Em maio de 2016, decidimos testar uma visita inteligente ao Mont Saint Michel. Ela é mais cara que um bate e volta e exige uma certa organização. Na nossa opinião, o Mont Saint Michel é tão especial que ele merece ser conhecido fora do circuito banal.

Por ser um monumento que atrai turistas do mundo inteiro, a visita padrão – chegar no MSM entre 11h e 14h, subir a rua principal, visitar a abadia e partir 2 ou 3 horas mais tarde – pode se tornar um pesadelo. Li relatos de blogueiros ou viajantes desaconselhando a visita por causa do número insuportável de turistas na ruela principal e a imensa fila para entrar na abadia.

Mont Saint Michel, rua principal, 15 horas

Mont Saint Michel, rua principal, 15 horas

Por acaso conheci uma das raras pessoas que moram no interior do MSM e ela me descreveu sua experiência cotidiana de andar no final da tarde pelas estreitas ruas do monumento acompanhada pelo canto das gaivotas e ter o pôr do sol somente para si.

Mont Saint Michel, rua principal, 20h

Mont Saint Michel, rua principal, 20h

Me dei conta que a visita inteligente do MSM tinha que levar em conta uma pernoite nos hotéis situados no interior do monumento. Foi o que fizemos. A visita noturna é mágica e indescritível.

Mont Saint Michel, rua principal, 20h

Mont Saint Michel, rua principal, 20h

Me instalei no Hotel Mère Poulard, que se encontra logo após a entrada do Mont. Em torno das 15h, saí do hotel para sondar a situação. A ruela principal ainda estava lotada. Como tinha hora marcada no dia seguinte, pela manhã, com uma representante dos Monuments Nationaux, flanei sem rumo certo por becos e ruas.

Mont Saint Michel, caminhos paralelos, 15h

Mont Saint Michel, caminhos paralelos, 15h

Descobri que mesmo em hora de grande fluxo de turistas na ruela principal, os outros lugares estão quase vazios. Do portão de entrada até a abadia existe um caminho direto e é por ele que passam os turistas. Todos chegam com horários de retorno precisos e recebem instruções dos guias/choferes do caminho a ser feito.

Aqui sugerimos o contrário. Se topar nossa proposta, deixe sua mala no hotel e comece a descoberta do MSM pelos caminhos paralelos que passam pelo cemitério ou que contornam as muralhas, chamados Chemin des Remparts ou Chemin de Ronde. (E se não puder pernoitar no Mont, siga esta dica também.)

Ao anoitecer, as ruelas se tornam misteriosas

Ao anoitecer, as ruelas se tornam misteriosas. 21h

Todos estes caminhos nos levam até a entrada da abadia, são vazios e bem mais bonitos que a ruela principal.

Visitar o MSM na sua integralidade comporta duas escolhas: conhecer a cidadezinha que fica na parte baixa e visitar a abadia que ocupa a parte alta. Antes da era do turismo mundial, o Mont Saint Michel era uma pequena cidade normal. Quando andar pelas ruelas tente imaginar que por aí tínhamos padarias, açougues, farmácias e bancas de jornais. A cidade termina na entrada da abadia.

Mont Saint Michel iluminado

Mont Saint Michel iluminado

Nesta nossa opção, leve em consideração os horários da visita da abadia. Sugerimos visitá-la no dia seguinte, cedo. Ela abre às 9h. E no dia da chegada flane pela cidade até tarde da noite. À medida que escurece, as ruas se tornam misteriosas e o silêncio é impressionante. E não se esqueça do pôr do sol.

Ônibus que circula pela passarela

Ônibus que circula pela passarela

Algumas precisões

Quando sugerimos dormir no MSM não nos referimos aos hotéis construídos na aglomeração chamada Mont Saint Michel onde se encontram também os estacionamentos para os carros dos visitantes. Estes são exteriores ao monumento.

Para que fique claro, de um lado temos o monumento MSM e de outro a aglomeração Mont Saint Michel. Os dois são ligados por uma passarela por onde transitam os ônibus, chamados navettes. Os carros particulares e os ônibus de turismo ficam estacionados antes da passarela. Em seguida, os turistas são depositados aos pés do MSM pelas navettes gratuitas.

O arcanjo e no fundo a baia na maré baixa

O arcanjo e no fundo a baia na maré baixa

Dois detalhes da história do Mont Saint Michel

A história do Mont Saint Michel pode ser encontrada facilmente na internet. Gostaria de assinalar dois detalhes:

  • O MSM, considerado uma “Maravilha do Ocidente”, está construído no coração de uma baía invadida periodicamente por uma das maiores marés da Europa. O monumento é lindo tanto na maré baixa, quanto na alta.
  • A abadia é dedicada ao Arcanjo Saint Michel e a estátua do Arcanjo, que coroa a flecha do telhado, acabou de ser restaurada. Ela pesa 520 quilos e foi redourada com folha de ouro espesso. Sua cor durará provavelmente 50 anos. Um exemplar desta estátua se encontra no Musée d’Orsay, em Paris.
Foto tirada do telhado do Mont Saint Michel

Foto tirada do telhado do Mont Saint Michel

Outras precisões

Optei também por não ir de carro e viver a experiência como turista. Fui de trem TGV da estação Paris Montparnasse até Rennes, 2 horas de viagem. Chegando a Rennes, do lado direito da estação ferroviária se encontra a rodoviária. Os ônibus que partem para MSM ficam estacionados atrás da rodoviária. Anote a informação porque não encontrei placas indicativas. Verdade que a região em torno da estação estava em obras, talvez no futuro a sinalização melhore.

Comprei minha passagem dentro do ônibus e todos os outros turistas também. O trajeto até o MSM dura menos de 1h. Atenção, dentro do ônibus podemos pegar os horários de ida e volta MSM/Rennes.

Desembarcamos em uma grande área situada a 2.5 km do MSM, onde temos o ponto de parada das navettes e o Ofício de Turismo. As navettes entre o ponto de parada e o monumento funcionam até de madrugada: das 7h30 até 1h00. Para aqueles que gostam de caminhar, sugiro que façam os 2,5 km a pé. A vista do monumento é maravilhosa.

Para evitar filas, compre o ingresso da visita da abadia com antecedência (clique aqui).

Informações práticas:

  • a abadia fecha dias 1° de janeiro, 1° de maio e 25 de dezembro ;
  • aberta de 2 de maio até 31 de agosto das 9h até 19h
  • de 1° de setembro até 30 de abril das 9h30 até 18h.

Clique aqui, este é o site oficial do Mont Saint Michel.

Temos uma outra sugestão maravilhosa: um passeio a pé pela baía na maré baixa (clique aqui).

Como ir de Paris até o Mont-Saint-Michel

Se você não puder dormir no MSM, opte pela excursão de ônibus ou pelo transfer privativo de carro:

  • Excursão da ParisCityVision, principal empresa de ônibus de turismo em Paris, que oferece 10% de desconto aos leitores do Conexão Paris para passeios de um dia ao Mont Saint Michel. Clique aqui.
  • Quem quiser conforto e praticidade máximos pode optar pelo transfer em carro privativo com motorista brasileiro. Clique aqui.

Para ir por conta própria:

  • Trem: a viagem tem cerca de 4 horas de duração, saindo da estação Montparnasse. O trem vai até a cidade de Rennes e depois um ônibus até o MSM. Compre sua passagem antecipadamente – clique aqui – para garantir os melhores preços.
  • Carro: dependendo da estrada que você escolher, é possível passar por cidades como Giverny, Caen. Obtenha o orçamento das principais locadoras de carro na França aqui.
  • Ônibus: esta é a opção mais barata, mas também é a mais longa, a viagem tem cerca de 4h45 de duração. Consulte valores e faça a compra da passagem pelo site da empresa de ônibus OuiBus.

mont saint michelNo site Minha Viagem Paris você vai descobrir e reservar passeios incríveis em Paris e no interior da França.

 

 


França Entre Amigos oferece transfers, traslados e passeios privativos de carro com motorista brasileiro por Paris e pela França.

No site Booking você reserva hotéis com segurança e tranquilidade e tem a possibilidade de cancelamento sem cobrança de taxas.

Pesquise horários de trens e preços de passagens e compre a sua com antecedência para garantir os melhores preços.

No site Seguros Promo você compara os preços de várias empresas seguradoras e contrata online o seu seguro de viagem.

Obtenha o orçamento das principais locadoras de carro na França e faça sua reserva para garantir seu carro na Rentcars.

Veja as melhores ofertas de passagens aéreas da Air France.