Fomos uma noite destas conferir a nova decoração do Champs Elysées. Banal. Sem comentários. O que realmente chama atenção é o ambiente da avenida, elétrico, nervoso e cosmopolita. Aos turistas de origens diversas se misturam  jovens franceses da periferia de Paris.

Para nós o espetáculo é sempre divertido. No final da tarde, em torno das 19 horas, a tensão começa a aumentar. Filas absurdas para compras, como a  do Mark & Spencers recém inaugurado.

Múltiplos eventos comerciais como a Lancel festejando aniversário com jovens músicos expostos nas vitrinas/zoo.

Performances de grupos  que chegam de longe via RER.

Não podemos deixar de pensar na expressão francesa Cour de Miracles que no antigo regime designava o lugar onde os mendigos tentavam chamar a atenção dos abastados. Cour de Miracles contemporânea onde se exibe a periferia parisiense ou européia em revendicações identitárias e onde se exibe a indústria do luxo  reinvidicando a atenção dos consumidores.

A elite passa rápido à caminho dos encontros after hours do L’Arc ou do Mathis.

Bar do L”Arc – 12 rue du Presbourg 75008 Paris. Metrô Charles de Gaulle Etoile.

Mathis Bar  – 3 rue Ponthieu 75008 Paris. Metrô Franklin Roosevelt.