que já acabaram todas as flores?

    • Rodrigo Lavalle disse:

      Giselle, enquanto os jardins estão abertos existem flores. Elas são escolhidas de acordo com a época de floração.
      Abraços.

  19. Astrid disse:

    Eu amei minha visita aos Jardins de Monet, é lindo, inspirador, só fiquei triste com a Paris CityVision, porque o tempo designado para o passeio não foi suficiente, muita gente na fila para entrar na casa, ou você escolhia a casa ou os jardins, eu escolhi ver o jardim, que é a 9ª maravilha do mundo, mas não consegui ver a casa e o guia falou tudo rapidinho da porta da casa e não entrou com ninguém e ainda disse que a gente teria que achar o caminho de volta para o ônibus…ai ai. Mas mesmo assim voltei encantada, voltarei sozinha e com mais calma um dia.

  20. Luciana Lindoso disse:

    *Paris
    (Digitando pelo celular)

  21. Luciana Lindoso disse:

    Gente, esse passeio até Giverny é perfeito. Ja tinha à Pariz várias vezes, mas acabava optando por outros passeios. Desta última vez fui até a casa de Monet de bike, a partir de Vernon. Mesmo com chuva o passeio foi perfeito. Comprei pela Internet no fat bike tires
    e amei!

  22. veralu disse:

    Fui atė Vernon de trem e de lá a Giverny de bike. É um passeio maravilhoso. Vale a pena.

  23. Cristiane disse:

    Estivemos no começo de Julho em Paris e em Giverny, e o que eu posso dizer é que tudo estará em minha memória para sempre…Giverny estava lindo!

  24. Jessica disse:

    Moro em Giverny e digo a todos que é um passeio incrível, venham visitar a cidade! É tudo maravilhoso!

  25. Gabriela Soares disse:

    Rodrigo, vou a Giverny agora em junho/2014. Qual o último horário de trem de Vernon para Paris? Obrigada.

  26. Alessandra Dalla Pria disse:

    Boa tarde Rodrigo,
    Estarei em julho em Paris. Vale a pena visitar Giverny nesse mês, já que não será mais primavera? Tenho medo que os jardins já não estejam tão bonitos. E eu vou sacrificar outros lugares para ir até lá. O que vc. acha?
    Obrigada,

    • Rodrigo Lavalle disse:

      Alessandra, vale a pena sim. O jardim fica florido enquanto estiver aberto à visitação. As plantas são escolhidas em função da data de floração.
      Abraços.

  27. Andréa disse:

    Olá, amo esse blog! É a terceira que vez que vou a Paris e sempre passo por aqui, para ler os posts e comentários. Gostaria de saber qual é a duração da viagem para que vai de trem e também de ônibus, gostaria de comparar. Abraços.

    • Rodrigo Lavalle disse:

      Andréa, contando a viagem de trem até a cidade de Vernon, depois o percurso de ônibus de Vernon a Giverny (esse ônibus sai do ponto próximo à estação 15 minutos depois da chegada do trem) mais a caminhada até a casa de Monet gasta-se em torno de 1h20m.
      O ônibus da Paris City Vision gasta por volta de 1h30m.
      Abraços.

  28. Vanessa disse:

    Ola! Qual a estacao de trem em Rouen? Rouen rive doitre? No site o valor da passagem esta 23,50 euros… Eh isso mesmo?

  29. Rodrigo Lavalle disse:

    Barbara, obrigado pela dica.
    Abraços.

  30. Rodrigo Lavalle disse:

    Maria Helena, a passagem de trem Paris-Vernon (somente ida) custa 14,30€. O valor de 6,50€ é relacionado a quê?
    Abraços.

Próximos 50 comentários Aguarde, carregando novos comentários

Participe e deixe seu comentário

Seu comentário pode demorar alguns minutos para aparecer no blog.