Castelo de Chambord. Philippe Rouzet no Flickr

Castelo de Chambord. Philippe Rouzet no Flickr

Chambord é um dos principais castelos do Vale do Loire e se você for visitar somente dois castelos, Chambord deverá ser um deles.

Ele faz parte da lista do patrimônio mundial da Unesco desde 1981 e é uma propriedade do estado francês. Seu último proprietário privado pertencia à família austríaca dos Bourbon Parme. Em 1915, o castelo foi colocado sob a guarda do estado. Alguns anos mais tarde Chambord foi nacionalizado e os antigos proprietários indenizados.

Chambord. Patrick Janicek no Flickr

Chambord. Patrick Janicek no Flickr

Chambord é um castelo quase vazio, sem mobiliário. Mas é por isso mesmo que ele impressiona. Pela sua imponência ele se assemelha à um lugar sagrado. Não vemos Chambord como uma habitação e sim como um símbolo real. Chambord é uma obra de arte, uma criação estética gratuita.

Chambord possui uma multitude de espaços de circulação: escadas, galerias, varandas, imensas salas, pequenos escritórios. A cada espaço você encontrará um painel explicando a história e a vida cotidiana nos séculos passados.

Alto da escada, Chambord.Patrick Janicek no Flickr

Alto da escada, Chambord. Patrick Janicek no Flickr

O castelo possui duas grandes atrações.

A primeira, sua escada inspirada nos desenhos de Leonardo de Vinci. Uma escadaria impressionante onde as pessoas não se cruzam nunca.

Escadas, Chambord. Gwen no Flickr

Escadas, Chambord. Gwen no Flickr

E a segunda, o telhado do castelo.

As famosas escadas conduzem até o telhado e todas as suas inúmeras torres. Esta é a parte mais bonita e interessante da visita. Uma passarela permite andar em torno do telhado e observar as cheminés e as pequenas torres.

Telhados de Chambord. asmoth 360 no Flickr

Telhados de Chambord. asmoth 360 no Flickr

De perto podemos observar todos os surpreendentes elementos da decoração.

Telhados, Chambord. Patrick Janicek no Flickr

Telhados, Chambord. Patrick Janicek no Flickr

O Castelo de Chambord é um dos raros châteaux que possui um B&B no interior das suas terras. Você pode alugar dois apartamentos situados na entrada do famoso parque de Chambord (leia aqui).

E anote um endereço de um bom pequeno restaurante pertinho de Chambord, clique aqui.

Como ir de Paris até Chambord

Para visitar os castelos do Vale do Loire você tem muitas opções: ir por conta própia com carro alugado, ir de carro com chofer e nós indicamos algumas empresas sérias (leia aqui) ou pegar uma excursão com ônibus confortável (leia aqui).

  • Trem: é preciso ir de trem até Blois e de lá pegar um ônibus até o castelo. A viagem Paris/Blois tem cerca de 2 horas de duração. Compre sua passagem antecipadamente – clique aqui – para garantir os melhores preços.
  • Carro: Belo passeio pela região do Vale do Loire, a viagem dura cerca de 2h. Obtenha o orçamento das principais locadoras de carro na França aqui.
  • Ônibus: esta é a opção mais barata, mas também é a mais longa. A viagem tem cerca de 3 horas de duração até a cidade de Tours. Preços a partir de 9 euros por pessoa. Consulte valores e faça a compra da passagem pelo site da empresa de ônibus OuiBus.

Informações práticas:

É impossível imaginar a configuração do château sem ajuda de um desenho. Na entrada do castelo, os turistas encontram um prospecto disponível em português informando o essencial.

Um guia da visita detalhado do castelo é vendido na bilheteria por 7 euros. Mas não existe em português, somente em francês, inglês, espanhol.

Tarifa: 5 euros a entrada. Para locação de audioguia, é necessário documento de identidade.

O castelo fecha dia 1 de janeiro, a primeira terça de fevereiro e 25 de dezembro.