Bouquinistes : des passionnés sur les quais. por mairiedeparis

Eles estão inscritos no Patrimônio Mundial da Unesco desde 1992 e representam uma tradição antiga de muitos séculos.
Eles fazem parte do charme das margens do Sena e da lista das imagens que representam Paris.
Este é um passeio imperdível.

Percorra o circuito dos bouquinistas e ao mesmo tempo admire o rio, seus barcos, a Notre Dame, o Louvre, a Conciergerie e as pontes.

Na rive Gauche, o lado esquerdo do Sena, os bouquinistas estão do Quai de la Tournelle até o Quai Voltaire. Quer dizer, da ilha Saint Louis até a Ponte do Carrousel. Na Rive Droite, o lado direito, eles estão do Quai de l’Hôtel de Ville até o Quai du Louvre.

De acordo com os historiadores, Tóquio, Montreal, Quebec, Ottawa e Pequim se inspiraram nos bouquinistas do Sena.

O vídeo acima mostra alguns deles, suas especialidades e preferências.

Todas as vezes que saio para passear sou irremediavemente atraída pelo Sena e acabo nas margens do rio.
Gosto de ver as caixas dos bouquinistas, ando para lá e para cá, converso e tiro fotos. Uns são amáveis e sorridentes, outros antipáticos como somente os parisienses antipáticos sabem ser. Um dia, enquanto tirava uma foto, de repente vejo chegar um ogre furioso me informando aos gritos que aquelas caixas com livros eram propriedade privada e que eu não tinha o direito de tirar fotos.

Alguns minutos mais tarde, perguntei para outro bouquinista se poderia tirar uma foto e sorridente ele me respondeu que Claro! Somos fotografados o dia todo! E estas fotos representam para nós publicidade gratuita!
Voltei para casa reconciliada com a humanidade.