por Rodrigo Lavalle

Karl Lagerfeld sempre fez mais sucesso trabalhando para outras marcas do que para si mesmo. Seu trabalho na Chanel, na Fendi e mesmo na Chloé nos anos 60/70 sempre foi bem recebido pela crítica especializada e pelos consumidores. Em contrapartida, sua (falecida) marca própria, a Lagerfeld Gallery, nunca deslanchou de verdade. Eu sempre tive a impressão de que ele a deixava em segundo plano, se dedicando mais aos “chefes” do que a si próprio.

Hoje em dia Karl é um pop-star. Ele está freqüentemente dando sua opinião em algum programa de TV, além de estrear comerciais de carros e refrigerantes. Sua fama extrapolou o mundo da moda e, atualmente, ele é conhecido e reconhecido pelo público em geral. Acho que tudo isso começou lá em 2001 quando Karl fez um regime brutal para conseguir caber nos skinnérrimos ternos desenhados por Hedi Slimane para a Dior Homme. Nesse momento tudo se encaixou e ele conseguiu afinar a essência de seu personagem.

Toda essa introdução foi para falar sobre a recém inaugurada loja da nova marca de Karl, a Karl Lagerfeld. Os itens à venda, todos desenhados/criados pelo estilista, vão de chaveiros à roupas, passando por relógios, bolsas, sapatos, capas de iPad e livros de fotos. Existe até um boneco na linha ‘toy art’ representando o estilista. E é exatamente aí que reside a grande sacada dessa nova empreitada de Karl: agora ele não está só vendendo moda mas também está vendendo a si mesmo e seu status de ícone/personagem pop.

As roupas – super gráficas, algumas clássicas outras rock’n’roll e todas em preto, branco ou cinza, assim como a loja – são totalmente inspiradas nas roupas que o próprio Karl usa no dia-a-dia. Certos acessórios, como os colarinhos de camisa avulsos e as luvas de couro sem dedos (mitaines) são parte de seu guarda-roupa. O logo da marca – o perfil do estilista com seu rabo-de-cavalo e óculos escuros típicos – estampa calças, forros de casacos e capas de iPad. Como dizem os franceses: il est partout! Há um forte investimento no mercado de relógios com mais de 50 modelos disponíveis. Há ainda uma pequena seleção de livros de fotos, todas tiradas por Karl, óbvio.

Nada é caríssimo a ponto de constranger os consumidores normais e o staff é super gentil.

Karl Lagerfeld: 194 boulevard Saint-Germain, 75006. Metrô linha 4, estação Saint-Germain-des-Prés.