O Ritz talvez seja o hotel mais famoso e com mais história(s) em Paris. Por ali, desde a sua inauguração em 1898, passaram centenas de milionários, políticos, escritores, artistas, socialites e jetsetters internacionais.

Fachada do Ritz

Fachada do Ritz

Alguns de seus hóspedes e frequentadores mais célebres foram, entre tantos outros, Marcel Proust, Colette, os Rothschild, os Vanderbilt, Jean Cocteau, F. Scott Fitzgerald, Charlie Chaplin, Jean-Paul Sartre, Ernest Hemingway. Várias suítes e salões do hotel foram nomeados em homenagem a alguns desses clientes famosos.

Coco Chanel viveu no Ritz durante 37 anos, até a sua morte em 1971. Audrey Hepburn rodou 3 filmes no hotel. Hemingway era tão assíduo que um dos bares foi batizado com o seu nome. Ele dizia que o Ritz era o último degrau antes do paraíso.

E foi o Ritz o último lugar onde a Princesa Diana esteve antes de sua morte trágica em 1997.

Momento Decisivo

Apesar de todo o seu luxo, charme, requinte e fama, o Ritz vinha ficando um pouco defasado. Fato agravado pela chegada em Paris das redes asiáticas de hotéis como a Mandarin Oriental e a Shangri-La, ambos parte do seleto grupo de 16 hotéis “palácio” da França (veja a lista completa aqui).

Em 2011 o Ritz entrou com um pedido de inclusão nessa categoria “palácio” junto ao Atout France – o organismo que administra o turismo na França – mas ele foi negado. Oops! Hora de parar tudo e reavaliar.

Reforma

Depois de um investimento inicial de 140 milhões de euros e 4 anos de trabalhos (desde agosto de 2012) com direito a atrasos (a reabertura estava prevista para dezembro de 2015) e até um incêndio, o Ritz foi finalmente re-inaugurado na semana passada.

O objetivo da reforma foi adaptar o hotel aos novos tempos, às novas tecnologias e às novas demandas do mercado de luxo, porém conservando seu caráter sofisticado e sua identidade, ambos ancorados na estética e na ambiance do século 19.

Finalização da douração da moldura de um espelho.

Finalização da douração da moldura de um espelho.

Para isso foram contratados os melhores artesãos que a França tem a oferecer (cortadores de pedra, especialistas em douração e gesseiros), além dos experts em métiers mais atuais como tecnologia e conectividade. Antigos e tradicionais fornecedores também foram mais um vez convocados: Baccarat para os cristais; Haviland para os serviços de mesa (sempre em azul e dourado) e a Maison Delisle para os lustres.

Artesãos especializados no corte de pedras

Artesãos especializados no corte de pedras

Para também garantir que a aura original do hotel ficasse inalterada, cerca de 80% de seu mobiliário (poltronas, consoles, mesas, criados-mudo) foi re-utilizado.

Alguns dizem que a reabertura veio em um momento ruim pois, devido aos atentado do último novembro, o setor da hotelaria de luxo teve uma queda de frequentação de 25%.

Novos espaços e os apartamentos

Dentre os novos espaços e serviços criados – a fim de obter a classificação “palácio” – está un spa em parceria com a Chanel onde tudo gira em torno do número 5 (em referência ao perfume símbolo da maison, o Chanel N°5). Serão 5 cabines de tratamento, 5 esteticistas para as seções que são divididas em 5 etapas e 5 óleos de massagens criados especialmente pela marca para o Ritz.

ritz-club-paris-piscine-header

A nova piscina do Ritz

Há ainda no subsolo o Ritz Club com sala de fitness, sauna seca e a vapor, massagens e uma piscina aquecida que foi inteiramente restaurada no estilo anos 30. Para completar, uma filial do salão do super cabeleireiro David Mallett (sobre o qual falamos aqui).

ritz-paris-hotel-suite-coco-chanel

A Suíte Coco Chanel

O número de “apartamentos” do hotel diminuiu, passando de 159 para 142. São 71 quartos “comuns” (a partir de 35 m² e 1.000€ por noite) e 71 suítes (a partir de 65 m², 2.300€ por noite). Entre as suítes, as mais famosas são a “Coco Chanel” com 188 m², decorada pelo própria Chanel e onde ela viveu até a sua morte, e a mega luxuosa “Impériale” com 218 m², verdadeira obra-prima onde um dos cômodos é uma réplica do quarto de Maria Antonieta em Versailles (25.000€ por noite).

Para os hóspedes que querem e precisam de segurança e discrição máximos foi criado um túnel que liga o estacionamento no subsolo da Place Vendôme diretamente ao hotel.

Restaurantes, bares e lojas

Dentre os restaurantes e bares do Ritz alguns merecem destaque:

  • A grande estrela do hotel é o gastronômico L’Espadon, agora a cargo de Nicoles Sale, chef étoilé que trabalhava anteriormente em Courchevel, estação de esqui chique nos alpes franceses (leia aqui). Ele abre para o café da manhã, almoço e jantar.
ritz-paris-hotel-lespadon_11

O restaurante L’Espadon

  • O Vendôme, no estilo brasserie, que agora possui uma extensão com teto de vidro retrátil que possibilita aos clientes uma experiência ao ar livre tanto no verão quanto no inverno. Essa varanda se abre para o grande jardim do hotel, de 1.600 m², que foi inteiramente refeito. Aberto de 09:00 as 02:00 da manhã.
O teto retrátil do Bar Vendôme

O teto retrátil do Bar Vendôme

Le Grand Jardin do Ritz

Le Grand Jardin do Ritz

  • O lendário Bar Hemingway, no estilo gentlemen’s club inglês, com paredes revestidas de madeira, confortáveis sofás de couro e memorabilias de Hemingway. No seu auge, o bar foi o epicentro da vida boêmia de Paris, comandada por Hemingway e Gary Cooper. Diz a lenda que Cole Porter passava até 9 horas por dia ali. De 18:00 as 02:00 da manhã.
O Bar Hemingway

O Bar Hemingway

  • Foi criado ainda um salão de chá, chamado Salão Proust, em homenagem ao célebre escritor francês. Aberto para o chá da tarde, das 15:00 às 18:00.

A Galerie du Ritz une duas alas do hotel, da Place Vendôme à rue Cambon. De uma lado ela se abre para o Grand Jardin citado acima e do outro estão algumas lojas. Entre elas a Maison Ullens, marca belga elegante e discreta, especializada em malha e couro. Para o futuro outras marcar virão e está prometida uma concept store Ritz. Aguardemos.

unnamed-2

Loja da Maison Ullens na Galerie du Rtiz

Ritz Paris: 15 place Vendôme, 75001

 

MinhaViagemParis1Acesse nosso novo site Minha Viagem Paris para descobrir e reservar passeios incríveis em Paris e no interior da França.

 

 


França Entre Amigos oferece transfers, traslados e passeios privativos de carro com motorista brasileiro por Paris e pela França.

No site Booking você reserva hotéis com segurança e tranquilidade e tem a possibilidade de cancelamento sem cobrança de taxas.

Pesquise horários de trens e preços de passagens e compre a sua com antecedência para garantir os melhores preços.

No site Seguros Promo você compara os preços de várias empresas seguradoras e contrata online o seu seguro de viagem.

Obtenha o orçamento das principais locadoras de carro na França e faça sua reserva para garantir seu carro na Rentcars.

Veja as melhores ofertas de passagens aéreas da Air France.