Dentro do processo de reformulação e expansão das Galeries Lafayette Paris Haussmann todo o prédio da Lafayette Homme está sendo reconfigurado e passará a ser dedicado exclusivamente à moda masculina. A inauguração oficial desses novos espaços só acontece em setembro, na rentrée, mas alguns deles já estão funcionando a plenos vapores.

Já fizemos um artigo sobre o andar térreo da Lafayette Homme dedicado aos acessórios masculinos – aquele onde encontramos desde um porta-moedas até uma caneta de ouro. Na nossa última visita fomos conhecer o novo 1° andar onde antes ficava a Lafayette Gourmet. Ali agora funciona o novo departamento de moda masculina casual; a jeansoteca e a seção de sapatos e tênis.

No geral, a ambiance é mais clean, iluminada e fluida que a do departamento feminino. Como os homens não têm muita paciência para compras, o espaço tem que ser objetivo e facilitar o encontro entre consumidor e produto.

moda masculina

Vista geral do novo espaço de moda casual

Na seção de moda casual temos as marcas francesas incontournables como Sandro, The Kooples e Zadig & Voltaire e as sempre ótimas (e minhas atuais preferidas) COS e Carhartt.

moda masculina

Vista geral do novo espaço de moda casual

A jeansoteca – que ocupa o local onde antes funcionava a loja de vinhos e a bordeauxteca da Lafayette Gourmet – vende marcas de jeans mais tradicionais e pop como Diesel, G-Star, Levis, Wrangler, etc. Senti falta das marcas escandinavas.

moda masculina

Vista geral do novo espaço jeans

A grande estrela desse andar é a seção de sapatos e tênis, a maior da Europa no que tange a calçados masculinos. Estão presentes os clássicos ingleses da marca Church’s, os italianos da Tod’s e da Prada e os franceses da Dior. Além disso há o espaço tênis com marcas conhecidas e tradicionais e o espaço “Labo” com sneakers mais conceituais.

moda masculina

Vista geral do novo espaço sapatos

Mas como sapato masculino acaba sendo tudo meio igual e quem viu um, viu todos, eu resolvi destacar duas marcas mais “extravagantes” e diferenciadas. Uma delas é extravagante mas ainda dentro de um enquadramento clássico e a outra é extravagante delirante:

  • A JM Legazel propõe sapatos de estilos clássicos que são pintados a mão em um efeito pátina. O cliente escolhe o modelo do sapato (que vem em couro branco), as cores e o estilo de pátina. A pintura é feita no atelier da marca em Paris, na Porte Maillot, e entregue na loja da Lafayette em alguns dias. O resultado final é praticamente único e exclusivo. A marca vende também cintos, carteiras, bolsas, porta-ipads. Tudo pode ser pintado/customizado.
moda masculina

A mesa de pintura e customização de sapatos da JM Legazel

moda masculina

Botas da JM Legazel antes e depois da pátina

moda masculina

Sapatos da JM Legazel antes e depois da pátina

  • A Giuseppe Zanotti está focando no mercado bling-bling chique. Seus sapatos e tênis possuem uma profusão de metais dourados e cristais swarovski. O resultado final é bem interessante e, óbvio, não para todos. Existem também modelos menos brilhantes mas não menos interessantes. Tudo é super bem feito e em quantidades reduzidas. A marca só possui 2 lojas na França: uma em Paris e outra em Cannes.
moda masculina

Sneakers Giuseppe Zanotti

moda masculina

Sandálias e sapatos masculinos Giuseppe Zanotti

No espaço efêmero localizado no térreo da Lafayette Homme está montada um pop-up store do torneio Roland Garros. Estão à venda camisetas, pólos, vestidos, bonés, toalhas, bolas, lembrancinhas e até mesmo o famoso chapéu panamá que os espectadores usam no jogo da final.

moda masculina

Pop-up store de Roland Garros

moda masculina

Pop-up store de Roland Garros

Clique aqui e leia todos os artigos sobre as Galeries Lafayette.

Galeries Lafayette, 48 boulevard Haussmann; metrô linhas 7 e 9, estação Chausée d’Antin – La Fayette ou linhas 3, 7 e 8, estação Opéra.


Lembrando que os leitores do Conexão Paris têm 10% de desconto nas compras feitas na Galeries Lafayette Paris Haussmann (exceto serviços, alimentação, bebidas, livros, CD e artigos indicados com um ponto vermelho – point rouge), clique aqui para saber mais e baixar o voucher.