Em respeito à laicidade do estado francês, alguns prefeitos franceses proibiram a montagem de presépios nos prédios públicos de suas cidades. Mas, nas igrejas católicas eles continuam sendo uma das principais atrações de Natal.

Em Paris os mais famosos presépios são os das igrejas Notre Dame e Madeleine. Apesar do tema ser secular e, em princípio, imutável, as duas igrejas apresentam propostas bem diferentes. Uma foca na tradição e no artesanato e a outra na contemporaneidade e no design.

Catedral Notre Dame

O presépio da Notre Dame costuma se ater às tradições e ao artesanato típico das regiões convidadas. Em anos anteriores já foram apresentados presépios feitos por artesãos da Sicília, da República Tcheca e da Polônia. Esse ano ele foi executado pelos artesãos da cidade de Arles na região francesa da Provence. Trata-se de um presépio monumental de 15 metros de comprimento que ocupa o deambulatório norte da catedral. Todos os até 02 de fevereiro. 6 place du Parvis Notre-Dame, 75004. Metrô Cité, linha 4. Entrada livre.

Igreja da Madeleine

Ao contrário da Notre Dame, os presépios da Madeleine costuma ser criados por artistas, joalheiros, designers ou estilistas contemporâneos que atualizam a ideia central ao utilizar materiais e concepções inusitados nas suas criações. A ideia da igreja é dar aos artistas de hoje a oportunidade de traduzir para os dias atuais os mistérios da santa natividade.

Na 7ª edição dessa parceria entre a igreja e a arte contemporânea o convidado foi o jovem escultor francês Samuel Yal. Ele criou a obra Avènement a partir da cera de velas que foram derretidas.

presepios

O menino Jesus feito de cera do artista Samuel Yal. Quase ainda um feto

Ao pé do menino Jesus fotos de todos os tipos de seres humanos: de criminosos a santos; de vítimas a algozes. Todos os dias até 02 de fevereiro de 09:30 as 19:00. Place de la Madeleine. Metrô Madeleine, linhas 8, 12 ou 14. Entrada livre.


presepiosAcesse nosso novo site Minha Viagem Paris para descobrir e reservar passeios incríveis em Paris e no interior da França.