Hotel Mère Poulard

Hôtel Mère Poulard

Eu sempre soube da existência do Hotel e Restaurante Mère Poulard, endereço tradicional do Mont Saint Michel, mas nunca tinha me interessado em conhecê-lo. Ele fazia parte da minha lista de “endereços turísticos” a evitar.

Na minha visita inteligente do Mont Saint Michel, a proposição principal era dormir no interior do monumento e explorá-lo vazio, após a passagem dos turistas (leia aqui). Em pesquisa no site de reserva Booking.com vi que os raros hotéis situados no monumento possuíam avaliações similares. Neste caso optei pelo mais conhecido de todos – Mère Poulard – que hoje faz parte do grupo Châteaux & Hôtels Collections, dirigido por Alain Ducasse.

Hôtel Mère Poulard

Hôtel Mère Poulard

O hotel é simples, mas simpático, colchões excelentes, banheiro pequeno mas funcional. A decoração se apoia na longa vida do hotel com o testemunho da passagem de hóspedes famosos.

Hôtel Mère Poulard

Hôtel Mère Poulard

Meu quarto possuía duas grandes janelas dando para a passarela e a entrada do monumento. Bela paisagem.

Hotel Mère Poulard

Hotel Mère Poulard

Mas, detalhe importante, são três andares sem elevador. Minha mala tinha o mínimo necessário, neste caso, pas de problème.

Passei uma noite agradável, mas fui acordada cedo com o barulho da rua. Confesso que sou hiper sensível à barulhos e o MSM possui somente uma rua principal, por onde passam carroças para o abastecimento dos restaurantes e para a coleta do lixo. Um conselho, se for sensível também, reserve um quarto com janela para os fundos.

Omelete da Mère Poulard

Omelete da Mère Poulard

A omelete é a grande especialidade da Mère Poulard e, já que ali estava, entrei na dança. Ela é imensa e dentro da tradição francesa, baveuse, quer dizer, cozida por fora e crua no interior. A parte cozida é gostosa, como um suflê.

Omelete Mère Poulard

Omelete Mère Poulard

A omelete é preparada diante dos clientes, na entrada do hotel, e cozida na lareira. Mais tarde, conversando com o chef, fiquei sabendo que podemos pedí-la bien cuite. Fica a dica. A omelete em si é uma refeição.

Como não a conhecia, escolhi um menu prato+entrada+sobremesa.

Restaurante Mère Poulard

Restaurante Mère Poulard

A entrada estava ótima, uma salada com mistura de legumes crus fatiados, legumes desidratados crocantes e um molho no ponto certo de acidez.

Crème Brulée Mère Poulard

Crème Brulée Mère Poulard

E a sobremesa, crème brulée, estava bem feita.

Restaurante Mère Poulard

Restaurante Mère Poulard

Para aqueles que não gostam de omeletes, aconselho o cordeiro, outra especialidade do restaurante e da região.

Hotel Mère Poulard: rue Grande, Mont Saint Michel.

Como ir de Paris até o Mont-Saint-Michel

  • Trem: a viagem tem cerca de 4 horas de duração, saindo da estação Montparnasse. Preços a partir de 35 euros. Compre sua passagem antecipadamente – clique aqui – para garantir os melhores preços.
  • Carro: Dependendo da estrada que você escolher, é possível passar por cidades como Giverny, Caen. Obtenha o orçamento das principais locadoras de carro na França aqui.
  • Ônibus: esta é a opção mais barata, mas também é a mais longa. A viagem tem cerca de 4h45 de duração. Preços a partir de 19 euros por pessoa. Consulte valores e faça a compra da passagem pelo site da empresa de ônibus OuiBus.

Se você não puder dormir no MSM e quiser visitá-lo com conforto em carro privativo com motorista brasileiro, clique aqui.


MinhaViagemParis1Acesse o site Minha Viagem Paris para descobrir e reservar passeios incríveis em Paris e no interior da França.